O sumiço do MSN e outros quatro programas populares

msn

Antes das redes sociais Facebook, Messenger e Instagram existiam outras redes sociais populares entre os jovens na Internet. Também havia programas que davam suporte para baixar discografias (Kazaa), interagir com pessoas desconhecidas (ICQ), fazer pesquisas na Internet (Altavista), serviam de provedor de internet (AOL) e ajudavam a conversar com amigos (MSN).

Infelizmente todos esses 5 programas perderam força e foram substituídos por outros. A seguir explicamos porque isso aconteceu.

Se você nunca ouviu falar em nenhum desses programas, fique tranquilo! Faz muito tempo que eles deixaram de ser usados e talvez você nem tivesse nascido na época em que eles fizeram sucesso.

Mas é interessante saber sobre eles porque eles foram a porta de entrada para o surgimento de inovações como o Google, o Messenger e o próprio Facebook. Além disso, garantiram a alegria dos primeiros usuários da internet.

5 programas que fizeram sucesso e foram extintos

Confira a seguir para que serviam e como eram usados 5 programas que eram favoritos até o começo dos anos 2000. Entenda também os motivos que levaram seus desenvolvedores a partir pra outra e desistir de inová-los.

MSN Messenger / Windows Live Messenger

O MSN Messenger ou Windows Live Messenger, em sua última atualização, era um dos aplicativos mais famosos para conversação. Ele era fácil de ser instalado no computador e dava oportunidade para criar várias caixas de conversas entre usuários de uma só vez. Você podia criar grupos de conversas e chamar a atenção de algum usuário caso ele não lhe respondesse instantaneamente.

Foi nessa época que surgiram os primeiros stickers animados. Eles podiam ser inseridos na conversa entre colegas. Além disso, era possível inserir emoticons na conversação.

O MSN foi praticamente o WhatsApp do passado, ele tinha todos os tipos de funções parecidas com o aplicativo que hoje é tão popular. Mas na época só dava para usá-lo no computador, pois os celulares não eram tão avançados. Demorou um pouco para que o MSN funcionasse também em aparelhos celulares.

📲A internet do seu celular acaba rápido?

Venha para a TIM e navegue à vontade!

Talvez o próprio WhatsApp tenha sido a causa da extinção do programa. Com a popularização dos smartphones e, principalmente, com os novos serviços de mensagens instantâneas móveis proporcionados pelo WhatsApp, ficou difícil competir com a velocidade de comunicação do aplicativo concorrente. Em 2012, a Microsoft, empresa responsável pelo MSN, desativou o programa.

Agora, os clientes que sentem saudades do serviço, podem aproveitar apenas o Skype, que possui a mesma funcionalidade e ainda possibilita a conversação via vídeos.

Altavista

Diferente do MSN, o Altavista foi essencial para pesquisa. Suas funcionalidades eram bem parecidas com a do  Google e demais páginas de pesquisas em internet. O site foi criado em 1994 e competiu no Brasil com outra ferramenta de busca famosa no momento: O cadê?.

Na época, o Altavista inovou por fazer buscas através do uso de robôs e de programação para identificar sites e catalogar conteúdos, recurso ultimamente utilizado pelo Google.

Como havia muita concorrência na época, o Altavista começou a perder força em 2003, quando foi comprado pelo Yahoo! Em 2013 foi a cartada final. Ele não conseguiu se manter no mercado e acabou sendo desativado de vez em 8 de julho.

A familiaridade com o Yahoo permanece. Tanto que se hoje você usar um mecanismo de busca usando o nome Altavista acabará sendo direcionado para a página Yahoo Search.

 

AOL

O AOL foi um famoso provedor de internet, para conexão de internet discada na década de 90 para 2000, via modem. Foi um produto pioneiro para conectar o mundo fora dos serviços militares e das universidades. Até então esses eram os únicos lugares possíveis para ter acesso a internet.

Junto com o discador existia a AIM, Aol Instant Messenger, uma ferramenta de mensagens instantâneas. Em dezembro de 2017,  a AIM foi desativada de vez, com o anúncio da empresa AOL no Twitter: “Todas as coisas boas chegam ao fim. Em 15 de Dezembro, nós vamos dar adeus ao AIM. Obrigado a todos os nossos usuários!”, dizia o Tweet de despedida.

Após 20 anos de uso, o anúncio da extinção do serviço AIM aconteceu devido aos novos modos que as pessoas têm se comunicado na atualidade. Serviços instantâneos como Telegram e WhatsApp acabam suprindo a necessidade de comunicação dos clientes.

