Câmera do celular ajuda a identificar câncer de pele

Já imaginou se um médico pudesse diagnosticar câncer de pele a partir de uma foto tirada com a câmera do celular? Isso será possível em breve graças a um aplicativo brasileiro que está sendo desenvolvido e testado por pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

A ferramenta poderá auxiliar dermatologistas e pacientes no reconhecimento de sinais que podem indicar a doença e acelerar o início do tratamento para aumentar as chances de cura. O app ainda depende de investimentos para ser lançado no mercado. Veja todos os detalhes sobre a novidade.

Leia também8 Aplicativos para médicos que todo profissional de saúde precisa conhecer

Projeto tem câmera do celular como aliada no diagnóstico médico

Há muito tempo tecnologia e saúde andam juntas, e os avanços têm impacto importante no diagnóstico e no tratamento de inúmeras enfermidades. O uso de imagens captadas com a câmera do celular para detectar sinais de uma doença, porém, é novidade no segmento.

Buscando aliar uma grande tendência do mercado da tecnologia, o uso de aplicativos para celular, a uma necessidade médica, cientistas começaram a criar uma plataforma que detecta e analisa lesões na pele.

A iniciativa partiu de uma rede internacional de pesquisadores brasileiros e estrangeiros que integram os Institutos de Informática e de Engenheiros Eletrônicos e Eletricistas (IEEE) da UFRGS. Alunos da universidade, empresas privadas e especialistas da Universidade de Warteloo, no Canadá.

Aplicativo ajudará no encaminhamento de pacientes

O projeto tem como principal objetivo facilitar o reconhecimento do câncer de pele para acelerar o início do tratamento e evitar que a doença se desenvolva mais e o caso se torne mais grave.

Os pesquisadores explicam que o aplicativo é uma ferramenta que deve levar o paciente a procurar um dermatologista com mais rapidez. E deixam claro que o diagnóstico da doença somente poderá ser confirmado por um especialista da área.

Quando estiver disponível, o app também poderá ser utilizado por outros médicos, como o clínico geral, em casos de suspeita de câncer de pele. A plataforma ajudará na definição de encaminhamento do paciente para o especialista.

Como funciona o aplicativo?

A aplicativo que está sendo testado pelos pesquisadores da UFRGS usa basicamente imagens simples feitas com a câmera do celular para agilizar a detecção de sintomas de câncer de pele. Não é necessário que haja qualquer luz especial ou outro equipamento.

O software utiliza inteligência artificial para reconhecer e analisar uma lesão na pele. Com um banco de dados feito por milhares de informações, ele leva em consideração aspectos considerados padrão como tamanho, regularidade das bordas e cores.

Resultado por câmera de celular deve ser encaminhado a um médico especialista

O resultado do teste feito com o app sinaliza o potencial da lesão para ser maligna ou benigna. Quando detectada a presença de potencial para malignidade, o paciente deve ser encaminhado imediatamente para um dermatologista, que irá avaliar a previsão. A expectativa é de que a plataforma atinja ao menos 90% de eficiência nos resultados.

Os idealizadores do software destacam também que entre os principais benefícios de se identificar uma suspeita de câncer de pele antes mesmo de ter o resultado de uma biopsia está a possibilidade de ganhar alta prioridade no tratamento para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), por exemplo.

No consultório, o médico especialista irá utilizar um aparelho chamado dermatoscópio, que requer certificação e treinamento para ser operado. Somente com esse equipamento e a execução de biópsia é possível ter um diagnóstico 100% seguro da doença e dar início ao tratamento.

Câncer de pele é um dos mais comuns no Brasil e no mundo

O câncer de pele é um dos mais comuns no Brasil e no mundo. Conforme dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), em 2018 foram registrados cerca de 180 mil casos entre os brasileiros. Esse número representa cerca de 33% do total de tumores malignos diagnosticados no ano.

Felizmente a doença tem alto índice de cura, principalmente quando está em fase inicial e não possui chances de apresentar metástase, que são as lesões classificadas como não-melanoma.

É na busca por essa eficiência em começar o tratamento que o aplicativo brasileiro deve atuar, facilitando o processo para diminuir os riscos de gravidade e aumentar a possibilidade de cura.

App com diagnóstico por câmera do celular ainda requer investimentos

Com o protótipo em estágio avançado de testes, o aplicativo para detectar sinais de câncer de pele ainda depende de investimentos privados para ser lançado. Por isso, ainda não há uma previsão de que a plataforma esteja disponível no mercado tão em breve.

Câmera de celular tem funções que vão além de registrar momentos

Um recurso básico de qualquer smartphone pode servir para muito mais do que simplesmente registrar momentos. Dar um uso incomum a imagens feitas com o aparelho, como no projeto do app para diagnóstico de câncer de pele, não é exatamente uma novidade. Você sabia que há uma série de funções que podem ser executadas com a câmera do celular? Confira algumas:

Digitalizar documentos

Houve um tempo em que a ação de digitalizar documentos não estava tão acessível a qualquer pessoa. Para isso era necessário conectar ao computador um aparelho de scanner em versões simples, em copiadoras ou em impressoras.

O desenvolvimento de novas tecnologias e popularização dos celulares, no entanto, deixou essa tarefa disponível com apenas alguns toques de tela.

Com a câmera do celular você pode tirar uma boa foto do documento e depois configurar a imagem com ajustes simples de edição. Se preferir também existem diversos aplicativos para Android e iOS que são especializados na digitalização e oferecem resultado impecável.

Um dos apps mais usados é o CamScanner que além de digitalizar permite fazer buscas de números e palavras dentro dos documentos. A plataforma também possui uma ferramenta para agrupar documentos por categoria e facilitar o arquivamento.

Outra ótima opção para quem usa o serviço de armazenamento na nuvem Google Drive é a função de scanner que vem embutida na ferramenta. A interface é simples e fácil de usar.

Traduzir

Imagine viajar para fora do país e não ter nenhum problema para ler informações em outras línguas. Isso é possível com o Google Tradutor, pois basta direcionar a câmera do celular para a frase que deseja ler e você terá automaticamente a tradução.

O recurso está disponível em várias línguas e é compatível com sistemas operacionais Android e iOS.

Ver as estrelas

Analisar o universo sem o uso de um telescópio também já é possível com a ajuda de aplicativos específicos e uma simples câmera de celular.

Os aplicativos mais conhecidos são o Sky View, o Star Walk e o Sky Map. Com eles é possível identificar constelações apenas apontando a lente do celular para o céu. E o recurso funciona mesmo durante o dia, quando não é possível ver estrelas a olho nu.

Quer saber qual foi o celular com melhor câmera em 2019? Leia neste outro artigo que publicamos no blog do Compara Plano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Contrate via chat