Descubra o que é WPS e como desativar essa função

A conexão entre aparelhos de roteadores via wi-fi é feita a partir de protocolos de segurança que geralmente chegam estabelecidos pela própria fabricante. Se você está se perguntado o que é WPS pois viu um botão no seu aparelho roteador, saiba que se trata de um formato particular de acessar a rede, mais facilitado, porém também mais vulnerável.

WPS é a sigla em inglês para Wi-Fi Protected Setup, um recurso que facilita a vida de quem quer um acesso rápido à sua conexão de internet. Ele era mais utilizado antigamente, quando a configuração do roteador era feita manualmente. O botão WPS, então, permite o acesso via PIN estabelecido pelo próprio aparelho.

Com 8 dígitos, ele dispensa a solicitação das mirabolantes senhas que são projetadas de fábrica atualmente. Combinações complexas de letras, números e tudo o que possa dificultar a vida de invasores são a regra atualmente, mas o WPS contorna esse problema. Nem mesmo o PIN é solicitado, e as máquinas conseguem se vincular automaticamente ao roteador.

Essa solução facilita a vida de quem queira fornecer wi-fi durante um determinado tempo para quem estiver no ambiente. Numa festa, recebendo visitas ou em eventos, por exemplo, o recurso pode ser muito útil. Porém, mantê-lo constantemente ativo pode proporcionar uma facilidade para que aquilo que transita na rede seja interceptado, e desencorajamos a medida.

Dito isso, descubra aqui o que é WPS, como ativar ou desativar o recurso e como se precaver de invasões à sua rede.

Leia também: Internet das Coisas: 4 tendências de IoT até o ano de 2023

CONFIRA OPÇÕES DE PLANOS DA CLARO QUE MAIS SE ADAPTAM A VOCÊ!

O que é WPS

WPS é um recurso presente em diversos modelos de roteadores inclusive atualmente, na era em que a segurança digital se tornou uma preocupação extrema. Trata-se de uma forma de o próprio aparelho criar um PIN com oito dígitos e permitir que aparelhos se vinculem automaticamente à rede em questão.

A desvantagem notória é que esse protocolo de segurança não conta com as criptografias dos atuais protocolos, WPA e WPA2. Hoje em dia, a regra é que as senhas sejam compostas por números, letras maiúsculas e minúsculas, além de caracteres especiais. Tudo isso para prevenir o usuário contra invasões à sua rede.

É verdade que o WPS facilita a vida de muita gente. Se muitas pessoas vão desfrutar de uma rede simultânea e temporariamente, o botão presente no aparelho dispensa a necessidade de distribuir senhas complexas ou de se preocupar com o fato de precisar modificá-la posteriormente, porque já a sabem.

Porém, vale a pena notar que sua criptografia é bastante defasada em relação às criptografias atuais. Ou seja, surgem aqui questões de violação e interceptação dos dados que são veiculados na rede sempre que botão está ativo. Nesse sentido, o melhor a fazer é não acessar páginas ou serviços com informações sensíveis enquanto este protocolo estiver ativo. Bancos, pagamentos e coisas do tipo, por exemplo, nem pensar.

O WPS é seguro?

A bem da verdade, nem tanto! Os protocolos atuais, com letras, números e caracteres especiais promovem uma certa dificuldade para quem deseja violar redes alheias. O WPS, porém, por contar um PIN de 8 dígitos, tem uma defasagem de segurança.

Na internet, por exemplo, é bastante fácil encontrar softwares que prometem descobrir PINs de protocolos WPS na força bruta mesmo. Ou seja, tentativa e erro a partir de todas as combinações possíveis para as casas de cada dígito.

A maioria dos roteadores atuais não tem o botão WPS e a função vem disponível de fábrica. Assim, ela fica ativa o tempo todo, mesmo sem usuário saber.

Como funciona o botão WPS

Além de saber o que é WPS, você também deve saber como um protocolo funciona nos roteadores atuais. Por isso, é preciso lembrar que pode haver diferenças entre o seu e o de outras pessoas, caso você tenha ficado sabendo do problema por meio de terceiros.

Os roteadores presentes no mercado atualmente têm as seguintes configurações:

  • 1) Não têm a função WPS (são os mais seguros do mercado);
  • 2) Têm, e função é ligada somente por um botão (nesse caso, por tempo limitado);
  • 3) Têm a função habilitada automaticamente e permitem desligá-la quando for desejado;
  • 4) Têm a função habilitada e não permitem desligá-la (esses são os mais vulneráveis do mercado).

Como saber se o WPS está ativo

Se você deseja descobrir se o WPS está ativo no seu roteador, o primeiro a fazer é consultar o botão do aparelho. Se houver um, ele pode indicar se a função está ativa ou não.

Caso seu roteador não tenha botão, então é preciso verificar as informações da fabricante, que geralmente disponibilizam um botão virtual no software do dispositivo. Por lá, você consegue desativar a função com facilidade.

Nesse momento, o manual da fabricante é a melhor opção.

Como desativar o WPS do roteador

Agora que você já sabe o que é o WPS e resolveu desativá-lo, basta fazer o seguinte:

  1. Primeiro, digite o IP do seu roteador no navegador. Depois, digite suas credenciais de acesso, com login e senha para fazer acessá-lo (geralmente ambos são admin, mas há outras formas de descobrir).
  2. Clique em interface setup (ou um botão que seja equivalente) e acesse a opção Wireless (ou redes sem fio, se houver).
  3. Na seção Wireless, acesse Use WPS. Essa opção costuma ser marcada com Yes (ou Sim) por padrão das fabricantes. Então, desative o WPS selecionando No (ou Não), mas deixe Broadcast SSID ativado, do contrário os dispositivos que buscarem pela rede não conseguirão visualizá-la.
  4. Na sequência, o roteador será atualizado e te mostrará dois novos campos. Na parte SSID, digite o nome que você deseja dar para a rede. Por fim, em Authentication Type, selecione Disabled para eliminar a exigência de senha.
  5. Role a barra para baixo e aperte o botão Salvar ou o equivalente. Clique nele e pronto, a função WPS já está desabilitada.

Se nos primeiros passos você passou trabalho porque não sabe como obter o endereço de IP do seu roteador, basta fazer o seguinte:

  • Aperte as teclas Win+R juntas para abrir a tela Executar. Nele, entre com o comando cmd  e aperte Enter;
  • Anote, então, o IP do gateway padrão, pois ele é o que dá acesso à interface administrativa do seu roteador.

Vai deixar sua rede vulnerável?

Agora que você já sabe o que é WPS, pra que serve e como desativar, não há motivos para deixar sua rede à mercê de violações, certo? Então, basta seguir as instruções dadas acima e resolver o seu problema.

Leia mais: Internet móvel ilimitada: quer saber se existe?

CONFIRA OS MELHORES PLANOS DA TIM PARA O SEU CELULAR

Se você gostou do nosso conteúdo e quer saber mais sobre tecnologiaplanos e pacotesdicas e curiosidades, acompanhe o Compara Plano. Estamos muito satisfeitos em te ver por aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *