Instabilidade internet: saiba as razões e como resolver

instabilidade internet

Quem usa muito a internet sabe como irrita uma má conexão. Atualmente dependemos muito do recurso e nosso bom humor até mesmo acaba com a instabilidade na internet. Mas você sabe qual a causa disso? A verdade é que existem muitas razões e formas de contornar a situação.

Porém, dificilmente é uma coisa só. É mais comum o problema aparecer quando um monte de questões se juntam e dificultam o acesso à uma boa banda larga. Ainda assim, identificar os principais pontos é primordial para começar a resolver a situação.

Por isso, vamos entender as causas da instabilidade e como resolver cada caso. Ainda assim, verifique constantemente a qualidade com a sua operadora. E, claro, tenha um bom plano. Quer resolver a questão? Dá uma olhada no nosso texto a seguir!

Leia também: Notebook fazendo barulho: entenda o que pode ser a causa

Instabilidade na internet: principais causas

1 – Qualidade do roteador e cabos

Uma coisa importante de notar quanto à instabilidade da internet é se o roteador já não está ultrapassado ou se os cabos ainda estão em bom estado. No primeiro caso, o aparelho costuma perder a qualidade conforme vai ficando mais velho, até se tornar obsoleto. Assim, quando não mudamos com certa frequência, a internet costuma dar umas falhadas.

Com os cabos a ideia é mais ou menos a mesma. Se eles estiverem mal colocados ou muito desgastados irão comprometer o acesso à rede. Por isso, é importante fazer a manutenção com frequência e trocar os aparelhos, conforme o tempo passa.

Mas, pra isso consulte a operadora e os técnicos. São eles que devem te orientar quanto a isso. Não é bom fazer nada por conta. Isso pode até piorar o problema.

2 – Velocidade da internet

Uma das principais causas da instabilidade na internet é a velocidade baixa de conexão. Caso esteja muito lenta, acaba influenciando na instabilidade e ficando bem mais difícil de entrar e aproveitar os recursos da web.

A boa notícia é que existem aplicativos e até mesmo alguns sites para testar a conexão da internet e ver se você está recebendo o equivalente ao contratado. Sites como o SpeedTest e o Fast.com são ótimas opções. Eles vão verificar a qualidade de download e upload e a latência da rede.

Porém, deve-se ficar atento a um detalhe bem importante: a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) determina que as operadoras disponibilizem pelo menos 40% da velocidade contratada. Com isso, se a internet estiver neste limite, está cumprindo a lei.

3 – Local do roteador

Pouca gente sabe, mas onde você coloca o roteador influencia e muito a qualidade e estabilidade da conexão. Dependendo de onde estiver, o aparelho pode receber interferência de outros eletrônicos e ter dificuldade de propagar o sinal de internet, por causa de barreiras físicas.

Sim, muitas paredes, vidros e portas dificultam a qualidade da web. Assim, é bem legal deixar o roteador num local com muito convívio, tipo a sala de estar.  Uma dica: se possível, deixe ele numa parte alta, isso ajuda o sinal a ser melhor captado.

4 – Muitos dispositivos ao mesmo tempo

Falamos sobre interferência de outros aparelhos e essa lógica se aplica até mesmo para smartphones e computadores. Pense o seguinte: se tiver muitos dispositivos conectados à mesma rede, ela vai ficar sobrecarregada, não é?

A lógica é bem fácil de entender e resolver esta questão pode diminuir a instabilidade da internet. Logo, opte por ter apenas alguns aparelhos conectados a todo o momento na sua rede. Hoje em dia, muita coisa usa a internet, desde celulares à SmartTV’s e até mesmo geladeiras, dependendo do modelo.

A nossa dica é: use o bom senso. Precisa de uma TV conectada à internet a todo o momento? O seu computador necessita usar a internet, mesmo podendo fazer tudo pelo smartphone? Use com cuidado!

5 – Rede desprotegida

Ah, este item complementa o anterior. Veja bem, na sua casa, você consegue ter noção de quantos aparelhos utilizam a rede. Mas você sabe se alguém de fora, tipo um vizinho, não está usando a internet? Se for o caso, é mais um item que contribui com o problema.

Por isso, é preciso proteger a rede com uma boa senha. Atualmente as operadores deixam colocar senha por meio de app. Com isso, tá bem mais fácil melhorar a segurança. Além do mais, não use o seu nome ou sobrenome para identificar a sua internet. Isto afasta pessoas com más intenções.

6 – Problemas com a operadora

Verificou tudo isso e não ajudou? Não tem jeito, fala com a sua operadora. Expõe a situação e peça para verificarem a qualidade da conexão. É comum acontecer problemas numa região específica, por questões de cabos nos postes ou algo assim.

Além disso, veja se não vale a pena optar por um plano melhor. Uma fibra ótica, por exemplo, vai melhorar a estabilidade e velocidade da banda larga.

Saiba mais: Senha do roteador TP Link: veja como configurar e se proteger

📲A internet do seu celular acaba rápido?

Venha para a TIM e navegue à vontade!

Instabilidade na internet: como resolver o problema?

São muitos itens, mas nada impossível de resolver. Agora é só identificar e aplicar as soluções. Gostou do texto? Continue acompanhando o blog do Compara Plano e não perca conteúdos e dicas excelentes pro seu dia a dia.

O que você achou disso?

❌Chega de ficar sem internet!

Na TIM, você navega à vontade e dispõe de uma série de benefícios exclusivos.

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.