Serviço de streaming da Disney estreia em 2020 no Brasil

É muito difícil conhecer alguém que não tem conta em um dos sites de streaming. Com a melhora na velocidade da internet no Brasil, esse serviço se popularizou muito. Mas, não pense que existe apenas o Netflix. Esse ano, foi anunciado o lançamento do streaming da Disney.

Para concorrer com as grandes marcas do serviço, a Disney está apostando alto. Venha conhecer mais sobre essa novidade!

Streaming da Disney

Anunciado no primeiro semestre de 2019, a Disney abalou o universo dos streamings. 

Desde 2016, a marca fez aquisições importantes para dominar o setor. Foi quando adquiriu uma participação na BAMTech (empresa de tecnologia streaming) por US$ 1 bilhão. Depois, a ESPN (empresa da qual a Disney tem 80% das ações) anunciou seu canal digital, o ESPN+. O canal também é transmitido na programação da TV paga. 

No ano seguinte, a Disney passou a ser majoritária da BAMTech. Além disso, divulgou que pretendia criar seu próprio streaming em 2019, quando termina o contrato com a Netflix. Dessa maneira ela poderia retirar todo o seu conteúdo da plataforma para criar a sua. Ela também comprou a 21st Century Fox, aumentando seu portfólio.

Em 2018 foi anunciado o nome: Disney +, com lançamento previsto para novembro de 2019 nos Estados Unidos e em 2020 no Brasil.

O que já se sabe sobre o serviço

Aos poucos, a Disney está soltando as notícias do que os clientes podem esperar do serviço. Vamos fazer uma lista de tudo que já sabemos que vai acontecer.

Foi divulgado que os episódios das séries serão lançados semanalmente, diferente da concorrente Netflix, que lança todos de uma vez. Eles esperam dessa maneira gerar mais comentários nas redes sociais, com os espectadores falando sobre o que esperam dos próximos capítulos. O streaming da Disney também promete novidades todas as semanas, com estreias acontecendo junto do canal Disney na TV a cabo.

O que esperar?

O catálogo já conta com mais de 500 filmes e 7.500 episódios de séries e desenhos. Entre eles, incluem todas as franquias como Star Wars, Marvel, Pixar e Fox. Além disso, terá os títulos originais dos clássicos da Disney, como Branca de Neve.

Também foi confirmado High School Musical: The Musical: The Series. Será uma espécie de série documentário, mostrando os alunos montando o musical da escola. O lançamento será junto do streaming da Disney, 12 de novembro.

Filmes que acabaram de passar no cinema entrarão diretamente no catálogo. Como é o caso de Toy Store 4, Capitã Marvel, Dumbo e Frozen 2 (que estreará em novembro de 2019 nos Estados Unidos).

A Disney também garantiu, na D23 Expo (Exposição bienal do grupo), que haverá a volta de algumas séries antigas do canal da TV a cabo. Como é o caso de Lizzie Mcguire, que ainda será interpretada pela mesma atriz do passado, Hilary Duff. 

Mais recentemente, a Disney confirmou o live action A Dama e o Vagabundo (já saiu o trailer, veja abaixo) e 1001 Dalmatas, que terá Emma Stone como Cruela. 

Anna Kendrick foi selecionada para ser protagonista de outro filme inédito do streaming da Disney. Em Noelle, ela viverá a filha do Papai Noel e terá que assumir os negócios da família.

Para os fãs de Star Wars, terão novas séries como The Mandalorian e Star Wars: The Clone Wars. Além do anúncio de que Ewan McGregor viverá Obi-Wan novamente em outro programa ainda sem nome. Diego Luna também retorna como Cassian Andor, personagem de Rogue One, em outro novo seriado ainda sem nome.

O National Geographic também é do grupo. Por isso, entrará com alguns documentários, como o The World According to Jeff Goldblum. Além de ter mais de 250 horas de conteúdo.

Marvel

Além de séries inéditas de Marvel, como Falcão e Soldado Invernal, Arqueiro Gavião, Ms. Marvel e What if…?, está confirmada também a série Loki, com o próprio Tom Hiddleston. Sua previsão de estréia na plataforma é no primeiro semestre de 2021. Além de WandaVision, que também conta com os atores originais, Elizabeth Olsen e Paul Bettany. Terá muitas referências e relação com Doctor Strange, no segundo filme The Multiverse of Madness.

A plataforma

Como vimos,  Disney está apostando alto. E, pela reação nas redes sociais, parece que está dando certo.

O Disney + poderá ser acessado de qualquer dispositivo móvel. Como celulares, computadores e tablets. Não tendo distinção do sistema operacional.  Além disso, será possível entrar na plataforma pelo Nintendo Switch, PlayStation e Xbox. E, também pelo Chromecast, Apple TV e pelas Smart TVs.

O layout do serviço parece com as outras plataformas de streaming. Já tem vídeo de como será a usabilidade e como estão colocados as diferentes franquias da Disney: Marvel, Star Wars, Pixar, etc. Está garantido, também, que não haverá anúncios ou propagandas no meio da transmissão para os assinantes.

Assim como os conteúdos do Netflix, você também poderá baixar as séries e filmes, para assistir no modo offline. Além de que uma conta, poderá ser acessada por até quatro telas diferentes ao mesmo tempo, e será possível criar 7 perfis. Toda a resolução será de 4k UHD, e sem custo extra.

Lançamento e preços do streaming da Disney

A Disney divulgou que o lançamento da plataforma está marcado para o dia 12 de novembro deste ano. Acontecerá apenas nos Estados Unidos. Mas no dia 19 será a vez da Austrália, Nova Zelândia, Canadá e Holanda. A previsão para chegar no Brasil é para o ano de 2020.

As contas brasileiras nas redes sociais já estão divulgando as várias novidades que já podemos esperar para o ano que vem. Além do Disney +, terá um pacote oferecendo também a ESPN +, e o Hulu. Porém, por enquanto, essa versão estará disponível apenas nos Estados Unidos, por conta das limitações dessas outras plataformas em alguns países. 

Quanto ao preço, poderá ser adquirido nos Eua por US$ 6,99 ao mês, ou US$ 69,99 por ano. O valor que será praticado no Brasil ainda não foi divulgado. É esperado que até 2024, o Disney + tenha mais de 90 milhões de assinantes do seu streaming. Para nós, brasileiros ansiosos, o jeito é esperar mesmo. Mas, você já pode fazer um cadastro na plataforma para receber as novidades.

Outras novidades do streaming da Disney

Como a Fox agora faz parte do Walt Disney Company, também será exibido Os Simpson e estarão disponíveis as 30 temporadas da série. Há previsão também para ser lançado um novo filme com alguns spin off (que são aparições de personagens de outros desenhos).

Porém, há algumas ressalvas. Como alguns conteúdos do canal Fox são de classificação violenta, a Disney preferiu deixá-los fora do serviço, por exemplo, Deadpool. Mas, calma! Eles estarão no streaming da Hulu.

Filmes e séries classificados como muito violentos e para adultos continuarão a fazer parte das programações da Fox. 

Hulu

A Disney também é a empresa majoritária, com 67% das ações, desse serviço de streaming com séries e filmes originais. Lançado em 2007, hoje esse serviço já conta com mais de 20 milhões de usuários nos Estados Unidos.

Tem na sua programação conteúdos da NBC, ACB, Fox, A&E, Big Ten Network, E!, Fox Sport, FX, NFL Network, entre vários outros. O Hulu conta com mais de 60 canais. Em 2009, anunciou que também iria disponibilizar na sua plataforma videoclipes e shows. Uma das séries mais populares é The Handmaid’s Tale (O Conto da Aia). 

Os conteúdos com maiores classificações da Disney serão passados neste streaming. Em 2018, a empresa assinou um termo com a DreamWorks Animation (DWA), passando a ser a primeira plataforma exclusiva de filmes da companhia. 

Mas, por enquanto, a plataforma só funciona nos Estados Unidos e Japão. O Hulu não foi para o Canadá, pois o mercado de publicidade online é muito pequeno. Além disso, as redes de TV do país têm os direitos de transmissão online. Incluindo até mesmo os programas americanos.

Por enquanto é isso que podemos esperar. Mas já dá para perceber que o streaming da Disney chegará com muita força, desbancando alguns concorrentes. Terá filmes e séries que agradarão a todos, desde os fãs de Star Wars, Marvel e até os fanáticos dos filmes clássicos.

Nos resta esperar para que 2020 chegue logo, e também possamos aproveitar desse novo streaming. Enquanto isso, você pode continuar acompanhando outras novidades sobre TV no nosso blog!

Tim Controle Celular