O que é PIN? Tire suas dúvidas sobre esse número aqui!

o que é PIN

Quando você adquire um novo chip, qualquer que seja a sua operadora, recebe impressas no seu cartão duas chaves particulares, chamadas de PIN e PUK. Ambas são códigos pessoais que aumentam a segurança da sua linha móvel e do seu aparelho. Porém, você sabe exatamente o que é o PIN?

Em tempos de democratização e inserção tecnológicas cada vez maiores, é natural que passemos a depositar em nossos dispositivos móveis mais e mais informações pessoais. Assim, aumenta, também, a preocupação com segurança relacionada a eles, visto que dados e arquivos privados ou sensíveis sempre estão presentes.

Apesar de essas chaves serem formas primárias de segurança, muitas vezes elas são depreciadas pelo usuário ou simplesmente esquecidas. E, caso você não saiba, o PUK é a chave que pode te salvar caso você se esqueça do seu PIN. Por isso, armazenar tais informações em um lugar seguro é uma boa ideia.

Quer saber mais sobre o assunto? Acompanhe os detalhes nesse post!

Leia mais: Como descobrir o PIN e o PUK do seu celular: veja aqui!

CONFIRA AS OPÇÕES DE PLANOS DA CLARO QUE MAIS DE ADAPTAM A VOCÊ!

Segurança em primeiro lugar

Há uma forma ainda mais vantajosa de promover segurança com relação a tal chave: trocá-la para uma senha segura, sabida somente por você, pode prevenir que você entre em apuros se algum infortúnio sobrevenha. E, sejamos honestos, não é tão difícil assim esquecermos alguma senha não utilizada constantemente.

📲A internet do seu celular acaba rápido?

Venha para a TIM e navegue à vontade!

O grande problema, então, é que muito pouca gente se preocupa com trocá-lo justamente por nem mesmo entender o que é o PIN ou pra que ele serve. Assim, a grande maioria conta com chaves-padrão, as quais são facilmente descobertas. E, entre tentativas e erros, 3636 é a mais manjada de todas, pelo menos para chips. Contudo, o PIN é dedicado também a outros serviços diversos.

Sendo um serviço de identificação pessoal geralmente numérico, o PIN é a forma de barrar intrusos tanto do seu chip quanto do seu aparelho celular. Por isso, ele é, em suma, muito mais abrangente do que você poderia imaginar, caso o visse como, somente, o código que vem no cartão do seu chip quando o adquire.

Leia também: Como consultar IMEI do celular? Veja o passo a passo!

O que é PIN?

PIN é uma chave de segurança que possibilita a sua identificação como usuário de algum tipo de serviço e protege suas informações com uma senha. A sigla representa Personal Identification Number, geralmente composto por um código numérico ou alfanumérico de no mínimo quatro dígitos.

Esse código de identificação serve para validar um login, sua forma de acessar um determinado aplicativo ou serviço, qualquer que ele seja. Ainda que não seja obrigatório em todos os momentos, algumas plataformas o solicitam de vez em quando, para que você comprove que é mesmo o usuário registrado nelas.

O melhor exemplo disso é o WhatsApp, o qual, por vezes, solicita que você insira seu PIN aleatoriamente. Há casos em que somente funciona, a situação, como um reforço para que você não o esqueça. Porém, pode ser que ele seja solicitado quando houver um comportamento estranho na aplicação. O algoritmo de solicitação é desconhecido do público, mas parece funcionar bem de maneira geral.

Ainda que o PIN mais famoso seja o do chip do seu aparelho, esse código é aquele que valida a entrada, inclusive, no seu próprio smartphone. Por exemplo, é esse sistema de barragem de intrusos que bloqueia a tela do seu aparelho. Nesse caso, o mais comum é ele ser mais extenso, com um conjunto maior de caracteres.

