Velocidade da internet: como saber qual o melhor plano para casa?

Sem dúvida, quando buscamos velocidade de internet, certamente o primeiro passo é contratar um bom plano junto à operadora, certo? Exato. No entanto, além disso, há outros fatores que influenciam na velocidade de internet na sua casa. Entre eles, o sistema operacional, o navegador e a latência de rede. Neste post, vamos ajudar a identificar qual o melhor plano para o seu perfil e também dar dicas de deixar sua rede mais rápida.

De fato, ter uma web com um bom desempenho é fundamental para desempenhar as tarefas mais básicas, como acessar um site de compras. Assim como as mais complexas, como jogos online, sistemas de empresas e softwares profissionais. Em primeiro lugar, é preciso saber que é possível encontrar planos de acordo com as suas necessidades em plataformas como o Compara Plano.

Em segundo lugar, sempre que você estiver duvidando da velocidade da internet contratada para sua casa, faça uma medição em ferramenta online. Na verdade, o desempenho da sua rede pode ser influenciado até pelo navegador que você usa. Assim como certos apps e sites que consomem muita banda. Portanto, uma internet rápida depende de vários fatores, muito além do plano.

Quer entender melhor o que afeta a velocidade da internet na sua casa? Fique atento às dicas desse post.

Leia também: Descubra o melhor plano de TV, internet de celular no Compara Plano

CONFIRA AS OPÇÕES DE PLANOS DA CLARO QUE MAIS DE ADAPTAM A VOCÊ!

Sistema operacional pode ser inimigo da velocidade da internet

Imagina a cena: você contrata um bom plano de internet, instala um roteador honesto e acessa a web em um navegador rápido. Porém, a velocidade da rede é péssimo. Como isso pode ocorrer? Às vezes, a resposta está no sistema operacional do seu dispositivo. Para você ter uma ideia, não atualizar esse sistema pode fazer sua internet ficar mais lenta.

Portanto, deixe-o sempre atualizado! Outra medida importante é não sobrecarregar seu dispositivo com um número grande de apps e softwares. Quanto mais “sufocado” ficar seu sistema operacional, menor será a velocidade da internet.

Dicas para deixar seu sistema operacional sempre em dia, tanto em celulares, como tablets, notebooks ou desktops:

  • Vasculhe por vírus e malwares – Os incômodos vírus também podem reduzir o desempenho da sua rede. Além disso, podem roubar seus dados e encher a paciência com propaganda. Por isso, faça sempre uma varredura no seu sistema.
  • Libere a memória RAM – A lentidão do seu sistema pode ser também por conta da memória RAM estar saturada. Portanto, faça uma limpeza em programas abertos e inúteis. E, com isso, libere mais velocidade na máquina.
  • Posição do roteador – Escolha um local estratégico de casa para instalar o roteador da internet. Um cômodo central da sua casa é o ideal. E posicione, também, a antena em um local mais alto, de, no mínimo, 1,5 metro do chão.

Leia também: Quer ter uma internet estável? Siga essas dicas simples

CONFIRA OS MELHORES PLANOS DA TIM PARA O SEU CELULAR

Saiba escolher o melhor navegador

Além do sistema operacional, o navegador pode ser o responsável pela velocidade (ou a falta dela) da internet na sua casa. São muitas opções oferecidas na rede, com características distintas. Confira um resumo sobre os principais deles e escolha o melhor para o seu perfil:

