Mavic Mini: um drone para o dia a dia

O drone compacto Mavic Mini chega ao Brasil às vésperas do Natal 2019 e promete fazer parte da lista de presentes dos sonhos de muita gente. Descrito como “quase tão leve quanto um smartphone” e “um drone para todos”, o aparelho pesa apenas 249 gramas, e seu preço recomendado é de R$4.049. Ele pode realizar filmagens estáveis em até 2,7K de resolução, tirar fotos em 12 megapixels e voar por até 30 minutos sem precisar recarregar. As vendas começaram na última semana de novembro e o produto tem um ano de garantia.

Esse é o menor e mais leve drone da DJI, líder global em drones para uso no dia a dia. O Mavic Mini é um dobrável ultraleve, portátil e fácil de controlar, sendo perfeito para viagens. Segundo a DJI, ele foi projetado para garantir a segurança de todos que queiram experimentar a diversão que é voar. O drone pode atingir velocidade máxima de até 47km/h. Conta ainda com recursos de sensores visuais e planagem precisa com GPS, permitindo aterrissagens em locais fechados.

O Mavic Mini tem grande apelo para pessoas que precisam de portabilidade acima de tudo, mas não abrem mão de um produto de qualidade e com características importantes como qualidade para vídeos e fotos. Como os demais modelos Mavic, o Mini tem os “braços” dobráveis e dessa forma cabe na palma da mão quando fechado.

Saiba mais: Confira quais são os melhores drones no mercado em 2019

Sobre a fabricante

Pra quem ainda não ouviu falar da chinesa DJI, é importante saber que ela é o grande nome do mercado mundial quando se fala em drones. De acordo com um relatório de 2018, a empresa tem 74% do mercado mundial em se tratando de drones de consumo. Também se destaca no desenvolvimento de outros tipos de produtos, como sistemas de estabilização de imagem, câmeras esportivas e até robôs modulares.

A DJI ainda é líder em sistemas de segurança para drones. A partir de 2020, todos os seus novos drones com peso superior a 250 gramas trarão um sistema que detecta helicópteros e aviões, a fim de evitar acidentes com esses tipos de aeronaves. Em 2017, a DJI comprou a Hasselblad, conceituada marca de câmeras e lentes profissionais, o que mostra que a chinesa está preocupada com a evolução da qualidade da imagem captada pelos seus produtos.

O Mavic Mini foi lançado no Brasil poucos dias depois do lançamento mundial, mostrando que a DJI está de olho no forte crescimento desse mercado por aqui. Ele se baseia nas inovações tecnológicas da série de drones dobráveis Mavic da DJI, desde o original Mavic Pro, passando pelo Mavic Air e pela série Mavic 2.

 

Especificações

Confira abaixo as principais características do Mavic Mini:

  • Autonomia de voo: 30 minutos
  • Distância de controle: 4000 metros
  • Resolução de transmissão: 720p
  • Velocidade máxima: 46,8 Km/h
  • Resolução de vídeo: 2.7K 30FPS, 1080p 60FPS, 40 Mbps, 100-3200
  • Sensor da câmera: 1/2.3″ CMOS, f/2.8, 100-1600 (auto) 100-3200 (manual), 12 MP
  • Estabilização: Gimbal de 3 eixos (pitch, roll, yaw)
  • Armazenamento de dados: Micro SD de até 256GB
  • Sensores de detecção: Embaixo
  • Controle por gestos: NÃO
  • Live Stream: SIM
  • GPS: SIM
  • Tamanho guardado: 140 x 82 x 57 mm
  • Peso montado: 249 gramas
  • Extras: Novo app DJI Fly

 

Controle remoto do Mavic Mini

O controle remoto do Mavic Mini tem design simples, realizando a conexão com o drone via wi-fi e com um espaço para deixar o telefone celular e monitorar o voo pelo aplicativo da DJI Fly, disponível para Android e iOS.

O aplicativo dá aos usuários o acesso à rede social SkyPixel, na qual membros podem compartilhar suas fotos e vídeos aéreos, criando uma “galeria” de locações na hora de se inspirar para gravar.

 

Câmera do Mavic Mini

A câmera do aparelho tem um sensor de 1/2,3 polegadas, lentes com abertura f/2,8 e estabilização triaxial para tirar fotos de 12 megapixels. No caso da filmagem, ela pode ser gravada em 2,7K a 30 quadros por segundo ou Full HD a 60fps em alturas máximas de 3.000 metros.

