Xiaomi: conheça a marca e saiba se é de confiança

A marca de celulares chinesa Xiaomi saiu da Ásia e ganhou consumidores no Brasil. Está tão famosa por aqui que vem disputando o mercado com as concorrentes de celulares Samsung e Iphone. Neste artigo, explicamos de onde ela veio e como tem se posicionado no mercado brasileiro.

Quem é a Xiaomi?

A Xiaomi chegou ao mercado brasileiro em 2015, mas por não ter sido muito bem recebida, teve que cancelar os envios de produto. Em 2019, a empresa retornou e se tornou uma das mais populares. Hoje concorre com os celulares de última geração das empresas Samsung e Iphone.

Em 2019 surgiu também mais uma novidade, foi lançada a loja física da Xiaomi, em São Paulo, e a loja online oficial. A empresa recebeu apoio da DL Eletrônicos e tenta mais uma vez conquistar o público brasileiro, investindo em uma série de produtos.

O diferencial da empresa tem sido investir em produtos sofisticados com grande desempenho de funcionalidades. Os celulares da Xiaomi apresentam preços mais baixos no mercado e configurações avançadas bem similares aos últimos lançamentos do Iphone e Samsung, com sistemas iOS e Android, respectivamente.

O que ele tem de tão inovador em comparação com as outras marcas de celulares? A Xiaomi possui smartphones incríveis e até agora vários modelos já chegaram ao país. Três modelos novos estarão disponíveis a partir de agosto e setembro (MI 9T, Redmi 7A e Mi A3). Os modelos Xiaomi são todos com sistema Android.

Por que a Xiaomi ganhou tanta popularidade?

A Xiaomi é uma empresa de eletrônicos gigantesca e em 2019 chegou ao posto de quinta empresa maior fornecedora de smartphones do mundo. Além disso, a empresa vende produtos como drones, smart gadgets, entre outros.

Depois da sua segunda chegada ao país e de ter sido uma das marcas mais vendidas na internet, a empresa agora tem sede física e um site confiável para compras. O que a deixou tão popular foi realmente o preço e o padrão de qualidade em hardware e desempenho. Com isso a empresa desbancou outras marcas de celulares que já tinham ganhado o mercado no Brasil.

Os aparelhos da empresa são bem produzidos, em quesito material (metal e vidro), suas câmeras são de alta resolução e possuem funções parecidas com câmeras profissionais. Os aparelhos têm quatro câmeras em vez de apenas duas, são duas frontais e duas traseiras. Com isso, possibilitam o desfoque de fundo em imagens, opção que só estava disponível em celulares avançados Android e iOS.

Quais os modelos de celulares Xiaomi mais procurados?

A empresa chinesa procura trazer os melhores resultados em inovação e a gratificação de seus usuários pelo mundo. Para quem ficou interessado, saiba que sempre haverá um celular Xiaomi que atenda suas necessidades e por isso, selecionamos aqui alguns modelos de smartphones criados pela empresa e que estão disponíveis no país.

Com sua chegada ao país com uma loja física, os consumidores ganharam uma opção confiável para escolher os produtos chineses desejados. No lançamento da loja em junho, a empresa disponibilizou aos consumidores 300 unidades do Redmi Note 7 (64gb + 4gb RAM), no valor de R$ 1.299 e 100 aparelhos Mi 9 (128gb + 6gb RAM), a R$ 2.799. Mas a compra era limitada a um aparelho celular por pessoa.

Em relação aos produtos smartphones, os usuários podem encontrar na loja física aparelhos Redmi Go, Redmi Note 7, Redmi Note 6 Pro, Mi 8 Lite, Mi 9, Pocophone, dentre outros. Além disso, fones de ouvido (com cabos ou Bluetooth) ou câmeras de ação 4K para competir com modelos já conhecidos como a GoPro, dentre outros.

Para conhecer melhor os smartphones fizemos uma comparação das funcionalidades do modelo Xiaomi Mi 9 com aparelhos equivalentes das marcas Apple e Samsung. Confira abaixo e saiba qual celular melhor ter em suas mãos.

Mi 9

O Xiaomi 9, conhecido também como Mi 9, utiliza processador avançado, o Snapdragon 855, fornecido pela Qualcomm. Essa especificação de fábrica o coloca em igualdade com outros modelos no mercado brasileiro, como o Galaxy S10, da Samsung.

O Mi 9 tem câmera tripla traseira, sendo a principal sensor Sony de 48 megapixels, além disso, a segunda câmera é uma Ultra Wide de 117º e de 16 megapixels; e a terceira uma macro de 12 megapixels.  A câmera frontal é de 20 MP com abertura de f/2.0, na qual o usuário pode gravar vídeos em 1080p a 30 quadros por segundo. 

A tela do smartphone é de 6,39 polegadas com resolução Full HD+. O display do Mi 9, Super Amoled, é fornecido pela empresa concorrente Samsung. A tela ainda conta com um sensor biométrico escondido e proteção contra quebra e arranhões com o Gorilla Glass 6.

Interface exclusiva

O Xiaomi Mi 9 tem sua traseira em material de vidro, e em alumínio no restante de sua estrutura. O usuário pode comprá-lo nos acabamentos em tons de cores violeta, azul e preto. O seu peso é de 173 gramas, nas dimensões de 157.5 x 74.7 mm de altura por largura e 7.6 mm de espessura. 

Pra quem precisa de espaço no celular, o aparelho conta uma memória RAM de 6 GB. O sistema operacional Android 9 Pie, vem com a interface exclusiva da Xiaomi, o MIUI 10.

