Xiaomi Mi Mix Alpha: saiba tudo sobre o aparelho

Imagine um smartphone feito praticamente todo de tela, sem bordas e sem capa traseira. Esse foi o conceito inovador apresentado pela chinesa Xiaomi com o anúncio de lançamento do Xiaomi Mi Mix Alpha. A proporção da display em relação ao corpo do aparelho é de impressionantes 180%.

A novidade eleva a um novo limite o conceito de tela com bordas curvas, já adotado por outras marcas. Conforme a empresa, a intensão é proporcionar ao usuário uma experiência imersiva de visualização sem molduras e limites de bordas.

O que é o Xiaomi Mi Mix Alpha

Antes de mais nada, o novo aparelho da Xiaomi é uma grande inovação no mercado de dispositivos móveis. Além do conceito de tela que “abraça” o celular as novidades apresentadas pela marca chinesa causaram barulho no mercado de tecnologia.

A tela de 7,92 polegadas, com painel Super AMOLED, possui uma das resoluções mais altas do mercado com 2250 x 2088 pixel.

Porém, as surpresas não param por aí e passam também por um sensor de câmera em parceria com a Samsung, aptidão para a tecnologia 5G, recursos multimídia e muito mais. Confira com mais detalhes as novidades apresentadas pela marca com o seu último modelo top de linha.

Tela surround

No convite para o lançamento do Alpha, a Xiaomi lançou um teaser que dava a entender que o display do aparelho seria surpreendente. Desde então o mercado de tecnologia passou a especular se era verídico que a marca teria uma tela surround, como aparecia na peça promocional divulgada.

Esta foi a primeira vez que esse tipo de conceito foi adicionado a um smartphone. Segundo a empresa, o objetivo era lançar uma inovação que não fosse competir com smartphones dobráveis, mas sim revolucionar conceitos.

Leia também: E-book grátis: conheça tecnologias para deixar a sua casa inteligente

Xiaomi Mi Mix Alpha tem recursos inéditos de display

Na sua página oficial, a Xiaomi explica com detalhes o conceito da tela explicando que a frente é totalmente ocupada pelo display, sem borda lateral e sem muitas informações que ocupam espaços.

Nas laterais toda a estrutura foi substituída por tela, onde estão alocadas as informações de status do aparelho. Não há nenhum botão físico, são todos virtuais e sensíveis a pressão.

Na parte traseira, o display mais uma vez é predominante e exibe em forma de gadgets os aplicativos mais utilizados.

A marca ainda afirma que no futuro a intenção é que a parte traseira também sirva como uma ferramenta de tempo real.

Ali serão mostrados, por exemplo, o seu cartão de embarque no aeroporto ou a rota a ser percorrida em uma corrida de táxi.

Por fim, o aparelho tem mais sensores do que os usuais e promete dar dados precisos sobre o ambiente em que você está, como qualidade do ar e nível de umidade.

Tela curva e sensores touch screen

A tela curva nas bordas, que segue até o ponto em que encontra a faixa da câmera na traseira, gera um visual e funcionalidade inéditos entre dispositivos móveis.

Em uma das laterais cobertas pelo display estão localizados os botões de volume que são sensíveis a pressão. Na lateral oposta aparecem o nível de carga da bateria e o sinal de rede – geralmente exibidos na parte superior direita dos celulares.

Talvez você esteja se perguntando como é possível segurar nas mãos um smartphone com display sensível ao toque, touch screen, em toda a sua extensão. Essa dúvida surgiu de imediato e, segundo a marca, os sensores do celular estão adaptados para que ele reconheça toques involuntários quando o usuário está com o aparelho nas mãos.

Primeira câmera de 100MP do mundo

Não pense que a inovação do Xiaomi Mi Mix Alpha está limitada à tela surround.

O celular também é o primeiro do mundo a estar equipado com uma câmera de 108MP.

Uma câmera para explorar o futuro, é a definição dada pela marca no site oficial do aparelho.

O sistema triplo de lentes do Alpha apresenta resoluções de 108, 20 e 12 megapixels. Sendo uma lente grande angular ultra wide e outra com capacidade para fotografar objetos de perto.

Sensor Samsung no Xiaomi Mi Mix Alpha

E a resolução não é a única novidade do Alpha. Após ser anunciado na metade deste ano, o sensor Isocell da Samsung, co-desenvolvido pela Xiaomi, foi apresentado ao mercado pela primeira vez no smartphone da marca chinesa.

O novo recurso permite que câmera produza fotos de até 12032 x 9024 pixels, gerando arquivos com até 40 MB.

Neste sistema os pixels são combinados em quadrados 2×2 que melhoram a captação da imagem em ambientes com pouca luz. Mas um dos grandes destaques do módulo de 108MP com sensor desenvolvido em parceria com a Samsung está na capacidade de zoom de até 8 vezes.

Conforme demonstrações das duas marcas, com ele é possível capturar imagens em detalhes minúsculos sem perda de qualidade.

Câmera de selfie

Qual é a necessidade de uma câmera de selfie em um smartphone que possui tela por todos os lados?

Exatamente, não há. Com o Xiaomi Mi Mix Alpha você simplesmente não precisa virar o celular. Você tira fotos em formato selfie com as câmeras principais e visualiza a imagem normalmente no display da parte traseira.

Processador do Xiaomi Mi Mix Alpha

Um aparelho com todos os recursos oferecidos pelo Alpha precisa, no mínimo de um excelente processador. O aparelho é alimentado Qualcomm Snapdragon 855+. A memória RAM é de 12GB e o armazenamento interno possui 512GB, sem possibilidade de extensão.

Bateria

A bateria do Alpha é de ion-lithium com base de nano silicone e tem capacidade bruta de 4.050 mAh. Há suporte para carregamento rápido através de fonte com 40 Watts.

Conectividade

Em termos de conectividade, o smartphone top da Xiaomi apresenta capacidade para a tecnologia 5G, que proporciona navegação na internet e transferência de dados muito mais eficientes. Ainda são destaques um leitor de multimídia, suporte para teleconferências e bluetooth avançado.

Preço

A marca chinesa lançou o Alpha com a definição de que é um celular conceito, para poucos clientes que são realmente aficionados por tecnologia.

Com isso, é possível imaginar que o smartphone também não é para o bolso de qualquer pessoa. Na China ele foi anunciado para pré-venda pelo valor de 19.999 yuan, o que em real seria equivalente a quase R$12 mil em conversão direta. O smartphone ainda não tem previsão de lançamento nem preço no Brasil.

Ficha Técnica

Confira alguns detalhes da ficha técnica do Xiaomi Mi Mix Alpha:

  • Painel da tela: Flexible OLED
  • Tamanho da tela: 7,92 polegadas
  • Resolução da tela: 2250 x 2088 pixels
  • Peso: 241 gramas
  • Sistema operacional: Android 10
  • Processador: Snapdragon 855 Plus (octa-core de até 2,96 GHz)
  • Memória RAM: 12GB
  • Memória interna: 512GB
  • Dual SIM: sim, dois nano SIM
  • Disponibilidades de cores: preto
  • Bateria: 4.050 mAh
  • Câmera tripla: 108, 20 e 12 megapixels (câmera principal e de selfie única)
  • Tamanho do sensor de câmera: 1/1.33 ” + 1/2.55 ” + 1/2.8 “
  • Aberturas de câmera: F1.69 + F2 + F2.2
  • Flash de câmera: Dual LED
  • Resolução de gravação de vídeo: 4K (2160p)

Gosta de ler artigos como este e estar informado sobre as últimas novidades do mundo da tecnologia? Acompanhe o nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Contrate via chat