Microsoft: a história da empresa que revolucionou a computação

Se formos parar pensar em empresas de tecnologia, logo pensamos na Microsoft. Ela é a cara de vários programas que utilizamos em nossos computadores e, inclusive, dá nome ao sistema operacional que utilizamos: o Windows. Neste artigo, o Compara Plano traz um breve resumo sobre o surgimento da empresa Microsoft.

Tudo começou em 1975, quando a empresa foi fundada por Paul Allen e Bill Gates em junho desse ano. Já em 1980, entrou para o ramo de sistemas operacionais. Antes disso, tudo girava em torno das máquinas de escrever, pois para copiar documentos era necessário usar mimeógrafo ou papel carbono. Quem nasceu já na era do computador nem deve saber o que é isso!

Esses dois jovens acima acreditavam que o futuro seria dominado pelos microcomputadores e resolveram investir nessa tecnologia. Em 1975, Bill Gates e Paul Allen criaram a Microsoft com a ambição de criar uma empresa que colocasse um computador em cada mesa de trabalho e em cada casa. Poucas pessoas acreditavam que essa ideia daria certo. Hoje, vemos o resultado dessa ambição.

Leia mais: Os 10 melhores celulares até R$ 1.500

História da Microsoft

A história da Microsoft começou com a publicação da revista Popular Electronics, de janeiro de 1975, que trazia a divulgação do microcomputador Altair 8800, da empresa Micro Instrumentation and Telemetry Systems (MITS). Com isso, Paul percebeu que eles poderiam construir um interpretador BASIC para esse dispositivo. Assim, ele poderia ser programado por qualquer programador BASIC da época. Após isso, Gates entrou em contato com a MITS, e criaram um simulador para o Altair.

Em seguida, foi realizada a demonstração, em Albuquerque, Novo México, em março de 1975, e o interpretador funcionou perfeitamente. Já em agosto de 1977, foi realizado um novo acordo com a revista ASCII, do Japão. Assim, a companhia Microsoft teve seu primeiro  primeiro escritório internacional.

Após quase dois anos no Japão, a sede da empresa foi transferida para a cidade de Bellevue, perto de Seattle, no estado de Washington. Na década de 1980, Bill e Paul resolveram contratar Steve Balmer para fazer parte da Companhia.

Leia também: E-book como economizar: veja aplicativos e dicas para reduzir as despesas diárias

Sistemas Operacionais

Como já citamos, a Microsoft entrou no ramo de sistemas operacionais a partir de 1980 com sua própria versão do Unix, chamada Xenix, com contrato com a IBM.

A evolução do Windows

Com apoio da IBM, a Microsoft focou em um sistema operacional chamado MS-DOS (MicroSoft Disk Operating System). Esse sistema tornaria a Microsoft em um domínio sólido no mercado de sistemas operacionais, bem à frente da Apple. Além disso, esse sistema teve origem no QDOS (Quick and Dirty Operating System), negociado com a Seattle Computer Systems, em 1980.

O novo sistema operacional introduzia uma nova linguagem digital a partir de comandos específicos introduzidos ao digitar “C:” em comando. Portanto, no começo a empresa agia como se todos soubessem desses códigos, sendo dificílima a compreensão pela maior parte da população. A nova forma de linguagem operacional foi introduzida em 1983, pensada para o usuário pela Apple Lisa de Steve Jobs, e os dois inventores da Microsoft com o tempo copiariam a ideia.

O nascimento do Windows

Após a mudança da linguagem operacional com nova interface gráfica do Apple Lisa, de Steve Jobs, Bill Gates almejou aquele sistema operacional. Assim, em 1984 desenvolveu um novo sistema operacional em parceria com a IBM, o OS/2, e com isso a Microsoft lançou o Windows como uma extensão gráfica para o MS-DOS. Até hoje corre em bocas miúdas que Bill Gates copiou a interface da Apple.

Em seguida, após o decorrer de dois anos, a Microsoft mudou sua sede mais uma vez, agora para Redmond, ao norte de Seattle, no mesmo estado. Com o tempo a empresa só cresceu em ações, tornando bilionários seus empregados.

Para quem quer saber mais da história da Microsoft, pode assistir às tramas de Piratas do Vale do Silício, do diretor Martyn Burke, e o filme O Triunfo dos Nerds, disponível no Youtube, em inglês.

Quer saber mais da Microsoft? Conheça algumas curiosidades da maior empresa de sistemas operacionais do mundo.

10 curiosidades sobre a Microsoft

  1. A empresa é bastante antiga, pois tem aproximadamente 45 anos de existência.
  2. Bill Gates e Paul Allen, antes de criarem a Microsoft, criaram a Traf-O-Data, com o objetivo de usar computadores para processar informações sobre o trânsito coletadas de equipamentos instalados nas ruas de Seattle, nos EUA.
  3. Antigamente, o nome da Microsoft era hifenizado, Micro-Soft.
  4. A empresa não criou o MS-DOS. O sistema foi adquirido com o nome de 86-DOS da empresa Seattle Computer Products, que o licenciou à IBM.
  5. O QI de Bill Gates, um dos criadores da empresa, é de 160 pontos. O QI médio da população americana é de 98 pontos.
  6. Antes de casar com Bill Gates, sua esposa Melinda Gates foi gerente de marketing do Microsoft Bob. Mas, o que era isso? Um software que foi projetado para ser uma interface do Windows 3.1, e que foi fadado ao fracasso.
  7. Os funcionários da Microsoft são conhecidos como “softies”, e 70% deles são homens.
  8. A primeira versão da Microsoft Office foi projetada para o Macintosh, em 1985. Só em 1990, foi criada para o Windows.
  9. Bill Gates é acusado de copiar o sistema de linguagem operacional da Apple e ainda rolou um processo contra Mike Rowe após registrar o domínio MikeRoweSoft.com, bem parecido com a Microsoft. Após negociação, o domínio foi cedido à Microsoft.
  10. Antes de ser comprado pela Google, o YouTube foi oferecido pela Microsoft por apenas 500 dólares.

Produtos da Microsoft

Conheça abaixo alguns produtos da Microsoft:

Internet Explorer

A empresa Microsoft criou o Internet Explorer para a versão do Windows 95, e se tornou na época um dos navegadores mais usados. No entanto, hoje concorre com o Chrome e o Mozilla Firefox. E o Chrome leva bastante vantagem na disputa!

Windows Media Player

Em seguida, foi criado o Windows Media Player para ser um tocador de mídia para a versão 3.0 do Windows. Atualmente, existem outros softwares concorrentes, como o Real Player, o Winamp e o iTunes (descontinuado em versões recentes do MacOS).

Live Search

Quem não conhece o Windows Live? Com o pacote do software vem o Live Search, que é conhecido como site de busca do MSN. O produto não desbancou como o próprio MSN, ou até mesmo o Internet Explorer ou o Windows Media Player.  Afinal, todo mundo usa o Google.

Xbox

O Xbox é outro produto da Microsoft, mas esse fez bastante sucesso, e faz até hoje. Ele concorre com os aparelhos de jogos da Nintendo, da Sega e o da Sony, os PlayStations .

Conclusão sobre a Microsoft

Em resumo, a Microsoft não é a melhor empresa do momento e o Windows talvez não seja o melhor sistema operacional existente, mas é um dos mais populares. O grande problema do Windows está na acessibilidade de ataques de malwares.

Saiba como proteger seu computador do ataque de hackers:  conheça os melhores antivírus gratuitos e pagos em 2019

Então, deu para saber um pouco mais sobre a história da Microsoft? Fique atento ao que publicamos no Compara Plano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Contrate via chat