Título de eleitor digital: conheça o aplicativo da Justiça Eleitoral

O título de eleitor é um daqueles documentos que você só lembra em época de eleição, certo? Por vezes, está guardado em alguma gaveta e é comum até perdê-lo quando mais se precisa dele. E isso é uma dor de cabeça sem tamanho. No entanto, no passado a Justiça Eleitoral possibilitou a emissão do título de eleitor digital por meio de um aplicativo: o e-Título.

Na prática, o documento digital desenvolvido pelo órgão federal substitui completamente o título de eleitor em papel. Além disso, dispensa a impressão de segunda via e o melhor: é totalmente gratuito. Para você ter uma ideia da vantagem que traz o título de eleitor digital, a falta desse documento nos pleitos eleitoriais pode até gerar incômodas multas.

O app da Justiça Federal pode ser baixado nas lojas dos sistemas operacionais Android e iOS para smartphones, tablets, notebooks, entre outros dispositivos com acesso à internet. Então, quando você for baixar seus apps de música ou streamings de vídeo, reserve um tempinho para fazer o download também do e-Título.

Neste post, nós vamos detalhar um pouco mais como funciona o app do título de eleitor digital e quais os passos para obter o documento. Além disso, você vai aprender como fazer para apresentar o e-Título na hora de uma votação, entre outras orientações para o eleitor.

Ah, e não esqueça de manter sempre um bom plano de internet da Claro ou da TIM para ter todos os recursos do app à mão. 

Boa leitura!

Leia também: Descubra o melhor plano de TV, internet de celular no Compara Plano

CONFIRA AS OPÇÕES DE PLANOS DA CLARO QUE MAIS DE ADAPTAM A VOCÊ!

O que é o título de eleitor digital?

Como falamos na abertura desse post, o título de eleitor digital é um documento oficial expedido pela Justiça Eleitoral. Ou seja, o e-Título inutiliza o títudo em papel, pois agora as informações do eleitor estão completamente na rede da internet. É um app que pode ser baixado gratuitamente pelo eleitor e oferece vários outros serviços.

Em outras palavras, após fazer o download do app (no Android ou iOS) e inserir seus dados pessoais, o eleitor poderá consultar suas informações pessoais. Além disso, terá aesso à emissão da certidão de quitação eleitoral e da certidão de crimes eleitorais. O procedimento é realizado a partir do QR Code do app, com a leitura pelo próprio celular.

Para você ter uma ideia, as certidões citatadas acima são documentos bastante solicitadas para inscrições em concursos e outros tipos de cadastros.

Até o final do ano passado, a Justiça Eleitoral Brasileira havia registrado quase 12 milhões de eleitores que baixaram o e-Título. No site do órgão federal, é possível acompanhar o número de título de eleitor digital eleitoral baixados por Estado, com atualização diária. É interessante poder acompanhar a evolução.

Leia também: Assistir jogo online: confira 10 dias de sites e apps

Procedimentos para cadastrar o título digital

De acordo com informações a Justiça Eleitoral. quando o eleitor for fazer o cadastro das informações pessoais no app, é importante estar com o título eleitoral físico em mãos. Ou seja, pelo menos uma última vez, você precisará do antigo título. Isso porque as informações do documento precisam ser iguais às preenchidas no app, e que estão registradas no Cadastro Eleitoral.

Portanto, muita calma e paciência nessa hora para não errar nenhum número ou informação. Caso contrário, o sistema poderá não validar o cadastro, pois encontrará informações discordantes.

Outro ponto importante é o recadastramento biométrico (impressões digitais). Caso o eleitor já tenha realizado, o app mostrará a foto da pessoa na versão do e-Título. Em outras palavras, isso facilita bastante a identificação do eleitor na hora das votações, lá na urna eletrônica.

Caso o eleitor não tenha feito o recadastramento, o e-Título será emitido sem a fotografia. Por essa razão, em dias de votação, será preciso levar outro documento oficial com foto para apresentar ao mesário.

Leia também: iOS 14: conheça o novo sistema operacional da Apple

Passo a passo para cadastro do e-Título:

  1. Escreva seus dados pessoais no app, como nome e filiação;
  2. Ao chegar no campo “Tipo de documento”, aperte em “Título de eleitor”;
  3. Após essas duas etapas, o aplicativo mostrará três campos de perguntas para confirmar sua indentidade. É a hora de verificar se há algum erro nos dados pessoais;
  4. Depois, basta cadastrar uma senha e confirme.

Pronto, está feito o seu e-Título. Você vai notar que as informações básicas como seu nome, número do título, zona e seção eleitoral serão mostradas na home do app. Para os demais recursos, basta clicar em

As informações básicas como seu nome, número do título de eleitor, zona eleitoral e seção eleitoral estão logo na página principal do aplicativo. Os demais recursos se encontram no campo “Mais Opções”.

Como justificar o voto

Atualmente, o e-Título também permite justificar o voto caso de ausência na votação. Confira o passo a passo:

  1. Vá até o campo “Mais opções”;
  2. Selecione “justificativa de ausência”;
  3. Escolha o período eleitoral que deseja fazer a justificativa e  preencha o campo com sua justificativa e o campo posterior com seu e-mail;
  4. Bote em anexo um documento que comprove a justificativa;

Essa opção será liberada nos dias 15 e 29 de novemobro de 2020, a partir dos dias da eleição de cada turno.

Leia também: Conheça novos e incríveis apps para Android em 2020

Vantagens do e-Título

A primeira grande vantagem do e-Título é não ter que guardar ou carregar com você o documento em papel. Ou seja, nos dias da votação, basta mostrar o e-Título na tela do seu celular ao mesário da sua seção eleitoral. Outro ponto favorável é que os dados do eleitor, por estarem em nuvem, ficam em ambiente seguro. Além de disponível a qualquer momento pelo próprio eleitor ou pela Justiça Eleitoral.

Outro ponto bastante positivo do e-Título é o de evitar deslocamentos até o cartório eleitoral da sua cidade para pedir pela segunda via do título. O app acaba com esse procedimento, pois você poderá acessar o e-Título a qualquer momento, com as informações atualizadas. Além disso, quem nunca teve que perder tempo na fila do cartório eleitoral? Tempos passados.

Melhorias no título eleitoral digital

A Justiça Eleitoral está em constante desenvolvimento de novas funcionalidades para o e-Título. Uma delas, por exemplo, a possibilidade dos próprios eleitores validem suas impressões digitais por meio do app, para realizar a biometria.

Ou seja, o app do e-Título deverá virar uma plataforma de serviços eleitorais ainda mais ampla do que a atual. Por exemplo, com a possibilidade de fazer transferência e comprovação de domicílio eleitoral.

Leia também: Conheça 8 apps que não consomem dados e são super-úteis

CONFIRA OS MELHORES PLANOS DA TIM PARA O SEU CELULAR

Faça já o seu!

Agora que você já conhece como funciona o título de eleitor digital da Justiça Federal, que tal conferir seis apps indicados para fazer reuniões por videoconferência no seu trabalho?

Se você gostou do nosso conteúdo e quer saber mais sobre tecnologia, planos e pacotes, dicas e curiosidades, acompanhe o Compara Plano. Estamos muito satisfeitos em te ver por aqui!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Contrate via chat