Mudança de serviços

A empresa AOL não acabou, mas o player de Internet deu lugar a outros tipos de serviços oferecidos pelas variadas empresas de internet.  Hoje em dia é possível encontrar diversos provedores de internet.

A empresa foi comprada pela Verizon Media, antiga Oath, em 2015, por US$ 4,4 bilhões e, em conjunto com a empresa Yahoo!, atualizou termos e agora pode escanear e-mails dos usuários, como por exemplo os anexos em conversas via e-mail. Talvez por esse motivo, a empresa não seja mais tão segura em relação a privacidade na internet.

A AOL ainda dispõe de serviço de e-mail, que pode ser acessado aqui.

 

ICQ

Assim como o serviço AIM, o ICQ era uma ferramenta de mensagens instantâneas, com a possibilidade de conversação com usuários em grupos ou de forma individual. No Brasil, o programa lotava as lan houses.

O ICQ, assim como o AOL, não foi extinto, o aplicativo só sumiu de linha. Em 2015, a ferramenta contava com cerca de 10 milhões de usuários ou menos. Em 1996 até a época de auge, em 2001, eram 100 milhões de usuários.

Na época, cada usuário era identificado por um número ICQ e poderia interagir com pessoas que aceitassem para conversação. O login na sua conta ICQ acontecia via e-mail ou por número de celular, bem parecido com os aplicativos atuais.

O ICQ surgiu em 1996 e tem a ver com a sigla da frase I seek you (inglês/ Eu procuro Você em português). O programa foi comprado pela AOL em 1998, depois disso o serviço da AOL foi comprado por uma empresa Rússia. A empresa foi decaindo até sair de linha. Mas retornou em 2014 sendo pensada para funcionamento em celulares smartphones.

O novo ICQ

Hoje, a empresa funciona via web em um site e também pelo app para ser baixado em celulares Android e iOS. A novidade é que o ICQ possibilita para seus usuários diferentes formas de contato. A comunicação pode acontecer por mensagens de texto, chamadas por voz e vídeo, troca de arquivos, serviço SMS gratuito, criação de Stories e jogos online.

Além disso, é possível encontrar qualquer pessoa ao redor do mundo através do aplicativo. Também é possível enviar stickers para os usuários e criar salas de bate-papo. Infelizmente o aplicativo não é mais tão famoso como antigamente, e não consegue ascensão em razão da grande concorrência com o WhatsApp, Telegram, além de outros aplicativos com a mesma funcionalidade.

Kazaa

O Kazaa foi uma ferramenta famosa para baixar discografias de artistas. Hoje os serviços de streaming de músicas fazem esse papel de busca e não é necessário fazer download do conteúdo. Você pode escutar quando quiser.

A ferramenta era um torrent que fazia a relação de buscas e baixava o conteúdo com mais velocidade. O software permitia o compartilhamento de arquivos através da utilização da tecnologia P2P (arquitetura de redes de computadores, onde cada rede funciona como um servidor ou cliente, permitindo o compartilhamento de dados – músicas, vídeos, áudios, etc).

Assim, o usuário era ao mesmo tempo servidor (para baixar o arquivo) e cliente de conteúdo (disponibilizava arquivos para outros usuários baixarem). Dessa forma era possível baixar discografias inteiras de outros usuários ou inserir para download outros arquivos.

O Kazaa era um grande sistema de troca de arquivos. Nos anos 2000, o serviço foi bastante popular. Também foi alvo de problemas judiciais ao ser considerado um espaço para proliferação da pirataria.

Mas esse não era o único problema do Kazaa. O torrent trazia consigo muitos vírus. Assim, o download de arquivos e até mesmo do programa dava abertura para a instalação de um alto número de malwares.

Que fim levou o Kazaa?

O programa assim como os outros que falamos anteriormente, menos o IAM ou MSN que foram realmente desativados, ainda funciona, mas com uma diferença: agora ele é legalizado e faz a cobrança de uma taxa de 10 dólares para utilização. Tudo isso em razão dos problemas com a pirataria.

❌Chega de ficar sem internet!

Na TIM, você navega à vontade e dispõe de uma série de benefícios exclusivos.

Ainda assim, existe uma versão do programa antigo, o Kazaa lite para compartilhamento de arquivos. A grande desvantagem continua sendo os vírus que baixam junto com a instalação do programa. Se quer proteger o seu computador é melhor não arriscar.

Gostou das nossas dicas? Não deixe de visitar nosso blog. Diariamente, postamos artigos sobre tecnologia e telecomunicação para sanar sua curiosidade.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *