Tecnologia VR: o que é e como funciona

vr

Você sabe o que é realidade virtual? A nova tendência tecnológica do momento comumente chamada de VR (virtual reality) sempre foi considerado um sonho utópico das esferas do desenvolvimento tecnológico. No mundo dos games, é possível encontrar diversos acessórios percussivos que abriram caminho para os novos VR.

Mas o VR não faz parte apenas do mundo dos games. Em filmes, séries e livros de ficção científica o aparelho de realidade virtual já era idealizado e romantizado, como o grande ápice do desenvolvimento tecnológico da sociedade.

Recriar ambientes virtuais parecia impossível nos anos 1980, 1990 e 2000, mas hoje, já é possível fazê-lo com grande excelência.

A realidade virtual é a grande aposta das empresas atualmente. Seu design em formato de óculos (já que o principal sentido usado durante o uso da ferramenta é o visual), estão ganhando espaço nas grandes empresas que investem pesado nessa tecnologia. Microsoft, Samsung e Sony são apenas alguns dos nomes que estão desenvolvendo novos jogos, filmes e outras formas de entretenimento que abracem a realidade virtual e seus acessórios.

Leia também: Roupas inteligentes: veja 5 exemplos curiosos

História

Conseguir desenvolver um ambiente de realidade virtual sempre foi um dos focos da ciência moderna. Os investimentos nessa área sempre foram extensos, já que suas aplicações seriam úteis em diversos âmbitos da sociedade.

Porém, foi em 1991 que a realidade virtual ganhou destaque, já que a Sega anunciou um projeto de VR para seus jogos no então famoso Mega Drive.

Como resposta, a Nintendo também anunciou um projeto de VR, o Nintendo Virtual Boy, e a partir daí, a realidade virtual estava inserida na camada mais popular da sociedade, tornando-se um grande sonho a ser realizado, tanto para as empresas quanto para seus consumidores.

Mas o ápice da realidade virtual ainda estava por vir quando a Nintendo fez um investimento pesado em jogos com sensores de movimentos, inspirando suas concorrentes Sony e Microsoft a desenvolverem tecnologias similares e que mais tarde tornariam-se o que conhecemos hoje como Playstation VR e Microsoft HoloLens.

Outras soluções entraram para a corrida da realidade virtual, como o aclamado Oculus Rift, Google Daydream View e até mesmo a Valve com seu HTC Vive.

Leia também: 8 eletrônicos populares dos anos 2000

Mas, afinal, o que é VR?

A realidade virtual tem como objetivo inserir o seu usuário em um ambiente 100% virtual, onde possa-se ter o mesmo nível de interação e contato que se teria fora desse ambiente.

A imersão é completa e envolve todos os sentidos, que recebem estímulos criando assim uma pseudo realidade.

É possível interagir com todos os elementos do cenário, como personagens, animais, móveis e afins, variando de acordo com o jogo ou módulo de entretenimento escolhido. A realidade virtual pode ser acessada através de óculos de realidade virtual, chamados popularmente de VR.

Como esses óculos funcionam?

A realidade virtual funciona a partir do uso de ilusões visuais. Os dispositivos VR simulam e criam uma realidade atual a partir do uso de duas imagens diferentes, para cada olho.

A sensação tida pelo cérebro é que as duas imagens na verdade são a mesma, ou seja, o fenômeno elevado de interpolação acaba gerando um efeito contínuo no cérebro, criando a realidade virtual.

Para manter a ilusão, os óculos acompanham os movimentos de seus usuários e possuem um rápido processamento de imagens  e correção de distorção das lentes o que complementa a ilusão e resulta em uma sensação de imersão maior para o usuário.

Leia também: E-book como economizar: veja aplicativos e dicas para reduzir as despesas diárias

Tipos de óculos

As aplicações da realidade são inúmeras, mas hoje uma grande parte deles é voltada para a área de jogos e entretenimento.

Citamos aqui algumas das empresas mais famosas e seus respectivos óculos disponíveis no mercado, além de possuírem ótimos recursos de interação, podem ser adquiridos no Brasil. Confira:

Sony Playstation VR

O VR desenvolvido pela Sony é a grande aposta da empresa no mundo da realidade virtual. Para usá-lo é necessário possuir um Playstation 4, tornando o Playstation VR ideal para quem já possui o console.