Em agosto de 2019, o aparelho estava indisponível na loja online brasileira. Mas deve chegar ao estoque o quanto antes. O aparelho estava sendo anunciado na loja oficial por R$ 3.999. 

Galaxy S10

O Galaxy S10, assim como o Mi 9, possui vidro tanto na sua parte frontal como na estrutura traseira. O aparelho apresenta elementos de alumínio no corpo, que pode ser nos tons branco, marrom, azul e verde. O seu peso é um pouco menor que o Mi 9, aproximadamente, 157 gramas. As dimensões são de 149.9 x 70.4 mm de altura por largura e a espessura de 7.8 mm.

A diferença dele ainda para o Mi 9 é que ele conta com a proteção certificada IP68, sendo resistente a água e a poeira. O XiaoMI não possui essa certificação.

No que diz respeito a tela, o Galaxy S10 possui o mesmo display do Mi 9, o Super Amoled, com apenas 6.1 polegadas. Apesar disso, sua resolução de tela é superior ao Mi 9, ficando em 3040 x 1440 pixels, 19:9 de proporção e 550 ppi em densidade. O display do aparelho vem com proteção do Gorilla Glass 6, protegendo contra quebra e arranhões.

Também conta com 3 câmeras traseiras - uma com 12 MP e abertura variável de f/1.5-2.4, a segunda também de 12 MP com abertura de f/2.4 e a última de 16 MP com abertura f 2.2. A câmera frontal é ótima para selfies de 10 MP, com abertura de f/1.9 e para vídeos. O usuário pode utilizá-la para gravar nas resoluções de 2160p a 30 quadros por segundo ou em 1080p a 30 quadros por segundo. O celular conta também com flashes LED, PDAF e HDR.

Mi 9 apresenta melhor câmera e preço

Em comparação às resoluções apresentadas nas câmeras da Xiaomi, a Samsung sai perdendo em qualidade de oferta para fotos e gravações de vídeos. Mesmo que ainda consiga ter estabilizador óptico OIS e PDAF mais rebuscado, ainda assim, o produto da empresa concorrente ganha pontos de diferença. 

Para quem gosta de espaço no celular o Galaxy S10 possui um pouco mais de memória RAM do que o Mi 9, são 8 GB e memória total interna de 128 GB. O celular permite ainda que você compartilhe bateria sem fio com outros aparelhos. 

Assim como o Mi 9, o S10 possui desbloqueio de tela inteligente. Basta tocar na tela para desbloquear. A empresa moveu o desbloqueio da parte traseira para a frente, fundindo o Desbloqueio Ultrassônico diretamente na tela.

O preço faz bastante diferença para o cliente brasileiro. O Galaxy S10 está saindo no Brasil por média de R$ 4.999,00.

Iphone XR

O Iphone, como sabemos, é um dos ótimos produtos com sistema iOS da empresa Apple. O último aparelho no mercado é o Iphone XS, mas escolhemos fazer uma comparação entre os aparelhos Xiaomi 9 e Iphone XR.

A Xiaomi é conhecida no mundo por apresentar funcionalidades em seus produtos de smartphone bem similares com as da Apple. Apesar disso, os celulares Iphone ainda são muito requisitados no mercado mundial. Isso porque possuem qualidade inigualável em resoluções de fotos e vídeos, além de capacidade para armazenamento de dados em Nuvem pelo Icloud.

Porém, a Apple já está perdendo mercado para as marcas chinesas, conforme mostramos neste artigo.

O Iphone XR, que está com a última atualização do iOS 12, vem com tela de retina de 6,1 polegadas .1, considerada a maior tela LCD em um iPhone. Também vem com ampla tonalidade de cores, reconhecimento facial para desbloqueio do celular por True Tone e também simples toque na tela para despertar (assim como o Samsung Galaxy S10 e Mi 9).

Câmera de qualidade

O celular pesa 194 gramas, tem uma câmera traseira de 12 MP com lente grande-angular, abertura ƒ/1.8 e zoom digital até 5x, especial para gravação de vídeo 4K a 24 qps, 30 qps ou 60 qps, em HD de 1080p a 30 qps ou 60 qps e HD de 720p a 30 qps. 

Já a câmera frontal é de 7 MP, com abertura ƒ/2.2, própria para modo retrato com efeito bokeh avançado e controle de profundidade, iluminação de retrato com cinco efeitos (Luz Natural, Luz de Estúdio, Luz de Contorno, Luz de Palco, Luz de Palco Mono), Animoji e Memoji e para gravação de vídeo HD de 1080p a 30 qps ou 60 qps. 

O Iphone XR, assim como o Galaxy S10, é resistente à água, respingos e poeira. O aparelho está classificado como IP67 (profundidade máxima de um metro por até 30 minutos), segundo a norma IEC 60529.

O aparelho de celular vem com a capacidade de 64 GB de memória RAM e está sendo vendido no Brasil por R$ 5.199. O valor pode sair até por R$5.999,00, para o mesmo modelo com memória de 256 GB.

Conclusão

O que avaliamos é que os três celulares possuem ótimas configurações tanto o Mi 9, como o Galaxy S10 e o Iphone XR. Para escolher você deve levar em conta as funcionalidades que melhor atendem ao que você considera mais importante. Além, é claro, de analisar o que oferece melhor custo-benefício e não vai pesar em seu orçamento. 

Agora que você já sabe tudo sobre a Xiaomi, confira neste outro artigo detalhes sobre outra marca chinesa que vem conquistando o mercado brasileiro, a Huawei, que há pouco tempo se envolveu em uma polêmica com os Estados Unidos e foi banida.

Gostaram das nossas dicas? Não deixe de acompanhar nosso blog, sempre estamos trazendo novidades relacionadas ao mundo da tecnologia.