Robôs domésticos: conheça Ballie, o robô da Samsung

Há anos, robôs são material recorrente para a ficção. Desde desenhos animados onde eles estão inseridos no dia a dia de cidades do futuro até filmes em que as máquinas criam consciência e se rebelam contra a exploração dos humanos. Enquanto não chegamos até onde a ficção prevê, o mais provável é que continuaremos aprimorando a tecnologia que já está no mercado, como os robôs domésticos.

Eles existem em diversas formas e com muitas funções. Alguns já estão nas prateleiras das lojas e cumprem uma utilidade específica, outros mais ambiciosos foram apresentados por suas fabricantes mas ainda não saíram do papel. Ou, se saíram, não estão ao alcance de qualquer cliente dessas empresas. 

São projetos que usam e abusam da inteligência artificialNeste artigo você vai conhecer Ballie, aposta da Samsung no segmento dos robôs domésticos. Além disso, ao final da publicação você confere o que é a internet das coisas e qual a importância do 5G nessa história.

Leia também: Descubra o melhor plano de TV, internet de celular no Compara Plano

CONFIRA AS OPÇÕES DE PLANOS DA CLARO QUE MAIS DE ADAPTAM A VOCÊ!

Conheça Ballie

Assistente de segurança, auxílio para atividades fitness, ferramenta para idosos, cuidador de pets. São muitas as funções prometidas pela Samsung para Ballie, seu modelo de robô doméstico apresentado durante uma demonstração na feira de tecnologia CES 2020.

Ballie dividiu o palco com um dos CEOs da empresa coreana, H. S. Kim, respondendo aos comandos do executivo. O robô em formato de bolinha amarela consegue reconhecer o dono, dar suporte em seus afazeres, organizar a agenda e controlar os aparelhos inteligentes da casa.

O vídeo promocional pode parecer um pouco esdrúxulo. Afinal, ligar a televisão para o seu cachorro e limpar a comida que ele derrubou acionando um robô aspirador inteligente é uma função absolutamente específica.

Contudo, Ballie é um protótipo que serve principalmente como uma demonstração da Samsung sobre desenvolvimento tecnológico e do que a empresa já é capaz quando o assunto são máquinas inteligentes criadas para facilitar a vida dos consumidores.

H. S. Kim reforçou que a Samsung está investindo com força em pesquisas sobre robôs, inteligência artificial, internet das coisas e também em tecnologias voltadas para carros. O modelo Ballie ainda não está finalizado e a empresa não deu um prazo para que o aparelho chegue ao mercado.

Leia também: Celulares do futuro: o que a tecnologia nos reserva

Outros robôs da Samsung

A Samsung levou mais robôs além da Ballie para demonstrações na CES 2020. Outro que chamou muita atenção de quem esteve na conferência foi Bot Chef. Também em situação de protótipo, os braços do Bot Chef são dois robôs domésticos independentes que auxiliam na preparação de receitas na cozinha.

Obviamente você não estará levando um chef completo para casa que resolverá todas as refeições. No entanto, o Bot Chef pode ser literalmente aqueles braços que faltam na cozinha e que economizam o seu tempo adiantando o aquecimento do fogão, cortando alimentos, mexendo panelas e frigideiras, entre outras atividades culinárias.

Outra novidade apresentada durante o evento foram as funções extra do sistema GEMS (Gait Enhaincing and Motivation System). Já divulgado anteriormente pela Samsung, o GEMS fica no limiar entre um apetrecho vestível e um robô. Trata-se de um exoesqueleto desenvolvido para ajudar pessoas com funções motoras debilitadas.

Porém, durante a CES 2020 a empresa demonstrou novas funções do sistema que possibilitam outros usos. Aliado a um par de óculos de realidade aumentada, o GEMS agora funciona como acessório fitness. O aparelho reproduz as séries de exercícios e é capaz de monitorar os movimentos do usuário corrigindo erros de postura, por exemplo.

Leia também: 5 fatos sobre inteligência artificial que você precisa saber

CONFIRA OS MELHORES PLANOS DA TIM PARA O SEU CELULAR

O que é a internet das coisas?

Os robôs domésticos são exemplos e parte de um conceito mais amplo, a “internet das coisas”, também conhecida como IoT (Internet of Things, em inglês). A ideia diz respeito às conexões entre objetos inteligentes e usuários.

Em resumo, a internet das coisas permite que você controle diversos dispositivos pelo seu smartphone ou tablet, por exemplo, através de softwares próprios e recursos como o GPS e o Bluetooth.

Em outras palavras, a IoT conecta os aparelhos e objetos que já são parte do nosso dia a dia ao universo digital, possibilitando a automatização das suas funções. Ou seja, com ela você pode ligar à internet a sua Smart TV, já popularizada no mercado brasileiro, as lâmpadas da sua casa, a persiana, a geladeira, o aspirador de pó e por aí vai…

Segundo um estudo da Huawei que mede o Índice de Conectividade Global, até 2025 o mundo irá atingir a marca de 100 bilhões de dispositivos conectados a internet. Desse número, apenas 8 bilhões serão smartphones. O resto ficará entre aparelhos como os robôs domésticos equipados com inteligência artificial, os eletrodomésticos inteligentes e os objetos vestíveis.

Leia também: Por que a Internet dos Sentidos vai mudar a tecnologia?

O papel do 5G

As aplicações da internet das coisas, no entanto, vão muito além dos robôs domésticos. As possibilidades são infinitas e ainda não temos conhecimento de todas as possibilidades de um mundo onde é possível interligar objetos cotidianos.

Porém, esse cenário futurístico só começará a tomar forma a partir da difusão do 5G. É a quinta geração de internet que irá realmente possibilitar a conectividade com eficácia entre vários dispositivos.

Por outro lado, falar em 5G pode soar precoce para vários países onde nem sequer o 4G foi completamente implementado. No Brasil, esse cenário também está distante. Ainda que testes com a 5G sejam feitos desde 2016, analistas avaliam que o serviço deve chegar efetivamente no mercado só a partir de 2023.

O leilão das frequências de 5G entre as operadoras, organizado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e inicialmente previsto para o início de 2020, acabou sendo adiado e deve acontecer apenas em 2021.

Leia mais: Leilão do 5G é adiado pela Anatel para 2021

Robôs domésticos: você gostaria de ter um?

Gostou deste artigo? Aqui no blog do Compara Plano já tratamos outras vezes sobre o assunto. Confira também nossas publicações sobre os robôs aspiradores e se vale a pena ter um e sobre o Spot: o cão robô da Boston Dynamics que já está disponível para os consumidores.

Aqui no Compara Plano você encontra todos os dias novas publicações sobre o mundo da internet e da tecnologia com dicas, análises e notícias sobre esses temas. Fique de olho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *