Iphone sem carregador? Veja como será a tecnologia

Parem as máquinas: o iPhone 12 está a caminho. O segundo semestre de 2020 é de grande espera pelos novos modelos de smartphone da Apple. E o iPhone 12 é um deles, entre outros modelos. No entanto, uma das mudanças adiantadas pelo analista Ming-Chi Kuo causou polêmica nas últimas semanas. Segundo Kuo, a empresa deverá lançar o iPhone 12 sem carregador.

O rumor já existia desde o começo do ano, quando também especulou-se a venda do celular sem os fones de ouvido na caixa. Em outras palavras, é uma tecnologia totalmente nova no mundo dos smartphones e que já está gerando ansiedade.

Neste artigo você vai saber mais sobre a venda do iPhone 12 sem carregador e sem fones de ouvido, o motivo por trás da decisão da Apple e mais novidades sobre os novos smartphones da empresa, que devem trazer uma tela de 120 Hz, alterações no design e uma ficha técnica mais robusta — como o iOS 14, atualização mais recente do sistema operacional.

Confira!

Leia também: iPhone de 2021 chegará ao mercado sem fio algum

CONFIRA AS OPÇÕES DE PLANOS DA CLARO QUE MAIS DE ADAPTAM A VOCÊ!

Menos acessórios na caixa

Ming-Chi Kuo ficou conhecido no mercado mobile por suas previsões certeiras, em especial quanto às novidades da Apple. A credibilidade do analista cresceu ao longo dos anos depois do reconhecimento pelas próprias empresas. A Apple chegou a mencioná-lo em artigos oficiais em seu blog, fazendo de Kuo uma das fontes mais confiáveis para antecipar lançamentos no mercado.

Em maio deste ano, Ming-Chi Kuo divulgou que a Apple pretende remover os fones de ouvido das caixas dos seus próximos celulares. No lugar, a companhia deve apostar em uma promoção para os AirPods, fones sem fio produzidos pela empresa.

Desde 2007, com o lançamento do primeiro iPhone, a Apple oferece o fone de ouvido em conjunto com o celular. Contudo, em 2018 já havia sido retirado das caixas o adaptador para o acessório.

Leia também: O melhor fone de ouvido bluetooth

Preço dos fones de ouvido da Apple no Brasil

  • AirPod Pro – R$ 2.249,00
  • AirPods com estojo de recarga sem fio – R$ 1.679,00
  • AirPods com estojo de recarga – R$ 1.349,00
  • Fones de ouvido com conector Lightning – R$ 249,00
  • Fones de ouvido com conector P2 – R$ 249,00
  • Adaptador para fones de ouvido P2 – R$ 79,00

A remoção dos fones de ouvido da caixa do iPhone 12 é uma das medidas para baixar o custo final do aparelho. No entanto, o preço final pode acabar saindo bem caro para clientes que não possuem os acessórios.

Isso porque, além dos fones de ouvido, Ming-Chi Kuo voltou a anunciar mudanças na caixa do futuro smartphone. Em junho, o analista divulgou o plano da Apple de vender o iPhone 12 sem carregador. De acordo com Kuo, o novo aparelho virá apenas acompanhado do cabo USB, o que ainda permite carregá-lo em computadores.

Na loja oficial da Apple no Brasil, o carregador de parede de 5 watts está a venda por R$ 149. Porém, ainda é esperado o lançamento de um novo carregador com capacidade de 20 watts que atingiria recargas muito mais rápidas.

A análise de Kuo é de que a decisão de remover os acessórios passa por uma escolha da empresa para vender o iPhone 12 na mesma faixa do seu antecessor, que no Brasil pode ser encontrado a partir de R$ 4.999.
Ainda segundo as previsões de Ming-Chi Kuo, o iPhone SE 2020 também será afetado pela mudança e deverá chegar ao mercado sem carregador. A alteração não vale para os futuros modelos do iPad, que continuará acompanhado do acessório.

O que esperar do iPhone 12

Sobre o lançamento do iPhone 12, vale começar com a pergunta: quando? Tradicionalmente, a Apple realiza o seu evento de lançamentos voltados para o mercado mobile no mês de setembro. Porém, a empresa cogita a possibilidade de deixar o evento para outubro.

Segundo a agência Bloomberg, o motivo do atraso estaria ligado à pandemia da Covid-19 enfrentada pelo mundo todo. Para o site Digitimes, a razão seriam problemas enfrentados pela empresa durante os testes para a tecnologia 5G.

Por falar em 5G, muitas pessoas especulavam um aumento significativo nos preços dos smartphones devido à compatibilidade com a quinta geração de internet. No entanto, como já mencionado acima, a empresa estaria reunindo esforços para manter os valores próximos ao que foi o lançamento do iPhone 11.

De acordo com o analista Jon Prosser, os preços vão iniciar em U$ 649 dólares. Resta saber por quanto eles serão vendidos nas lojas e site da Apple por aqui.

Mudanças no sistema operacional

Quanto às novidades do aparelho, podemos esperar mudanças sutis no design/tela e mudanças mais drásticas no sistema operacional: o iOS 14. Saudosistas do iPhone com tela pequena podem ficar contentes. O modelo mais barato terá 5,4 polegadas. Os demais apresentarão telas de 6,1 e 6,7 polegadas.

Quanto ao espaço que a tela ocupará na parte frontal, as especulações ainda são contraditórias. Espera-se redução no notch e nas laterais, ganhando espaço de tela, mas não é consenso entre analistas da área. O visual arredondado também poderá dar espaço para cantos mais quadrados e uma nova cor da parte traseira estará disponível: azul-marinho.

Leia também: Saiba por que a internet 5G é uma nova revolução

CONFIRA OS MELHORES PLANOS DA TIM PARA O SEU CELULAR

O que há de novo no iOS 14, que virá com o iPhone sem carregador

O novo iPhone 12 já virá com a mais nova versão do sistema operacional da Apple, o iOS 14, que também ficará disponível para atualização em uma série de modelos antigos. Com interface nova e mais funcionalidades, o iOS 14 tem sido um dos pontos de maior discussão entre os fãs da marca.

Alguns apontam semelhanças com o sistema Android, principalmente quanto aos widgets, o que pode ser um ponto positivo para quem reivindica a função há anos ou um ponto negativo para os mais conservadores.

Abaixo você confere uma breve lista com as três principais mudanças já anunciadas pela Apple e que podemos esperar para o iOS 14:

  • Siri atualizada: A assistente virtual do iPhone virá mais responsiva e inteligente. Não será necessário, por exemplo, encerrar aplicações para utilizar a Siri. Ela também está presente no app Translate, uma ferramenta de tradução simultânea que aceita comandos de voz e é compatível com 11 línguas – entre elas o português.
  • PiP: O recurso Picture in Picture (PiP) traz ao iOS 14 a possibilidade do usuário utilizar aplicativos enquanto realiza ligações pelo celular, faz chamadas de vídeo em aplicativos ou até assiste vídeos no YouTube, por exemplo. Um espaço na parte superior mostra a chamada/vídeo enquanto o restante da tela fica livre para navegação.
  • Widgets: Um widget nada mais é do que uma breve amostra de um aplicativo que fica disponível na tela inicial do seu celular com a principal função daquele software podendo ser acessada de forma rápida. Com os widgets do iOS 14, a tela principal do iPhone terá mais alternativas de personalização em diferentes formatos. Além disso, a função Smart Stack permite que você programe a visualização dos seus widgets de acordo com locais, atividades e momentos do dia.

Leia também: Saiba como ocultar aplicativos no celular

iPhone sem carregador: o futuro chegou

E você, o que achou da estratégia da Apple em vender o iPhone 12 sem carregador? Fique de olho em nosso blog para mais conteúdos como esse. Aqui no Compara Plano você encontra novos artigos diariamente com dicas, notícias e novidades sobre o mundo da tecnologia.

Além disso, as melhores análises de planos e pacotes das operadoras de telefonia móvel, telefonia fixa, TV por assinatura e banda larga estão aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Contrate via chat