5G no Brasil: operadoras usam música nos primeiros testes

O início operacional do 5G no Brasil ainda não ocorreu, mas grandes operadoras de telefonia do Brasil já têm realizado os primeiros testes de 5G no Brasil Em eventos badalados e cheios de ostentação, esses testes vêm mostrando um pouco do que esta tecnologia é capaz de proporcionar. A promessa é de que o modo como usamos a internet nunca mais será o mesmo depois que o 5G virar realidade.

Claro testa 5G no Allianz Parque

No último dia 20 de outubro, a Claro trouxe o 5G para o Allianz Parque, a casa do Palmeiras, transformando-o no primeiro estádio preparado para a chegada dessa tecnologia.

Durante o evento, a empresa proporcionou um espetáculo inusitado e surpreendente: a primeira apresentação holográfica de um músico em tempo real no Brasil.

A tarefa ficou a cargo de Lucas Lima (o músico, não o meia do Palmeiras), que apresentou o espetáculo Led Zeppelin in Concert, celebrando os 50 anos de lançamento dos dois primeiros álbuns da banda inglesa.

Lucas Lima participou em forma de holograma. Embora não tenha aparecido fisicamente no palco, sua imagem foi projetada como holograma transmitido em tempo real. Ou seja, não era uma gravação, o músico estava realmente tocando ao vivo.

Nessa apresentação foi possível conhecer um pouco das possibilidades do 5G e entender como essa tecnologia pode mudar para sempre o mercado de internet móvel no país. Embora o uso de hologramas em shows ao vivo não seja uma novidade, na grande maioria das vezes é utilizada uma gravação prévia, e não uma performance em tempo real.

A apresentação mostrada pela Claro no Allianz Parque indica que é possível levar shows holográficos a um patamar mais realista de entretenimento.

Leia também: Quais são os melhores planos de celular? Escolha já o seu

Outras operadoras já realizaram testes de 5G no Brasil

Em junho de 2019 a TIM demonstrou sua rede móvel de quinta geração na frequência de 3,5 GHz em Florianópolis.

Utilizando equipamentos da Huawei para uso de internet de alta velocidade e baixa latência (ou seja, atraso no percurso dos dados), a operadora apresentou algumas possibilidades do 5G em aplicações de internet das coisas, realidade virtual e operações críticas.

Os testes permitiram alcançar uma velocidade de até 1 Gb por segundo em um aparelho de celular.

Já a Oi utilizou a 20ª edição do Rock in Rio, em outubro de 2019, para testes da nova tecnologia. Todo o público do festival pôde utilizar a rede de wi-fi gratuita disponibilizada pela operadora. O evento contou com outra ação da Oi relacionada ao 5G, voltada para gamers e aficionados: a Oi GamePlay Arena.

No espaço Freeplay foi lançado a versão mobile do jogo Call of Duty, um clássico criado no início do século para PCs e que ganhou versões para diferentes tipos de aparelhos.

O que é 5G?

A tecnologia 5G promete uma internet de velocidade muito superior (de 50 a 100 vezes mais rápida) que a tecnologia atual. Espera-se uma velocidade de conexão entre 1 e 20 Gb por segundo, tornando a internet móvel tão rápida quando a banda larga caseira.

Na escala de evolução das gerações de internet móvel, a tecnologia 2G trouxe mais qualidade nas chamadas, o 3G trouxe a transferência de dados móveis e o 4G a aprimorou, trazendo a possibilidade de reprodução de vídeos, músicas por streaming, entre outras.

Desenvolvida para dar conta do crescente volume de informações trocadas diariamente por bilhões de celulares no mundo, o 5G representa uma grande evolução tecnológica. Promete ampliar enormemente os recursos de conectividade, garantindo que diversos dispositivos consigam estar conectados ao mesmo tempo e com boa velocidade. Uma das suas aplicações possíveis é a Internet das Coisas (IoT).

Trata-se de uma forma de permitir que objetos do dia se conectem entre si, utilizando a internet em prol da praticidade. Carros autônomos, drones, eletrodomésticos inteligentes e milhares de outros objetos podem ser desenvolvidos e aprimorados com a tecnologia.

Leia também: Claro 4.5G: saiba o que é e como funciona

5G no Brasil: quando chegará?

A expectativa anterior de termos rede 5G no Brasil em 2019 ou no máximo no início de 2020 não parece mais realista. Nem mesmo a rede 4G é a dominante no Brasil, que ainda se conecta predominantemente com a 3G.

Embora o 5G já esteja presente em países avançados tecnologicamente, como Coreia do Sul, EUA e China, o cenário mundial não difere muito. A internet 4G ainda não foi totalmente difundida no mundo, mas ainda assim a indústria aposta muitas fichas no 5G. A previsão é que a tecnologia chegue ao Brasil apenas em 2021.

Questões como problemas de interferência de sinal em antenas parabólicas, altíssimo investimento de implantação, problemas de infraestrutura, falta de aparelhos celulares compatíveis e burocracia são alguns obstáculos.

Isso, porém, não diminui a expectativa da indústria e do público. Um estudo recente denominado “The Mobile Economy 2019” prevê que a rede 5G estará presente em 15% das conexões móveis do mundo até 2025. Coreia do Sul e Estados Unidos aparem à frente desse movimento, que promete mudar para sempre o modo como usamos internet.

Acompanhe o blog do Compara Plano e fique por dentro de todas as novidades do mundo da tecnologia e telefonia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Contrate via chat