WordPress: saiba como funciona a plataforma de criação de sites

Quando o assunto é criação de sites e gerenciamento de conteúdo online o primeiro sistema que vem à cabeça geralmente é WordPress. Isso não é por acaso, a plataforma é a mais popular para desenvolvimento de projetos web, sendo usada por quase 83% dos domínios registrados em todo o mundo.

Conforme pesquisa da empresa especializada em dados sobre tecnologia Datanyze, no Brasil este percentual chega a 85%. Neste artigo vamos entender como funciona este sistema de gestão de conteúdo e como você pode utilizá-lo gratuitamente para motar e gerenciar o seu site.

O que é CMS e WordPress

A plataforma WordPress é parte de um tipo de sistema chamado CMS, Content Management System em inglês. Em português a sigla pode ser traduzida como Sistema de Gestão de Conteúdo.

Esse tipo de aplicação é usado para gerenciar sites e blogs de forma simples.

A ideia é que qualquer pessoa, mesmo sem conhecimento técnico em programação, possa publicar e administrar um site. Para isso, os CMS oferecem interfaces simples, intuitivas e de fácil gerenciamento que permitem alteração de design, publicação e atualização de conteúdo.

Além do WordPress outros dois sistemas gratuitos estão na lista dos mais utilizados, são o Joomla e o Drupal.

Leia também: E-book como economizar: veja aplicativos e dicas para reduzir as despesas diárias

Como começou o WordPress

A primeira versão do WordPress foi lançada em janeiro de 2004 como uma plataforma para criação e gerenciamento de blogs.

Na época este formato de página estava se popularizando, principalmente com o conceito de diário online para uso pessoal.

A primeira versão do WordPress, apesar de bastante simples, chegou com a mesma base utilizada até hoje, com recursos como o editor de conteúdo, o sistema para gerenciamento de usuários e a moderação de comentários.

Em 15 anos de existência a plataforma evoluiu muito e passou por transformações que a fizeram chegar no topo dos sistemas de gestão de conteúdo. A forma como é mantida e gerenciada é inovadora.

O sistema, de código aberto, é controlado por uma comunidade composta por membros de diferentes partes do mundo. A maioria deles trabalha de forma voluntária e remota.

Um encontro anual, chamado WordCamp, costuma ser o único momento de reunião de todos os colaboradores.

Embora o sistema tenha chegado a um formato que atende a demanda do mercado, a cada 2 ou 3 meses são lançadas atualizações. O objetivo delas é apresentar novos recursos e melhorar a segurança.

Leia também: Quais são os melhores planos de celular? Escolha já o seu

WordPress.org ou WordPress.com?

Há duas formas possíveis de usar o WordPress, por isso há dois sites relacionados ao CMS. Cada um possui uma função e uma base enorme de usuários.

Basicamente, a diferença é que o WordPress.com seria a modalidade comercial do site enquanto o WordPress.org é uma alternativa que está disponível gratuitamente e você assume a responsabilidade de instalar e manter o sistema. Entenda melhor como funciona cada um:

WordPress.org

Esta é a chamada versão instalada ou versão comunitária do projeto. Nela você baixa o aplicativo e trabalha com ele de forma colaborativa.

Neste formato o WordPress exige que você tenha um domínio próprio, ou seja, o endereço do seu site, e que tenha uma hospedagem de site compatível com a plataforma. Esses dois serviços são pagos.

Na opção .org do sistema são disponibilizados variados temas, que são como as roupas do site, e plug-ins que incluem diversos recursos à página.

Uma informação importante para quem pretende contratar um serviço de hospedagem de site é que a maioria deles suporta as linguagens PHP e MySQL usadas pelo WordPress. No entanto, você ainda pode escolher uma hospedagem especializa na plataforma que oferecerá vantagens como mais velocidade e desempenho.

WordPress.com

Na versão comercial a plataforma é oferecida como um serviço em que você não precisa ter conhecimento técnico e nem se preocupar com questões como hospedagem, programação e backups.

Também não é necessário ter domínio próprio. O seu site será publicado com o domínio WordPress, por exemplo, meusite.wordpress.com.

Tudo isso pode ser usado gratuitamente, porém possui limitações. Alguns temas, recursos e plug-ins só podem ser acessados em planos pagos.

Também não é possível optar por usar um domínio próprio e o seu site será exibido com uma assinatura WordPress no rodapé.

Se você está disposto a investir para ter mais recursos e flexibilidade no uso do sistema, pode optar por um dos cinco planos pagos disponíveis.

Eles variam de preços entre R$10 e R$149 por mês e oferecem diferentes recursos conforme o pacote escolhido.