Vale notar, é claro, que esse sistema vem sendo rotineiramente substituído por formas mais evoluídas de bloqueio. A biometria digital é uma das mais difundidas, mas também vem sendo implementado o reconhecimento facial. Nesse caso, os smartphones mais modernos contam com sensores específicos, capazes inclusive de identificar a profundidade da imagem capturada, para realizar um mapeamento 3D do rosto.

A diferença entre PIN e PUK

Conforme já antecipamos, o PIN é o código de identificação pessoal destinado a barrar qualquer outro usuário que não seja o dono de acessar um determinado dispositivo, plataforma ou serviço. Então, o PUK também entra nesse bojo de segurança, mas se relaciona somente com o PIN dedicado ao chip da sua linha telefônica.

Quando você adquire um novo cartão SIM, ele é acompanhado por dois códigos de segurança: o PIN e o PUK. O PIN é aquele que promove a segurança primária do seu chip, e será solicitado quando houver um novo acesso, por exemplo uma troca de dispositivo, a depender do caso.

O PUK, por outro lado, funciona como uma segurança da segurança. Suponhamos, por exemplo, que depois de receber o novo chip você o tenha trocado, por considerar que o código-padrão (muitas vezes ele é o mesmo para diversos periféricos) fosse frágil. Entretanto, quando necessitado, você o tenha esquecido.

Nessa situação, entraria em cena o PUK, o qual funcionaria como um código alternativo para desbloquear o PIN incorretamente inserido e bloqueado. Ou seja, trata-se de um plano B para quem perde ou esquece o PIN original, e aí está a razão para você guardar o cartão SIM quando o adquire.

Resumindo, o PIN é a chave que você utiliza para desbloquear seu celular, realizar transações bancárias, realizar logins em aplicativos, enquanto o PUK é a alternativa que você tem para um PIN em particular: o do seu chip!

Como trocar o PIN

Se você estiver interessado em trocar o seu PIN, primeiro é preciso determinar de qual PIN você está falando.

  • PIN do seu chip

Em muitos casos, há PINs que são padrão. Por exemplo, na Claro, geralmente o código 3636 funciona.

  1. Nas configurações do seu aparelho, entre em Segurança e clique para acessar o Menu;
  2. Dentro dele, localize a opção Configurar bloqueio do SIM;
  3. Depois, coloque selecione Bloquear cartão SIM e insira o código;
  4. Na sequência, use a entrada Alterar PIN do SIM para ajustá-lo.
  • PIN do celular

Se você faz uso de um código no celular, descobri-lo em caso de perda de memória não é uma tarefa simples. Mas, algumas ferramentas podem ajudar.

O Smart Lock, por exemplo, faz com que o celular seja automaticamente desbloqueado em lugares confiáveis (essa seleção precisa ter sido ativada). Ou seja, basta ir até esse lugar para conseguir acessar seu smartphone.

Ainda, vale observar que plataformas como as da Samsung, para usuários da fabricante, permitem desbloquear o aparelho remotamente a partir de um navegador.

  1. Faça login em sua conta Samsung a partir de um navegador;
  2. Em seguida, selecione a opção Desbloquear minha tela.

Outras fabricantes ou serviços podem oferecer recursos semelhantes, entre eles o do Google e o da Apple, iCloud (Find my phone). Vale a pena tentar se você estiver empenhado!

Como recuperar o PIN e o PUK

Caso você esteja interessado em recuperar os seus códigos PIN e PUK do celular, então pode ligar para sua operadora e solicitar a informação. É comum que usuários se desfaçam do cartão que envolve o chip, por pensar que ele não tem utilidade. Por isso, essa situação é mais comum do que você imagina!

Leia mais: Como comprar celular barato? 8 dicas para encontrar aparelhos

CONFIRA OS MELHORES PLANOS DA TIM PARA O SEU CELULAR

❌Chega de ficar sem internet!

Na TIM, você navega à vontade e dispõe de uma série de benefícios exclusivos.

Se você gostou do nosso conteúdo e quer saber mais sobre tecnologiaplanos e pacotesdicas e curiosidades, acompanhe o Compara Plano. Estamos muito satisfeitos em te ver por aqui!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *