O isolamento social da pandemia conectou o mundo

Você já se adaptou ao “novo normal”? Certamente, nesse contexto de pandemia de novo coronavírus, uma internet de qualidade virou tão prioridade como a comida na geladeira. O isolamento social imposto pelo Covid-19 tem mostrado o quanto estamos dependentes agora de plataformas online para nos conectarmos com o mundo.

Em primeiro lugar, as relações de trabalho mudaram profundamente, com prioridade ao home-office. Ou seja, trabalhar em casa segue como forte tendência para esse ano e os próximos. Em segundo lugar, a vida pessoal, tanto familiar como entre amigos e colegas, também mudou drasticamente.

Com o isolamento social, plataformas de videoconferência online como Zoom e Hangout Meet ficaram populares por permitirem a interação a distância. Também não podemos deixar de falar no WhatsApp, que a cada dia tem liberado novas funções nesse contexto de pandemia. Uma delas é a possibilidade de realizar videochamada com até oito participantes em tela.

Em outras palavras, virou uma das prioridades número um das famílias em todo o mundo poder contar com uma internet estável e seguro. Isso porque, sem esse recurso, o isolamento social pode ter impactos negativos até no emocional das pessoas. Afinal, o ser humano precisa interagir, certo?

Neste post, vamos mostrar como o isolamento mudou a vidas pessoas e também dar algumas dicas de ter uma internet de qualidade. Uma delas é pesquisar pelos planos da Claro e da TIM. Muitos deles contam utilização de apps como o WhatsApp sem descontar da franquia. Confira!

Leia também: Descubra o melhor plano de TV, internet de celular no Compara Plano

CONFIRA AS OPÇÕES DE PLANOS DA CLARO QUE MAIS DE ADAPTAM A VOCÊ!

Tecnologia é aliada contra o isolamento social

É unanimidade entre os especialistas: a pandemia do novo coronavírus e o isolamento social aceleraram a inclusão digital. Em outras palavras, as pessoas viram-se quase que forçadas a aprenderem a comunicar-se pelas plataformas tecnológicas. Em todas as classes, dois mais ricos aos mais pobres, cada qual em sua realidade, a internet virou ferramenta de sobrevivência e relacionamento.

Para pessoas do grupo de risco, por exemplo, como idosos acima de 65 anos, a inclusão digital é uma necessidade. Inclusive, é uma recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde em tempos de pandemia. Nesse contexto, a terceira idade está se habituando a dominar os smartphones, os apps de troca de mensagem e plataformas de videoconferência.

Há casos em que grupos de canto e coral, famosos por serem queridinhos dos idosos, seguirem com os encontros de forma virtual. Pelo WhatsApp, são organizadas as aulas e a cantoria acontece de forma virtual.

Essa inclusão digital também ocorre com outros tipos de públicos, como as próprias crianças e jovens. Sim, apesar dessas gerações já estarem mais ambientadas às novas tecnologias, houve momentos de muito aprendizado e adaptação às plataformas de aulas online, por exemplo. Até na educação infantil os aplicativos de videoconferência são utilizados para dar algum seguimento às atividades antes presenciais.

Leia também: Internet residencial: 7 dicas para turbinar a internet de casa

Cuidado com a dependência tecnológica

Na outra ponta da história, o isolamento social também fez com que as pessoas ficassem mais dependentes da internet para tudo. Ou seja, quanto mais tempo dentro de casa, mais fazemos compras online, reuniões pela internet, videochamadas pelo WhatsApp, assistimos filmes e séries em streamings, etc.

Uma pesquisa da Coresight Research já concluiu que as pessoas estão mais cuidadosas para fazer compras em lojas físicas com aglomerações. Com isso, preferem recorrer ao e-commerce do supermercado ao almoço, jantar, medicamentos etc. O mesmo levantamento realizado em fevereiro desse ano nos Estados Unidos apontou que 74% dos entrevistados ficariam mais distantes de shoppings em situações de piora da pandemia.

O próprio uso das redes sociais também aumentou muito durante o isolamento social. As pessoas utilizam as redes para se conectarem. A Obviously, agência de marketing digital americana, registrou acréscimo de 76% nas curtidas diárias no Instagram.

No campo do mercado de trabalho, as próprias empresas estão realizado processos seletivos para vagas essencialmente em home-office. A própria seleção é realizada completamente online. Isso sem contar nos profissionais que passaram a oferecer seus serviços pela internet com maior frequência, como psicólogos, médicos, nutricionistas e até personal trainers.

Leia também: Qual a melhor operadora para trabalhar em casa? Saiba como escolher

Isolamento social pede uma boa internet

Esse contexto de isolamento social fez com que a qualidade da internet seja fundamental para possibilitar quase que a sobrevivência completa! Não é exagero falar nesse tom, já que a web virou o caminho para mantém mesmo que parcialmente as relações humanas. Além de manter o trabalho e os insumos necessários para viver.

Para isso que tudo isso funcione, é muito importante uma internet estável, segura e, por que não, que caiba no seu bolso. Aqui no blog do Compara Plano nós já demos dicas preciosas de como turbinar a internet da sua casa sem precisar mexer no seu plano junto à operadora.

Agora, vale a pena pesquisar bastante os planos de internet fixa e móvel que mais se adaptam às suas necessidades. Para isso, o Compara Plano pode ajudar bastante. Vale também conferir as ofertas da Claro e da TIM. Para você ter uma ideia, as operadoras oferecem opções interessantes que permitem o uso de apps populares como o WhatsApp sem descontar da franquia de internet.

Leia também: Confira cinco tendência do setor de telecom para 2020

Que tal aproveitar o momento para aprender um hobby?

O isolamento social também impôs a algumas pessoas mais tempo livre dentro das suas casas. Ou seja, o tempo perdido com deslocamento ao trabalho, por exemplo, agora pode ser revertido em outra atividade. Então, por que não aproveitar o momento e o conforto do lar para aprender novas habilidades.

Para você ter uma ideia, o Youtube é um exímio professor. Confira abaixo alguns canais interessantes para buscar aprendizado de novos hobbies nessa pandemia.

  • Ioga e meditação – Canais como o Viva Bem e o Pri Leite Yoga oferecem práticas de meditação com vídeos explicativos de muita qualidade. Vale a pena conferir, relaxar e jogar fora o estresse;
  • Exercício físico – em tempos de isolamento social, não podemos descuidar da saúde. É preciso praticar exercícios físicos dentro de casa. No canal Exercício em Casa você confere várias dicas de como fazer isso.
  • Culinária – que tal aprender definitivamente a cozinhar? Agora é o momento. Canais como Bem na Cozinha e Lívia Zaruty Network são boas pedidas para se preparar para surpreender os amigos quando a pandemia acabar;
  • Jardinagem e paisagismo – se você tem o privilégio de morar em casa, então aproveite para cuidar do seu próprio jardim. Acesse canais como Vida no Jardim ou o canal da Carol Costa para aprender como fazer;
  • Finanças – temos de pandemia e isolamento social também servem para economizar dinheiro. E por que não saber investir melhor? Canais como o do Gustavo Cerbasi podem ajudar nessa orientação.

Leia também: Conheça novos e incríveis apps para Android em 2020

CONFIRA OS MELHORES PLANOS DA TIM PARA O SEU CELULAR

Isolamento social: o “novo normal”

Agora que você já conhece as séries que bombaram na Netflix esse ano, que tal conferir o passo a passo de como conectar o seu celular na TV?

Se você gostou do nosso conteúdo e quer saber mais sobre tecnologia, planos e pacotes, dicas e curiosidades, acompanhe o Compara Plano. Estamos muito satisfeitos em te ver por aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Contrate via chat