Saiba tudo sobre Huawei Mate 30 Pro

A tecnologia está evoluindo num ritmo muito acelerado. Há 8 anos, ninguém imaginava que teríamos internet nos celulares. Hoje, é quase impossível encontrar alguém que não tenha esses, e outros, itens básicos no aparelho. Para completar, há cada vez mais modelos diferentes de smartphones lançados. Por isso, agora você vai conhecer o Huawei Mate 30 Pro.

A Huawei é uma empresa de celulares relativamente nova aqui no Brasil. Mas, calma! Vamos te passar a ficha completa do Huawei Mate 30 Pro. Assim, você saberá todas as especificidades desse modelo e outras notícias da marca no país. Confira!

Huawei Mate 30 Pro

Não foi à toa que o Huawei Mate 30 Pro foi considerado o celular com a melhor câmera em 2019 pelo site DxOMark. O aparelho recebeu 131 pontos, sendo cinco a mais que o Galaxy Note 10. Suas imagens podem ser definidas como bem estáticas, com textura e sem ruídos. Afinal, ele possui quatro câmeras na parte traseira.

A câmera principal é de 40 MP com abertura f/1.6, uma lente ultra wide com a mesma resolução e f/1.8, uma de 8 MP com uma lente teleobjetiva zoom óptico de 3x f/2.4. A quarta trata-se de um sensor de 3D, para deixar suas fotos com profundidade de campo, além de possuir o efeito boken. Vale dizer que todas as lentes são produzidas pela Leica, uma das melhores fabricantes do segmento.

Com isso, é possível gravar vídeos em 4K, com resolução e qualidade melhores que qualquer outro concorrente. Além disso, o celular conta com duas câmeras frontais. Uma com 32 MP e abertura de f/2.0, e a outra 3D para usar Modo Retrato e tirar selfies melhores.

Não há muita competição nesse quesito. Essa é com certeza a principal característica de diferenciação desse modelo em comparação a seus concorrentes.

O Huawei Mate 30 Pro tem uma tela AMOLED de 6,53 polegadas e resolução full HD, se estendendo para as laterais do celular. Essa extensão é bem maior que a que o Galaxy Note 10 oferece. Ele também não apresenta nenhum botão, e o volume é controlado por gestos. 

Tem tecnologia LTE 4G, para que você não tenha problemas em fazer transferências de dados e usar a internet. Conta com leitor multimídia, bluetooth, conexão Wi-Fi e GPS.

Especificações

O aparelho conta com um excelente processador Kirin 990, chip octa-core com velocidade de até 2,1 GHz, e a memória RAM de 8 GB. Assim, promete um desempenho 40% melhor. Além disso, o armazenamento interno é de 256 GB, com possibilidade de expansão com um cartão de memória.

Então, se você é uma pessoa que utiliza muito o celular para jogos, pode ficar tranquilo. Essas especificações garantem os melhores gráficos, sem lentidão. E a bateria, de 4.500 mAh, promete garantir duração por muitas horas, além de ter tecnologia SuperCharge de 40 W, para que o carregamento seja rápido.

Promete ser 40% mais rápido que os outros modelos da Huawei. O celular possui resfriamento por grafeno, sendo mais econômico e veloz, outra característica que põe o Huawei Mate 30 Pro como um dos mais avançados. 

Além disso, ele tem carregamento reverso, podendo ser usado para carregar outros dispositivos, como fones de ouvidos ou computadores.

Tem leitor de impressão digital sob a tela. Com 8.8 milímetros, e com acabamento metalizado, pode ser comprado nas cores verde, preto, prata e roxo. Por fim, conta com uma proteção Gorilla Glass 6, sendo bem resistente a quedas, água ou poeiras.

Anunciado no segundo semestre de 2019, esse modelo ainda não tem data para chegar às lojas brasileiras. E o preço? Deve ficar na faixa dos R$ 5.000 ou R$ 6.000.

Huawei Mate 30

A empresa também vai lançar o Huawei Mate 30, com data prevista para o segundo semestre de 2019. Ele vem com o mesmo processador Kirin 990, com 5G integrado, superando muitos modelos novos.

Tem tela de 6.6 polegadas e resolução FHD+. Além disso, esse aparelho tem certificação IP53. Já para as câmeras, o Huawei Mate 30 deve apresentar três traseiras: sendo uma de 40 MP com f/1.8 e com estabilização ótica, para ter fotos melhores; a segunda é uma de 16 MP, f/2.2; e a terceira é de 8 MP, f/2.4. 

Já na parte frontal, o celular apresenta câmera de 24 MP, com zoom óptico de 3x, híbrido de 5x e zoom digital de 30x. O aparelho conta ainda com sensor para ter um foco melhor.

Com relação ao armazenamento, esse modelo promete ser igual o Huawei Mate 30 Pro, com 128 GB, e 6 ou 8 GB de RAM. A bateria será de 4200 mAh, também com carregamento com ou sem fio.

Huawei Mate 30 Pro e Android

Apesar de o Huawei Mate 30 Pro vir com o modelo Android 10 de fábrica, ele não terá acesso à Play Store, nem aos aplicativos do Google. Isso se deve ao fato de haver alguns desentendimentos entre a marca e o governo norte-americano. A empresa é alvo de sanção imposta pelos Estados Unidos.

O Android será baseado num programa que disponibiliza uma versão em código aberto do sistema, com uma interface EMUI 10.  Porém, ele não consegue trazer os aplicativos Google, como o Gmail, Fotos e o Drive.

Agravando ainda mais a situação, normalmente os celulares que possuem o Android passam por uma série de testes e recebem o selo do SafetyNet. E, infelizmente, o Huawei Mate 30 Pro foi um dos smartphones que não passaram por essa certificação.

Isso porque o Google tirou seus aplicativos – aqueles que você pode baixar pela PlayStore – do modelo. Esse fato acarreta ter alguns apps ou funções do aparelho que podem parar de funcionar. Mas a Huawei virá com a Huawei AppGallery.

Alguns usuários chegaram a baixar a PlayStore por meio do LZPlay, tanto que existiam vídeos e tutoriais na internet ensinando como fazer. Uma vez que esse aplicativo usava brechas no sistema Android, conseguia burlar algumas normas para que o usuário tivesse acesso ao sistema operacional do Google. Porém, depois que foi descoberto esse esquema, os donos da LZPlay deletaram todas as contas que a tinham.

Ainda há quem acredite que o governo americano irá flexibilizar esse embargo. Mesmo estando num momento de trégua na guerra do comércio internacional, a situação para o Huawei Mate 30 Pro, assim como para os outros modelos da marca, ainda é indefinida.

Huawei e o mercado

Segunda a própria empresa, em 2018, as vendas dos smartphones da marca cresceram 30% em todo o mundo. Dessa forma, ela já ultrapassou a Apple, se tornando a segunda maior fabricante de celulares. Perdendo só para a Samsung.

Como o Brasil e os Estados Unidos são um dos maiores mercados de celulares – e, como vimos, com os EUA a situação está difícil -, a Huawei resolveu focar no nosso país.

Mas, para chegar às lojas brasileiras, os celulares da Huawei só virão como importação. E, para aliviar essa situação, eles esperam criar aqui com alguns parceiros comerciais, como tentaram fazer com a Positivo. Porém, o acordo não foi para frente.

A Huawei, que foi fundada em 1988, realiza pesquisa e desenvolvimento para equipamentos de telecomunicação, além de alguns serviços especializados para operadores. Aqui no Brasil, ela patrocina times de futebol como o Santos, por exemplo.

Entre 2013 e 2014, a marca fabricou alguns celulares no nosso país, mas não foi o suficiente para colocá-la entre os mais vendidos. Mesmo assim, em 2018, teve uma receita de aproximadamente US$ 1 bilhão no mercado brasileiro. 

Teremos que aguardar para ver o que irá acontecer com o Huawei Mate 30 Pro no Brasil e no mundo, pelo embargo dos Estados Unidos. Mesmo assim, os méritos da empresa são grandes por lançar um celular com especificações tão boas.

Continue acompanhando o nosso blog para saber de mais novidades e dicas de celulares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Contrate via chat