Com tela de OLED e 5.7 polegadas, o Playstation VR pode exibir jogos exclusivamente em ambientes virtuais, como também jogos normais de PS4.

Além disso, a Sony possui diversas empresas que desenvolvem jogos exclusivos para seu equipamento, dando o Playstation VR a dádiva de jogos exclusivos como Gran Turismo e Until Down: Rush of Blood.

O dispositivo conta com uma câmera que captura os movimentos e dois controles que simulam os  mais diversos elementos dos jogos.

Hololens

A Microsoft Hololens atua de forma diferente de de seus concorrentes VR.

Indo para o lado de realidade aumentada, o aparelho transita entre a realidade virtual e o mundo real buscando a interação com o mesmo a partir de pontos estratégicos e selecionados pela Microsoft.

Além de jogos é possível utilizá-lo em outros ambientes como aplicativos de saúde, criação de estruturas arquitetônicas e até mesmo no ambiente profissional. A plataforma pode ser usada em uma série de ambientes e está em constante evolução, já que está sendo desenvolvido o Hololens 2.

Oculus Rift

Desenvolvido pela Oculus, o Oculus Rift tem uma história peculiar: Desenvolvido através de um movimento de levantamento de fundos para iniciar sua manufatura, o aparelho é um dos melhores encontrados no mercado.

Com um design atraente, o aparelho VR conta com um headset de alta performance e dois controles intuitivos. É possível usá-lo apenas em computadores compatíveis e em jogos, mas no site da marca é possível descobrir quais são as máquinas para utilizá-lo.

HTC Vive

Desenvolvido pela HTC em parceria com a Valve, o HTC Vive possui imersão 3D e 360º.

O sistema conta ainda com uma gama de acessórios que vão de fones a controles, para os diversos jogos e aplicativos disponíveis. Para ter acesso aos jogos é necessário acessar a SteamVr, plataforma que conta com diversos opções para o aparelho.

Além disso existem outros aplicativos que funcionam com o HTC Vive, que possui um plano de assinatura mensal ou anual que dá  acesso infinito a aplicativos, jogos e vídeos com suporta a realidade virtual.

Google Daydream View

Concebida pela Google, o Daydream View pode ser usado com smartphones de diversas marcas que utilizam o sistema android.

É possível acessar aplicativos e jogos, além de aplicativos de streaming como a Netflix. O dispositivo é um verdadeiro acessório para os smartphones, já que conta com 4 cores e a opção de trocar suas  faixas de segurança. Apesar de seu preço acessível o Google Daydream View ainda não está disponível no Brasil.

Samsung Gear VR

Seguindo a tendência da Google, o Samsung Gear VR também foi desenvolvido voltado para smartphones que usam sistema android.

O design foi feito em parceria com a Oculus, mesma desenvolvedora do RIft. O sistema conta com uma loja virtual cheia de aplicativos interativos como jogos, streamings e até mesmo uma apresentação do Cirque de Soleil. Diferente de sua concorrente, o Samsung Gear VR já está disponível no Brasil.

Magic Leap One

Diferente de outros dispositivos VR, o Magic Leap One desenvolvido pela Magic Leap, não precisa de nenhum tipo de aparelho para funcionar.

Não é necessário ter um console, smartphone ou computador para adentrar o mundo da realidade virtual. Com um hardware impressionante, o Magic Leap One é um pequeno computador ambulante, capaz de acessar diversos aplicativos, jogos e plataformas, além de possuir um modo de criação comparável com o hololens da Microsoft. Apesar de tudo, o aparelho não está disponível no Brasil.

Como você pode perceber, os dispositivos de realidade virtual tem ganhado cada dia mais espaço no dia a dia das pessoas.

Suas aplicações são enormes e perpassam por todos os âmbitos possíveis, como jogos, aplicativos de interação, criação e desenvolvimento de estruturas, ou até mesmo para momentos de entretenimento.

Além dos dispositivos citados, muitas outras empresas adentraram nesse mercado, como a Xiaomi, Multilaser e VR Box. Se você faz parte do grupo que gosta desse tipo de imersão, a realidade virtual e seus dispositivos são uma ótima pedida para adentrar neste universo.

Leia também nosso artigo sobre o Google Glass 2, o novo óculos inteligente do Google.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *