Internet lenta? Veja 7 dicas para resolver o problema

internet lenta

Uma conexão de internet lenta e instável pode gerar muitos transtornos, além de ser extremamente estressante lidar com a demora para as páginas carregarem.

Diversos fatores podem estar causando ou contribuindo para que sua internet não esteja operando na velocidade que deveria.

Separamos para você neste artigo alguns dos principais motivos que podem estar causando problemas na sua conexão de rede. Veja também o que você deve fazer para resolvê-los.

Leia também: Aprenda como atualizar o Android para a nova versão

Passo a passo para resolver o problema de internet lenta

1 – Reinicie o seu modem

Pode parecer uma sugestão banal, e talvez você já tenha até desconfiado do atendente da sua operadora caso ele tenha perguntado se o modem foi reiniciado. No entanto, ligar e desligar o aparelho pode, de fato, melhorar a velocidade da sua conexão.

Pense que quando trabalhamos por muitas horas sem descansar vamos ficando cansados aos poucos. É semelhante com a tecnologia. Um modem ligado por muito tempo pode ficar sobrecarregado. Assim, acumula problemas de sinal – como picos de energia -, deixando assim a sua internet lenta. Esse é um exemplo de problema que, para solucionar, basta reiniciar o aparelho.

Uma dica útil para evitar essa situação é deixar o aparelho desligado em períodos longos. Como, por exemplo, durante viagens em família.

📲A internet do seu celular acaba rápido?

Venha para a TIM e navegue à vontade!

2 – Melhore a posição do seu roteador

Posicionar o seu roteador de uma forma adequada é essencial para evitar lentidão, internet oscilando e outras falhas de conexão. Confira essa breve lista de como melhorar a posição do seu roteador e solucionar o problema da internet lenta:

  • Primeiramente, é importante que o roteador esteja num ponto médio em relação aos dispositivos que irão captar o sinal de internet. A não ser que você pretenda utilizar sua internet a maior parte do tempo em um mesmo cômodo, o ideal é que o seu roteador esteja em um ambiente central
  • Locais elevados facilitam a transmissão de internet sem fio. Um móvel alto ou preso junto ao teto pode ser uma boa opção para posicionar seu roteador.
  • Muitas barreiras entre o roteador e os aparelhos que recebem o sinal de internet podem prejudicar a sua conexão e deixar sua internet lenta. Objetos metálicos estão entre os principais inimigos do seu sinal de internet devido a seu alto potencial de interferência.

3 – Defina ou altere a senha do seu Wi-Fi

Quanto mais dispositivos estiverem conectados a sua internet Wi-Fi, mais lenta será a sua conexão de internet. Se o seu sinal wireless estiver aberto – isto é, sem uma senha definida – é muito provável que essa seja a causa de lentidão na sua conexão. Isso porque desta forma qualquer pessoa que estiver em localização próxima poderá conectar com a sua internet.

Uma sequência muito óbvia também pode facilitar que outras pessoas tenham acesso ao seu sinal. Por isso, garanta a segurança e funcionamento da sua conexão sem fio mantendo sempre uma senha segura. Experimente também redefini-la com uma certa regularidade.

4- Tenha cuidado com vírus

Os vírus de computador estão entre os principais causadores de internet lenta. Por isso, tome cuidado com propagandas invasivas e links suspeitos que você recebe por e-mail. Para além do inconveniente momentâneo, esses links e propagandas podem estar carregando vírus para o seu computador, tablet e celular.

Dispositivos que estão infectados por spywares, trojans e vírus no geral com frequência apresentarão, entre outros problemas, instabilidade na conexão e uma internet lenta. Mantenha sempre um antivírus instalado e atualizado nos seus aparelhos e preserve não apenas a velocidade da sua internet, mas também a sua segurança e dos seus dados.

5- Compare com outros dispositivos

É possível que o seu problema de internet lenta na realidade seja alguma falha do seu celular ou computador. Para descartar esta possibilidade, compare a velocidade da conexão com algum outro dispositivo ligado ao mesmo sinal de rede. Se o problema for de hardware, ou seja, com o seu aparelho físico, busque uma assistência técnica especializada.

Além de uma falha de hardware, você também pode estar forçando seu dispositivo a operar de uma maneira sobrecarregada. Sejam programas no computador ou aplicativos no celular, é comum esquecermos múltiplas tarefas em segundo plano.

Checar e fechar programas que estão abertos sem necessidade pode te ajudar com problemas de lentidão tanto na sua conexão quanto na memória RAM e no funcionamento em geral do seu aparelho.

Se estiver em um computador Windows, por exemplo, tecle “ctrl” + “alt” + “del”, selecione “gerenciador de tarefas” e veja as aplicações que estão abertas. Em seu celular, crie o hábito de verificar quais aplicativos estão rodando ao mesmo tempo e encerrar aqueles que estão em segundo plano.

6 – Preste atenção nos downloads

A transferência de arquivos da internet para o seu computador/celular é uma atividade que consome uma grande quantidade de banda. Se qualquer aparelho conectado à internet estiver realizando downloads por meio de algum programa em torrent, por exemplo, é natural que a sua conexão fique mais lenta.

O ideal é deixar para realizar downloads durante a noite ou em momentos que poucas pessoas precisam daquela conexão de rede.

7 – Faça um teste de velocidade

Você já ouviu falar em velocímetro para medir conexão de internet? Existem sites que fazem esse trabalho, possibilitando que você compare a velocidade real da sua rede com o pacote oferecido pela sua operadora. Os velocímetros se valem de critérios como velocidade de upload e download para determinar a potência da sua conexão de rede.

Primeiramente, confirme com a central de atendimento ou busque no site da sua operadora qual exatamente é o seu plano. Com essa informação em mãos, acesse um site para testar sua conexão.

Testando sua conexão com o Speed Test

O Speed Test é um dos sites mais utilizados para medição de velocidade de internet. Com ele você calcula a velocidade da conexão do seu computador ou celular. Assim, pode verificar se está usufruindo da mesma quantidade de “Mega” pela qual está pagando.

Além disso, existe uma versão mobile do Speed Test. Por meio do aplicativo é possível medir o 3G, o 4G ou a conexão Wi-Fi. O app apresenta ainda relatórios, gráficos comparativos com outras operadoras e um mapa da cobertura da sua operadora.

Dica: O Speed Test ainda possui uma extensão para instalar no seu navegador Google Chrome. Dessa forma, você pode realizar testes constantes e acompanhar o histórico de estabilidade da sua sua conexão.

Velocidade mínima

Após realizar o teste, se você verificar que a sua velocidade de internet está abaixo do que o seu pacote contratado promete, entre em contato e reporte a situação para a sua operadora.

De acordo com exigência da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), desde o final de 2014 as provedoras têm por obrigação legal garantir uma média mensal de velocidade de ao menos 80% do pacote contratado. Ou seja, se você paga por uma conexão de 10 Mbps (Megabits por segundo), a média mensal de velocidade que a operadora precisa entregar é de, no mínimo, 8 Mbps.

Além disso, a velocidade instantânea – isto é, medida a qualquer momento do mês – não pode ser inferior a 40%. No mesmo exemplo, caso o velocímetro apontasse uma conexão menor do que 4 Mbps a sua operadora estará irregular.

A Anatel também possui um aplicativo com velocímetro em parceria com a EAQ (Entidade Aferidora de Qualidade de Banda Larga).

❌Chega de ficar sem internet!

Na TIM, você navega à vontade e dispõe de uma série de benefícios exclusivos.

Confira outras notícias e tutoriais relacionados a tecnologia no blog do Compara Plano.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *