O que os celulares 5G têm de diferencial no mercado?

A velocidade da tecnologia no campo da telecomunicação é muito rápida. A cada ano, ou melhor, a cada mês surgem novos aparelhos de celular com multicâmeras ultrapotentes, hiperprocessadores, telas inquebráveis, entre outros atributos. Mas nunca algo causou tanta ansiedade entre os brasileiros quanto os celulares 5G. A evolução da internet móvel vai transformar de vez os smartphones em supermáquinas.

A tecnologia 5G impressiona a começar pela velocidade. Para você ter uma ideia, as atuais redes 4G entregam uma velocidade média de conexão de aproximadamente 33 Mbps em algumas regiões do país. Já o 5G terá capacidade para proporcionar velocidades 50 a 100 vezes maiores que isso. Ou seja, pode alcançar absurdos 10 Gbps.

Com tudo isso em mãos, será possível ter uma experiência jamais vista em plataformas de streaming de vídeo, jogos, apps e na interação com os demais usuários e coisas (sim, vamos explicar o porquê de “coisas” mais pra frente).

Esse potencial gigantesco dessa nova tecnologia é o que torna os celulares 5G tão especiais. No entanto, em primeiro lugar, é preciso dizer que o mercado brasileiro ainda não conta com esses cobiçados aparelhos. Isso porque o 5G ainda precisa ser liberado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), e o processo é bastante lento. Em seguida, são habilitados os aparelhos.

Outros países como Coreia do Sul e Estados Unidos já contam com milhares de felizes usuários. Quer saber em detalhes quais os diferenciais dos celulares 5G? Acompanhe esse post.

Leia também: Descubra o melhor plano de TV, internet de celular no Compara Plano

CONFIRA AS OPÇÕES DE PLANOS DA CLARO QUE MAIS DE ADAPTAM A VOCÊ!

O 5G é como reinventar a roda

Não é exagero, mas a tecnologia 5G está muito perto disso. É considerada como uma revolução nas redes de internet móvel em todo o mundo. Em relação ao 4G, tudo é potencializado ao extremo: maior velocidade de download e upload de dados, conexão menos instável e mais cobertura em diversas regiões.

Tecnicamente, o 5G é diferente do seu antecessor por causa do expecto da frequência, que é de 3,5GHz a pelo menos 26GHz. Em outras palavras, são ondas de rádio com capacidade maior de dados, porém comprimentos menores. Para você ter uma ideia, será preciso instalar novas antes para que toda essa capacidade seja utilizada.

Na prática, o 5G não se aplica a apenas celulares. A tecnologia abrange vários segmentos da indústria, como a de automóveis. É aplicada, por exemplo, nos estudos de carros autônomos, sem motorista. De acordo com a Organização Global System for Mobile Communications, até 2034 estima-se um lucro de 565 bilhões de dólares em diversos setores por conta do 5G.

Confira alguns dos impactos do 5G:

  • Velocidade de conexão: você terá no seu celular uma velocidade de internet semelhante à fibra ótica das conexões residenciais.
  • Objetos vão se comunicar: o 5G tem tudo a ver com a Internet das Coisas (IoT). Objetos vão gerar dados e conexão entre si, possibilitando diversas inovações e as cidades inteligentes de fato.
  • Maior capacidade: a nova tecnologia suporta um número infinitamente superior de dispositivos conectados à mesma rede sem perda de desempenho.
  • Segurança: comunicação mais segura e que garante a privacidade das pessoas.
  • Economia: redução de 90% do consumo de energia da rede em relação à 4G.
  • Abrangência: cobertura eficiente de 100% da área atingida pela rede

Já tem celulares 5G no Brasil?

Infelizmente, não. É uma novela. Antes dos celulares 5G serem definitivamente comercializados no país, ainda é preciso vencer barreiras burocráticas quanto à liberação da própria rede 5G. Por incrível que pareça, a tecnologia de internet mais utilizada no Brasil atualmente ainda é a 3G.

Temos que admitir que o 3G ampliou muito o acesso à internet em várias regiões brasileiras, principalmente, no interior. Depois, o 4G melhorou a potência da web e permitiu os streamings, entre outros serviços. Certo, mas e o 5G? Bom, é possível que tenhamos 5G no Brasil somente entre 2021 e 2023, e apenas nas principais metrópoles.

Tudo depende dos leilões das faixas de frequência de rádio reservadas para essa tecnologia. O órgão federal responsável por isso é a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Inclusive, essa faixa de rádio será a mesma utilizada no sinal das TVs analógicas, recentemente aposentadas.

Oi e TIM fazem testes de celulares 5G no país

Algumas operadoras têm feito testes do 5G pelo país. A Oi, por exemplo, já testou a tecnologia em uma edição do Rock in Rio e a TIM ativou em lojas de São Paulo espaços com 5G para usuários. A ideia das empresas é estudar e aprimorar as soluções que serão potencializadas com a chegada do 5G.

Leia também: Banda larga ou internet móvel: o que é melhor para minha casa?

Os celulares 5G disponíveis no mercado

Enquanto os usuários no Brasil ainda sonham com a chegada do 5G, em outros países da União Européia, Estados Unidos e Coreia do Sul, por exemplo, a tecnologia está em expansão acelerada. Alguns aparelhos lançados nesses países compatíveis com a rede 5G também chegaram ao Brasil, a exemplo do Xiaomi Mi Mix 3 e do Motorola Moto Z3. No entanto, por aqui, rodam apenas no 4G. Que desperdício!

Confira abaixo o que algumas das principais marcas do mercado já oferecem em ternos de celulares 5G:

Samsung

A gigante sul-coreana aposta forte no 5G e já reservou seus principais lançamentos top de linha para comportar a nova velocidade de rede. Galaxy S10, Galaxy Fold (modelo dobrável) e Galaxy Note 10 formam o trio de notáveis da marca e que rodam em 5G em vários países. No andar debaixo, entre os aparelhos intermediários, há o Galaxy A90, também receptivo ao 5G.

Leia também: Galaxy Fold chega ao Brasil: vale a pena investir no aparelho?

Huawei

A fabricante chinesa também está adaptando sua produção de smartphones para compatibilizar o potencial da rede 5G. A Huawi já lançou o Mate 20X 5G e também o Mate X 5G. Em termos de conexão, os dois aparelhos deram um show de velocidade e impressionaram o público.

Xiaomi e LG

A arrasa-quarteirões chinesa Xiaomi também não brinca quando o assunto é celular 5G. O modelo Mi Mix Alpha já faz sucesso no oriente, com uma tela surround que abraça o aparelho por completo. No entanto, um dos celulares 5G mais vendidos na Ásia é o LG V50 ThinQ, famoso também por sua tela dupla.

Motorola

Curiosamente, um dos primeiros celulares 5G a serem lançados no mundo é o Moto Z3 (menos no Brasil, infelizmente). O modelo é compatível com um Moto Snap, mas com o upgrade da rede 5G.

Leia também: Tecnologias que vão mudar sua vida até 2030

CONFIRA OS MELHORES PLANOS DA TIM PARA O SEU CELULAR

Celulares 5G: sua vida nunca mais será a mesma

Agora que você já conhece todos os diferenciais dos celulares 5G no mercado, que tal conferir como será o iPhone sem carregador?

Se você gostou do nosso conteúdo e quer saber mais sobre tecnologia, planos e pacotes, dicas e curiosidades, acompanhe o Compara Plano. Estamos muito satisfeitos em te ver por aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Contrate via chat