Vivo Fibra: qual a diferença para a internet convencional?

Vivo Fibra

Uma das principais bandeiras da Vivo é a Vivo Fibra: seus pacotes com internet de fibra óptica. A operadora promete através dos seus planos uma conexão de ultravelocidade. De fato, isso é possível com esse tipo de cabeamento quando comparada, por exemplo, com a velocidade de uma conexão ADSL. 

Você sabe como funciona uma a internet via fibra óptica? Neste artigo vamos explicar a diferença entre as maneiras que a internet pode chegar até a sua casa e quais as vantagens e desvantagens de cada tipo de conexão. Além disso, ao final você confere quais os pacotes da Vivo Fibra com preços, velocidades e serviços inclusos. Confira!

Leia tambémPlanos de internet fixa: como escolher o melhor

Com funciona a conexão por fibra óptica?

A tecnologia da fibra óptica surgiu num contexto de necessidade de transferência de dados em alta velocidade e com baixa interferência.

No Brasil, o sistema foi introduzido na indústria principalmente graças às pesquisas realizadas na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) desde a década de 70.

Imagine um encanamento muito comprido revestido internamente por um espelho feito de vidro puro. Quando um feixe de luz é lançado de um lado, ainda que esse cano seja muito comprido e curvado, será possível enxergar a luz do outro lado, que irá viajar pelo cano refletindo em seu revestimento interno.

De maneira geral, é assim que funciona a fibra óptica, por meio de um processo denominado reflexão total. São utilizados, na maioria das vezes, fios quartzo envoltos em uma camada de vidro extrudido e encapados com plástico. Todo o sistema é muito pequeno, sendo que cada fio tem aproximadamente a espessura de um cabelo humano.

Dados enviados via fibra óptica atingem uma grande velocidade de transferência. Além disso, a taxa de interferência é infinitamente menor quando comparada à interferência em outros tipos de conexão, como a via satélite ou rádio, por exemplo. Outra vantagem do cabeamento por fibra óptica é a segurança. Como é muito difícil desviar um sinal, essa é uma conexão muito segura para a transmissão de informações.

Entretanto, toda essa eficácia tem um custo. Primeiramente, o próprio custo financeiro. A instalação e manutenção desse tipo de conexão costuma ser mais cara do que qualquer outro tipo de internet. Além disso, a disponibilidade no Brasil ainda é pequena devido a falta de infraestrutura. Dessa forma, a área de cobertura das operadoras acaba ficando restrita a alguns centros urbanos.

Leia também: Vivo Car: conheça tudo sobre o plano voltado para carros

Aplicações e tipos de fibra óptica

A telecomunicação não é a única área de aplicação da fibra óptica. Na medicina a tecnologia também é muito utilizada. Em procedimentos minimamente invasivos — tipo de intervenção cirúrgica que busca ao máximo a integridade física do paciente — o uso da fibra óptica pode ser essencial, como por exemplo na endoscopia. Isso porque o filamento permite a iluminação para que as câmeras cirúrgicas consigam captar as imagens do corpo do paciente. 

As fibras ópticas também são divididas, de forma geral, em dois tipos: multimodo e monomodo.

As fibras multimodo foram as primeiras a chegar ao mercado. Como o nome sugere, vários raios (modos) atravessam o cabo de forma simultânea. Isso resulta em um fenômeno chamado de “dispersão modal”, limitando a largura da banda e a taxa de transmissão de dados. Esse tipo de fibra é utilizado para conexões de curta distância. 

Já as fibras monomodo possuem um núcleo com diâmetro muito reduzido, permitindo a passagem de um único raio. Isso significa uma melhor taxa de transmissão e qualidade superior, bem como difícil manuseio e maior custo de fabricação e instalação.

Diferenças para outras conexões – cabo e ADSL

Uma das principais dúvidas sobre o funcionamento da fibra óptica é em relação à “conexão convencional”. Quando se fala em convencional, normalmente a referência são as conexões via cabo ou ADSL. Embora os três modelos sejam considerados internet banda larga e permitam grandes velocidades de transmissão, existem diferenças entre eles.

Na conexão via cabo é utilizado um cabo coaxial. Ele é similar aos cabos de telefone e é usado também para transmissão de TV a cabo. Nesse modelo, o sinal é transmitido por fibra óptica das estações das operadoras até pontos de distribuição que são instalados pela cidade. Então, a partir desses pontos, o cabo coaxial é ligado até as residências e escritórios onde será conectado ao modem.

Por outro lado, no sistema ADSL a conexão é feita via cabeamento telefônico. A sigla em inglês significa Asymmetric Digital Subscriber Line, ou seja, “linha digital assimétrica para assinante”. A assimetria aqui diz respeito ao fluxo da transmissão de informações: mais velocidade de download e menos de upload. É, em geral, uma opção mais barata e com variedade de largura de banda.

Tanto a internet via cabo quanto a ADSL são conexões cujo sinal é transmitido através de pulsos elétricos que, diferentemente da tecnologia da fibra óptica, estão sujeitos à interferência de campos magnéticos e oscilações de eletricidade.

Diferenças para outras conexões – rádio e satélite

Vale também mencionar outros dois modelos de transmissão de dados completamente diferentes da fibra óptica. A transmissão via rádio é uma conexão sem fio, que funciona a partir de ondas de rádio que vão das torres de transmissão até as antenas receptoras — instaladas em topos de prédios para evitar barreiras no caminho do sinal.

Já na internet via satélite, a transmissão dos é feita de um satélite no espaço até uma antena de recepção semelhante à uma antena parabólica. Sua cobertura é muito abrangente e é comum ser utilizada em locais com dificuldade de acesso aos outros modelos de conexão, como em zonas rurais, ou para usuários que estão em movimento constante.

A internet via satélite possui uma das maiores velocidades de download entre todos os modelos. Porém, como a transmissão é feita em pacotes existe uma taxa de latência elevada, inviabilizando esse tipo de conexão para fins que necessitem de uma resposta rápida. Seu uso para jogos, por exemplo, não é recomendado. Além disso, a manutenção e instalação da conexão por satélite é muito cara e existem poucos provedores no mercado brasileiro.

A representação de cada tipo de conexão no Brasil

De acordo com dados da Anatel de 2018, a fibra óptica ainda representa uma parcela pequena das conexões no Brasil, mas vem em ritmo de crescimento (0,5% em 2007 – 18,5% em 2018). Em contrapartida, os cabos metálicos ainda são o modelo líder, mas estão em constante declínio (71,9% em 2007 – 41,9% em 2018).

Veja o market share por tipo de tecnologia de banda larga fixa:

Cabos metálicos – 41,9%
Cabo coaxial – 30,6%
Fibra óptica – 18,5%
Rádio – 7,29%
Outras – 1,1%
Satélite – 0,6%

Pacotes da Vivo Fibra

Abaixo você confere as ofertas da Vivo Fibra e avalia o custo-benefício para sua necessidade. As ofertas dos pacotes da operadora podem variar de acordo com a disponibilidade e localidade de cada usuário. Para verificar a disponibilidade de instalação na sua região, acesse este link e preencha os seus dados. 

5 MEGA

Preço: R$ 59,99
Velocidade de download: 5 Mpbs
Velocidade de upload: 1 Mpbs
Serviços inclusos no pacote: Vivo Protege Light, Discovery Kids On!, Games4U, Watch ESPN Básico

15 MEGA

Preço: R$ 99,99
Velocidade de download: 15 Mpbs
Velocidade de upload: 1 Mpbs
Serviços inclusos no pacote: Vivo Protege Light

25 MEGA

Preço: R$ 109,99
Velocidade de download: 25 Mpbs
Velocidade de upload: 2 Mpbs
Serviços inclusos no pacote: Vivo Protege Light, Discovery Kids On!, Games4U, Watch ESPN Básico, Esporte Interativo Plus

100 MEGA

Preço: R$ 119,99
Velocidade de download: 200 Mpbs (você assina 100 e leva o dobro)
Velocidade de upload: 2 Mpbs
Serviços inclusos no pacote: Vivo Protege Light, Discovery Kids On!, Games4U, Watch ESPN Básico, Esporte Interativo Plus, Cartoon Network Ja!

300 MEGA

Preço: R$ 149,99
Velocidade de download: 300 Mpbs
Velocidade de upload: 150 Mpbs
Serviços inclusos no pacote: Vivo Protege Light, Discovery Kids On!, Games4U, Watch ESPN Básico, Esporte Interativo Plus, Cartoon Network Ja!, Fox Premium

Gostou deste artigo? Aqui você confere com detalhes nossa sessão com os planos da Vivo Fibra. Optar pela Vivo pode ser uma vantagem para quem deseja contratar mais de um tipo de serviço. Os combos de internet, TV por assinatura, telefonia e dados móveis podem compensar as tarifas cobradas pela operadora — em geral mais altas em relação às concorrentes.

Fique de olho no blog do Compara Plano para mais artigos sobre operadoras, planos de internet, tecnologia, entre outros!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *