Como desativar o protetor de dados do celular? Entenda aqui!

  • por
como desativar o protetor de dados

A segurança dos dispositivos móveis é uma consideração importante na era digital. Isso porque muito do nosso tempo hoje em dia é usado em telefones e tablets para conduzir negócios pessoais e corporativos. Concorda? Mas você sabe como desativar o seu protetor de dados no celular quando preciso?

Os dispositivos Android e iOS empregam várias medidas de segurança para manter os dados protegidos. Se você usa um telefone celular para uso comercial pode ser do seu interesse investir na Defesa contra Ameaças Móveis. Além, claro, de investir nos sistemas integrados para segurança extra. Porém, em dados momentos você pode precisar desativar esses dados para algum fim específico.

Neste conteúdo que preparamos para você, vamos te mostrar o que é o protetor de dados do celular e a sua importância em segurança. Assim como vamos abordar como desativar o protetor de dados quando precisar realizar alguma atividade que necessite desabilitar este recurso. Confira!

Leia mais: Tudo o que você precisa saber sobre dados móveis

CONFIRA AS OPÇÕES DE PLANOS DA CLARO QUE MAIS SE ADAPTAM A VOCÊ!

Criptografia de dados e segurança do dispositivo móvel

Criptografia é o processo de codificação de dados do usuário em um dispositivo usando chaves de criptografia. Este é o método principal pelo qual a segurança do dispositivo móvel é alcançada. Após a criptografia inicial, os dados criados pelo usuário são criptografados automaticamente antes de serem salvos localmente em seu dispositivo. Portanto, a criptografia garante que seus dados ficarão inelegíveis se qualquer parte não autorizada tentar acessá-los.

Como os dados são criptografados no Android?

Inicialmente, depois que um dispositivo Android é criptografado, os dados armazenados no dispositivo são protegidos por uma senha conhecida apenas pelo proprietário. O Android usa criptografia de disco completo e criptografia baseada em arquivo.

A criptografia de disco completo usa uma única chave, protegida com a senha do dispositivo do usuário para proteger todos os dados no dispositivo. Na inicialização, o usuário deve fornecer suas credenciais antes que qualquer parte do disco seja acessível.

📲A internet do seu celular acaba rápido?

Venha para a TIM e navegue à vontade!

Já a criptografia baseada em arquivo é separada desta e permite que arquivos diversos sejam criptografados com chaves diferentes, que podem ser desbloqueadas independentemente. Informações sobre esses dois tipos de criptografia, além de outras, podem ser encontradas na fonte do Android .

Como os dados são criptografados no iOS?

Para iOS, você pode optar por criptografar o conteúdo do seu telefone, tablet ou relógio adicionando uma senha ao dispositivo. Com o lançamento do iOS 8, em 2014, a Apple começou a criptografar dispositivos iOS, tornando os itens armazenados no telefone inacessíveis para qualquer pessoa sem a senha do dispositivo.

A Apple levou a segurança do dispositivo móvel um passo adiante, exigindo várias informações para desbloquear os dados armazenados no dispositivo. Uma parte, a senha, é conhecida apenas pelo proprietário do dispositivo e a outra está embutida no dispositivo e desconhecida por ninguém.

Leia também: Qual a diferença entre download e upload? Entenda aqui!

Aprenda como desativar o protetor de dados do celular Android

Para desativar a proteção de dados no Android é preciso estar na rede do dispositivo e nas configurações de internet. O recurso avisa o usuário sobre a utilização de dados móveis no celular. Esta forma é ideal para quem tem um plano limitado e quer evitar gastar mais do que deveria, ser cobrado ou perder o acesso à internet.

É necessário acessar as configurações de dados para então desativar o protetor de dados no sistema Android. Veja o passo a passo:

1. Acesse as Configurações do Android e abra “Rede e internet”. Em seguida, vá até “Uso de dados”;

2. Siga até a opção de “Aviso e limite de dados”, e depois desative a opção de “Definir aviso de dados”.

Em um dispositivo Samsung

Os telefones Samsung têm uma interface ligeiramente modificada. Neste caso, para desativar o protetor de dados o usuário deve acessar as configurações de conexão, tocar em “Utilização de dados”, “Ciclo de carga” e, por último, desabilitar a opção “Limite de dados móveis”.

Como desativar o protetor de dados em dispositivos Xiaomi

Os celulares da Xiaomi também utilizam um sistema próprio, chamado MIUI, que é baseado no Android. Alguns passos são diferentes do anterior. Vá às “Configurações”, depois até “Cartões SIM e redes móveis”, selecione o item “Definir planos de dados” e, por último, desabilite a opção “Notificação de uso de dados”.

Como desativar o protetor de dados em dispositivos IOS

Caso deseje fazer a ativação ou desativação dos dados celulares, acesse “Ajustes” e toque em “Celular” ou “Dados Móveis”. Caso esteja utilizando um iPad, você deve acessar o menu Ajustes > Dados Celulares.

Para realizar a verificação do volume de dados utilizados, vá até Ajustes > Celular ou Ajustes > Dados Móveis. No iPad, siga para Ajustes > Dados Celulares.

É possível ainda visualizar as estatísticas de uso de dados de um aplicativo em um período atual ou as informações de aplicativos que utilizam dados roaming. Para redefinir esses dados, acesse Ajustes > Celular ou Ajustes > Dados Móveis e selecione “Redefinir Estatísticas”.

Pronto, agora que você sabe como habilitar ou desabilitar o protetor de dados em seu smartphone, é preciso compreender melhor o que são esses dados. Além disso, entender os seus meios de acessibilidade, segurança e como fazer a proteção destes dados tanto em sistemas Android como IOS.

Acessibilidade de dados e segurança de dispositivos móveis

No que se refere à segurança do dispositivo móvel, o conceito de acessibilidade de dados quer dizer se os dados salvos em seu dispositivo podem ser acessados ​​por outros aplicativos. Primeiramente, é importante você saber que o Android e o iOS abordam essa acessibilidade de maneira um pouco diferente.

Acessibilidade de dados em dispositivos Android

Cada aplicativo Android está alojado em uma caixa de areia virtual que mantém os dados pessoais seguros. Os aplicativos podem acessar fotos e localização apenas se os proprietários deram permissão. No entanto, os dados do aplicativo às vezes são salvos externamente ao aplicativo e podem ser acessados ​​por outros aplicativos, criando uma preocupação potencial de segurança.

Os dados podem ser salvos de três maneiras para aplicativos Android: armazenamento interno, armazenamento externo ou por um provedor de conteúdo. Os arquivos criados no armazenamento interno são acessíveis apenas para o aplicativo e o Android implementa essa proteção. Neste caso ela costuma ser suficiente para a maioria dos aplicativos.

Da mesma forma, a segurança adicional pode ser fornecida criptografando arquivos locais usando uma chave que não é acessível ao aplicativo. Para isso, se utiliza criptografia baseada em arquivo. Os arquivos criados em armazenamento externo, como cartões SD, podem ser lidos e gravados globalmente. Portanto, informações confidenciais não devem ser armazenadas lá. Já provedores de conteúdo, como  serviços como Dropbox, oferecem armazenamento estruturado que pode ser limitado a um aplicativo ou exportado para permitir o acesso por outros aplicativos.

Acessibilidade de dados em dispositivos iOS

Como o Android, cada aplicativo em um dispositivo iOS é executado em sua própria sandbox. O app Sandbox foi projetado para conter danos ao sistema e aos dados do usuário caso um aplicativo seja comprometido. O aplicativo tem acesso apenas aos seus próprios dados e código e, pelo que se sabe, é a única coisa em execução no dispositivo.

Acima de tudo, existem protocolos bem definidos para trocar dados entre aplicativos em um dispositivo iOS. No entanto, ambos os aplicativos precisam concordar e uma conversa específica deve acontecer entre os aplicativos para que os dados sejam transferidos com segurança.

Como você deve proteger os dados do seu dispositivo móvel?

Agora vamos ver o que deve ser feito para proteger os dados do seu celular. Isso também vai depender de qual sistema operacional você está utilizando. Confira a seguir:

Usuários Android

Verifique o status de criptografia do seu dispositivo abrindo as “Configurações” e selecionando “Segurança”. A seção criptografia conterá o status de criptografia do seu dispositivo. Se não estiver criptografado, encontre um horário em que não precise do dispositivo por cerca de uma hora e toque na opção para criptografá-lo.

Dependendo do modelo do seu dispositivo e dos dados, pode levar até uma hora para criptografar o seu dispositivo. Além disso, mantenha seu sistema operacional atualizado Isso porque os aprimoramentos de segurança são incluídos em novos lançamentos de sistema operacional.

Usuários iOS

Se você é um usuário de iOS, configure o Touch ID e a senha em “Configurações”. Use uma senha alfanumérica contendo pelo menos seis dígitos. A senha mais longa consome mais tempo para ser inserida. Contudo, com o Touch ID ativado, você não terá que inseri-la com muita frequência. Mantenha seu sistema operacional atualizado. A Apple o lembrará regularmente quando uma nova versão estiver disponível para instalação.

CONFIRA OS MELHORES PLANOS DA TIM PARA O SEU CELULAR

❌Chega de ficar sem internet!

Na TIM, você navega à vontade e dispõe de uma série de benefícios exclusivos.

Gostou de aprender como desativar o protetor de dados do celular, além de todas as demais informações que destacamos ao longo do post? Siga se mantendo informado sobre tecnologia, planos e pacotes, dicas e curiosidades, no blog Compara Plano.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *