Localizar celular: veja dicas de como encontrar o seu aparelho

Teve o celular furtado? Perdeu ele dentro da própria casa? Atualmente é possível rastrear, bloquear e até apagar todo o conteúdo de um aparelho celular através das ferramentas nativas dos sistemas operacionais. Tanto aparelhos Android quanto smartphones com o iOS da Apple possuem maneiras de localizar celular.

Conhecer essas funções é importante pois você precisará localizar o celular quando menos se espera. Além das ferramentas dos próprios sistemas operacionais, também há aplicativos especializados para esse tipo de tarefa.

Neste artigo você vai conferir como funcionam essas ferramentas. Além disso, vamos recapitular um assunto já abordado aqui no blog do Compara Plano: para que serve o código IMEI do celular e como bloquear funções do dispositivo através dele.

Leia também: Aplicativos de segurança: conheça e navegue de forma segura

CONFIRA AS OPÇÕES DE PLANOS DA CLARO QUE MAIS DE ADAPTAM A VOCÊ!

Como localizar celular Android

Celulares com sistema operacional Android podem ser localizados por meio de uma função chamada “Encontre meu dispositivo”. Mas existe um porém. Para fazer o rastreamento por meio da ferramento, é necessário que você tenha dado essa permissão ao Google.

A boa notícia é que essa configuração fica, por padrão, ativada automaticamente. Para verificar se o sistema de rastreamento do Google está ativo no seu aparelho, siga os passos a seguir:

  • Acesse o menu de configurações do seu smartphone ou tablet;
  • Entre os submenus, escolha a opção “Google”;
  • Na tela seguinte, toque em “Segurança”;
  • Toque em “Encontre meu dispositivo” e confira se a ferramenta está com a chave ativada. É ela que torna o seu aparelho rastreável.

Se o seu smartphone possuía essa configuração antes de ser perdido, será possível localizá-lo. Para isso, entre no site do Google “Gerenciador de Dispositivos” através de um computador ou outro aparelho celular.

Faça o login com o seu e-mail e senha do Google e selecione o seu dispositivo. O site irá mostrar informações acerca da conexão e nível de bateria do aparelho. Em seguida, selecione “Encontre meu dispositivo”. Então, a plataforma lhe dará três alternativas para localizar celular.

O que fazer?

  • Reprodução de som – Essa opção faz com o dispositivo toque um som muito alto, ainda que esteja com o modo silencioso ativado. O toque tem duração de cinco minutos. A alternativa é ideal para casos onde você apenas perdeu o celular na própria casa ou em um local que sabe que o aparelho está por perto.
  • Bloquear – Com a opção de bloqueio você vai trancar o seu aparelho e redefinir uma senha para liberar seu acesso. Ou seja, é o melhor caminho naqueles casos em que você perdeu o celular mas ainda tem esperança e chances de encontrá-lo. Mais tarde, para desbloquear o aparelho basta digitar a nova senha criada.
  • Apagar – O terceiro caminho é apagar todos os seus dados. A medida é muito útil para casos onde não há mais esperança de recuperar o aparelho, como furtos por exemplo. No entanto, essa opção é irreversível e não será mais possível localizar o celular após a exclusão dos dados do aparelho.

Leia também: Aprenda a baixar o Avast grátis para Android e proteja-se!

Rastreando um iPhone ou iPad

As ferramentas nativas de localização de aparelho não são exclusividade do Google e aparelhos Android. A Apple também possui um recurso de rastreamento para o seu iPad ou iPhone.

No entanto, da mesma forma é necessário que uma permissão tenha sido dada previamente (e essa permissão também é, de fábrica, concedida automaticamente). Para checar se a configuração está ativa no seu aparelho, siga os três passos:

  • Acesse o menu de “Ajustes”;
  • Selecione a opção “Buscar iPhone”;
  • Deixe a opção “Buscar iPhone” no modo ativo.

Similar ao rastreamento feito pelo “Encontre meu dispositivo” do Google, a ferramenta “Buscar iPhone” também pode ser muito útil para localizar celular e tablet que tenham sido perdidos ou furtados.

Através da função é possível bloquear o dispositivo à distância, garantindo mais segurança mesmo que não haja uma maneira de recuperar o aparelho.

Para rastrear o seu iPhone ou tablet, acesse através de outro aparelho ou de um computador o endereço icloud.com/#find. Faça o seu login preenchendo os dados da sua ID Apple.

Em seguida, o site irá mostrar um mapa com a localização atual do seu aparelho. Clique no ícone de informações representado por uma letra “i”. Em seguida, escolha entre uma das três opções abaixo.

O que fazer?

  • Tocar Som: Assim como na ferramenta do Google, o Buscar iPhone possui uma alternativa que emite um som para localizar celular nos casos em que você sabe que ele está apenas perdido e não muito longe;
  • Modo Perdido: Ao ativar o “Modo Perdido”, você estará bloqueando temporariamente o seu iPad ou iPhone para que mais ninguém consiga utilizá-los. É possível configurar também um número de telefone alternativo para contato e recuperação do aparelho. Esse número será exibido na tela do dispositivo ao lado da informação de que ele foi perdido e solicitando que seja devolvido;
  • Apagar iPhone: A alternativa mais drástica e definitiva é a exclusão de todos os seus dados que estão guardados no celular. Ideal para garantir a sua segurança e das suas informações privadas naqueles casos de furto ou perda definitiva.

Leia também: Saiba como bloquear ligações de telemarketing com o app Não me Perturbe

CONFIRA OS MELHORES PLANOS DA TIM PARA O SEU CELULAR

Localizar celular: bloqueando funções do celular pela operadora

Você conferiu acima como utilizar as ferramentas nativas do Android e do iOS para localizar celular e bloquear os aparelhos em caso de furto. No entanto, existe uma outra forma de identificação de telefones móveis. Trata-se de um código universal atribuído a todo aparelho: o IMEI (International Mobile Equipment Identity).

O IMEI é registrado no Brasil pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Ele pode ser comparado a um chassi de um carro ou ao seu CPF, pois é único para cada celular.

Você pode descobrir o IMEI do seu celular de três formas: buscando pelo número na caixa do aparelho, procurando o código na parte traseira da bateria (geralmente impresso em um adesivo) ou então digitando #06# no teclado de discagem do smartphone.

Ele é frequentemente associado ao bloqueio de aparelhos perdidos e furtados. Contudo, a Anatel informa em seu site que não é mais necessário informar o IMEI para bloquear um celular.

Mudança de regras

Desde março de 2016 as regras mudaram. Anteriormente, as operadoras poderiam levar até uma semana para bloquear um aparelho. Agora, isso deve ocorrer em algumas horas.

A Anatel explica que o bloqueio do aparelho pode ser solicitado apenas informando o seu número. O desbloqueio, em caso de recuperação do celular, pode ser feito da mesma maneira. Porém, as prestadoras podem solicitar informações para identificação do usuário como documentos e registro de boletim de ocorrência.

Ainda assim, o IMEI pode ser útil para verificar a autenticidade de celulares de segunda mão. Compare os números obtidos nas três formas que citamos anteriormente: caixa, adesivo e sistema. Se eles forem diferentes, é possível que o aparelho tenha sido adulterado, roubado ou possua alguma outra irregularidade.

Leia também: Aplicativo de serviço móvel da Anatel: conheça as funcionalidades

Localizar celular: gostou das dicas?

Como você pode ver, há várias formas de localizar o celular em caso de perda ou furto. É importante você ficar por dentro delas antes que isso aconteça, certo?

Acesse nosso blog para mais conteúdo sobre tecnologia e internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Contrate via chat