Opções de planos pagos

  • Blogger – R$10,00 mensais – domínio gratuito no primeiro ano com final .blog, armazenamento de 6GB, suporte via e-mail e personalização básica.
  • Pessoal – R$15,00 mensais – domínio personalizado gratuito por um ano, armazenamento de 6GB, suporte via e-mail e chat e personalização básica.
  • Premium – R$26,00 mensais – domínio personalizado gratuito por um ano, armazenamento de 13GB, suporte via e-mail e chat, personalização avançada, mais temas, remoção de anúncios, entre outras ferramentas.
  • Negócios – R$83,00 mensais – domínio personalizado gratuito por um ano, armazenamento ilimitado, suporte via e-mail e chat, personalização avançada, mais temas, remoção de anúncios, analytics, monetização, entre outras ferramentas.
  • eCommerce – R$149,00 mensais – domínio personalizado gratuito por um ano, armazenamento ilimitado, suporte via e-mail e chat, personalização avançada, mais temas, remoção de anúncios, analytics, monetização, outras ferramentas também presentes no plano anterior, mais funções específicas para sites de e-commerce.

Recursos básicos do sistema

O WordPress permite a instalações de centenas de temas e plug-ins que o fazem mais completo e eficiente. Entretanto, alguns que estão instalados como padrão básico na plataforma já oferecem boas possibilidades.

Veja quais são alguns deles:

  • Editor de páginas e posts com formatação de texto
  • Gerenciador de comentários com moderação
  • Biblioteca de mídia com edição simples de imagens
  • Gerenciador de plug-ins
  • Editor de aparência por templates
  • Gerenciador de usuários
  • Editor de widgets, como menus personalizados
  • Gerenciador de temas
  • Configurador de URLs amigáveis
  • Sistema de plug-in anti-spam

Vantagens do WordPress

Independentemente da versão que você escolher para publicar e administrar o seu site, o WordPress apresenta vantagens que são próprias do sistema.

Listamos algumas das razões que, possivelmente, fazem da plataforma a mais usada em todo o mundo.

1 – Não é necessário saber programação

O sistema permite que você gerencie os conteúdos do seu site de forma simples e eficiente ainda que não tenha nenhum conhecimento sobre códigos de programação web.

A interface intuitiva é preparada para atender as necessidades do usuário que precisa realizar apenas as tarefas mais básicas e ainda assim obter resultados profissionais.

O sistema acompanha o avanço da tecnologia e permite a expansão do seu site.

2 – Instalação fácil

Para quem opta por usar domínio próprio, o serviço de hospedagem do site possivelmente oferecerá a opção de instalar automaticamente o WordPress.

Se você é desenvolvedor ou designer e pretende instalar o sistema manualmente, será necessário ter um servidor Linux com as linguagens PHP e MySQL.

Neste caso, é possível que a plataforma seja instalada diretamente no seu computador. Esta é uma boa alternativa para você realizar testes e experimentar recursos.

3 – Variedade de plug-ins e extensões

Uma das características marcantes deste CMS é a grande capacidade de adaptação às necessidades do usuário. Isso se dá através do uso de extensões e plug-ins que podem ser do próprio sistema ou criados por terceiros.

Se você entende um pouco de programação pode, por exemplo, criar a sua própria extensão e usá-la com exclusividade na sua página WordPress.

4 – Compatibilidade com dispositivos móveis

Hoje em dia a compatibilidade com dispositivos móveis é um recurso indispensável para qualquer site. E essa é uma das vantagens do WordPress. O painel de administração de páginas é totalmente gerenciável através de tablets e celulares, desde que tenham acesso a internet.

Embora alguns recursos não sejam tão confortáveis de gerenciar na tela dos dispositivos móveis, a possibilidade de acessar o painel de qualquer lugar permite que você não deixe de atualizar seu site.

Há ainda a opção de baixar aplicativos para os sistemas operacionais Android e iOS permitindo que você administre seu painel de maneira mais eficiente através destas plataformas.

5 – Código aberto

Como mencionamos antes, o WordPress é um sistema de código aberto, mas o que isso significa?

O termo proveniente do inglês Open Source define softwares que estão disponíveis para download gratuito por qualquer pessoa. Além disso, representa uma filosofia de colaboração entre desenvolvedores que podem voluntariamente oferecer melhorias ao sistema e modificá-lo.

Diferente de softwares que não possuem o código aberto para que não sejam copiados ou alterados, os que são abertos contam com a ajuda de terceiros para evoluir e ter problemas resolvidos.

Gosta de ler dicas e novidades sobre tecnologia? Fique ligado no nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Contrate via chat