  • Google Chrome – é um dos navegadores mais populares, leves e rápidos. É ótimo para usá-lo como buscador, além de vincular sua conta do Google. É considerado rápido pois usa poucos recursos do seu dispositivo e ainda conta com navegação privada. Com ele, também dá pra medir taxa de consumo de rede, memória, entre outros. É uma ótima pedida.
  • Firefox – é o principal concorrente do Chrome. Versátil, esse navegador oferece uma boa experiência de navegação, ou seja, muito rápida. O legal é que o Firefox pode ser usado em qualquer dispositivo sem muitos problemas.
  • Opera – não é tão conhecido quanto os dois primeiros. No entanto, esse browser tem recebidos melhorias por parte do desenvolvedor que o tornaram interessante. É um pouco mais lento do que o Firefox, mas exige menos da sua máquina. O legal do Opera que é conta com comandos de voz para pessoas com deficiência.
  • Microsoft Edge – é a evolução do lendário Internet Explorer. É um navegador que sempre vem instalado ao Windows. Portanto, é um dos primeiros programas acessados quando você adquire um notebook – exceto da Apple. No entanto, é usado na maioria das vezes apenas para baixar outro navegador. O desempenho do Edge ainda não agrada.
  • Safari – é o browser exclusive para quem usa os dispositivos da Apple. Se você é uma dessas pessoas, é desnecessário fazer o download de outro navegador. O Safari proporciona uma boa velocidade de internet.

Leia também: Tudo o que você precisa saber sobre o WhatsApp Web

Você sabe o que é latência?

A latência é outro fator que influencia na qualidade da sua internet. Significa o quanto tempo um pacote de dados leva para ir de um ponto a outro. Ou seja, latência na rede tem nome e sobrenome: atraso. Um exemplo: quanto tempo pode demorar para chegar ao destino um e-mail que você acabou de enviar?

Para descobrir a latência da sua internet, a melhor maneira é utilizar um medidor de velocidade. Há várias opções na própria internet, inclusive o site Brasil Banda Larga, da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Quando falamos em latência, há alguns conceitos importantes como propagação (tempo de tráfego de um pacote de dados), transmissão (fibra, cabo ou wireless), router (aparelho que permite a conexão) e ping (tempo do trajeto de volta dos dados). Portanto, verifique se tudo isso está em dia!

Outros fatores que afetam a velocidade da rede:

  • Proximidade com objetos nocivos: você sabia que paredes, janelas, um aparelho de microondas ligado ou até a rede de água de casa interfere no sinal da sua internet? Portanto, mais uma vez, posicione o roteador em um local estratégico.
  • Modem de baixa qualidade e fiação antiga: exija da sua operadora um modem de boa qualidade, e não aqueles aparelhos antigos da geração passada. A mesma coisa é a fiação/cabeamento, que precisa ser novo.
  • Número de usuários: quanto mais gente usa o mesmo sinal, menor será a velocidade da internet. Portanto, faça a regulação e defina sempre um login e senha para uso da rede.
  • Muitos apps e sofwares ativos: na mesma lógica, quanto mais apps e outros sofwares estiverem ativos no seu dispositivo, menor será a velocidade da web. Portanto, feche tudo o que você não está usando no momento.
  • Instabilidade no provedor: outro motivo para você ficar atento quanto ao serviço da sua operadora. A sua internet é aquele cai-cai? Então, de repente, é hora de fazer uma migração.

Contrate a velocidade de internet ideal para a sua casa

Como falamos na abertura desse post, a velocidade ideal de internet para você contratar para sua casa depende muito do perfil de uso. Por exemplo, se você costuma acessar apenas sites de notícias, redes sociais e apps leves, não vale a pena investir em uma internet top de linha.

Agora, se você é um heavy user da web, joga online, utiliza sofwares pesados que consomem muita banda, nesse caso, opte por um plano mais robusto. A TIM e a Claro têm muitas opções interessantes para todos os perfis. E, se você quer fazer uma comparação de todos eles, acesso a plataforma Compara Plano.

Velocidade da internet é tudo!

Agora que você já conhece o que pode afetar a velocidade da sua internet, que tal conhecer as melhores ferramentas para testá-la?

Se você gostou do nosso conteúdo e quer saber mais sobre tecnologia, planos e pacotes, dicas e curiosidades, acompanhe o Compara Plano. Estamos muito satisfeitos em te ver por aqui!

One response to “Velocidade da internet: como saber qual o melhor plano para casa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Contrate via chat