Também é possível realizar uma gravação em vídeo em HD de até 4 km de maneira estável, proporcionada pelo estabilizador triaxial.

 

Velocidade do Mavic Mini

O Mavic Mini pode atingir velocidade máxima de até 47 km/h e conta com recursos de sensores visuais e planagem precisa com GPS, permitindo aterrisagens em locais fechados.

 

Como ativar o Mavic Mini

Para ativar o Mavic Mini, você deve conectar seu telefone celular ou dispositivo móvel ao controle remoto do drone. Faça isso baixando e instalando o aplicativo DJI Fly.

Você pode encontrar o aplicativo escaneando o QR code no site da DJI ou fazendo uma busca na Apple Store, para sistemas iOS, ou na Google Store, para celulares com Android.

Siga as instruções do aplicativo para ativar o Mavic Mini.

 

Armazenamento interno do Mavic Mini

O Mavic Mini não possui armazenamento interno. É necessário um cartão microSD para armazenar imagens e filmagens.

 

Conheça o novo aplicativo DJI Fly

O novo aplicativo DJI Fly tem um design intuitivo, simplificando a experiência de captura de conteúdo e de voo para que pilotos de todos os níveis possam aproveitar o máximo do Mavic Mini.

Tutoriais dedicados estão inclusos para ajudar novos pilotos a aprender sobre voo, e modelos de edição predefinidos adicionam um novo nível de criatividade às filmagens.

Os novos pilotos podem escolher voar em modo Posição (P) para operações básicas. Já os pilotos mais experientes podem desbloquear mais recursos no modo Esportivo (S), e os criadores de conteúdo podem escolher o modo CineSmooth (C) para aumentar o tempo de frenagem para capturas mais estáveis e filmagens mais cinematográficas.

Os pilotos também podem escolher entre vários modos de voo pré-programados conhecidos como QuickShots. Basta selecionar o modo desejado e o Mavic Mini criará conteúdos cinematográficos automaticamente:

  • Foguete (Rocket): O Mavic Mini voa direto para o céu com a câmera apontada para baixo seguindo seu alvo. Defina um limite de altura de 40, 60, 80, 100, ou 120 pés.
  • Órbita (Circle): O Mavic Mini circulará ao redor do seu alvo a uma distância e altitude constantes.
  • Dronie: O Mavic Mini voa para trás e para cima, com a câmera rastreando seu alvo. Defina um limite de altura de 40, 60, 80, 100, ou 120 pés.
  • Hélice (Helix): O Mavic Mini voa para cima e para longe, em espiral, ao redor do seu alvo. Defina um limite de altura de 40, 60, 80, 100, ou 120 pés.

 

Preço do Mavic Mini

O preço recomendando pela DJI para o Mavic Mini no Brasil é de R$4049.

Compre na Amazon: http://compre.vc/v2/17ef928a75

 

Mavic Mini tem mesma legislação que drones acima de 250g

Uma das vantagens do Mavic Mini é a possibilidade de não ser registrado em algumas regiões do mundo. Estados Unidos, Canadá, Austrália e alguns países da Europa normalmente exigem o registro de drones, mas consideram que aparelhos abaixo de 250 gramas são seguros e, portanto, não exigem o cadastro de dispositivos que se enquadram na categoria.

Contudo, no Brasil, a regulamentação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) determina que regras mais leves sejam aplicadas apenas em drones com peso máximo de decolagem de até 250 gramas.

No caso do Mavic Mini, qualquer protetor de hélice ou acessório pode aumentar o peso do dispositivo durante o voo e implicar a necessidade de cadastro, que pode ser realizado no site da agência.

Além disso, a legislação brasileira considera o Peso Máximo de Decolagem (PMD) que a aeronave não tripulada possui. O Mavic Mini, quando pronto para voar, tem peso de 249 gramas, incluindo a bateria, as hélices e o cartão microSD. Entretanto, ele consegue voar com uma carga superior a esse peso.

Isso, porque suporta outros acessórios, como protetores de hélices, por exemplo, fazendo com que o peso seja naturalmente superior a 250 gramas, e é esse o valor considerado pela nossa legislação. Esse é um ponto ainda que vai gerar muitas discussões.

 

Saiba mais: Drone da Amazon fará entregas mais rápidas nos EUA

Se você gostou do nosso conteúdo e quer saber mais sobre tecnologia, então acompanhe o Compara Plano.

mavic mini