Nova linha Galaxy A 2020 que chega com câmeras de até quatro lentes

Os novos lançamentos de smartphones já estão sendo anunciados desde o final de 2019. E foi quando a Samsung divulgou a nova linha Galaxy A 2020, trazendo muito mais inovação em modelos intermediários, que cabem no bolso.

Por isso, agora você vai conhecer a nova linha Galaxy A 2020, com câmeras triplas nos modelos de entrada e, nos modelos mais avançados, até 4 lentes. Além disso, conheça mais sobre esses aparelhos, com suas fichas técnicas completas.

Leia mais: Conheça o Galaxy Fold, o smartphone dobrável da Samsung!

Nova linha Galaxy A 2020 

A Samsung solicitou o registro no EUIPO (Instituto de Propriedade Intelectual da União Europeia) de 9 aparelhos: Samsung Galaxy A11, A21, A31(mais básicos), A41, A51, A61 (smartphones intermediários), A71, A81 e Galaxy A91 (intermediários premium).

E, num evento em dezembro de 2019, divulgou que seriam lançados todos esses modelos em 2020, repetindo o mesmo processo de 2018, quando a marca divulgou a linha Galaxy A 2019. Então, essa nova (com 1 no fim) será a sucessora da linha antiga (com 0). 

Em alguns países estrangeiros, já começou a venda de uns celulares dessa linha. Por isso, já sabemos sobre as características de alguns modelos. Por exemplo, a partir do Galaxy 31, todos têm 128GB de armazenamento interno.

Trata-se de um enorme avanço quando comparado com os outros modelos do Galaxy A 2019. Esses tinham no máximo 32GB, mostrando uma grande evolução nesses novos modelos. Mas, já temos muitos outros pontos, os quais vamos descrever abaixo. Confira.

A volta da linha Galaxy A

Essa é a linha da Samsung para modelos intermediários. Ou seja, aqueles que entregam ótimas funções, mas não são muito caros. Então, são excelentes para quem precisa de um celular bom, mas sabe que o preço influencia muito na decisão.

Segundo a Samsung, essa nova linha Galaxy A 2020 será focada para a geração Z, ou seja, para aqueles nascidos nos anos 90. Isso porque, segundo estudos feitos pela própria empresa, são essas pessoas que responderão por mais de 40% do mercado de telefonia móvel na próxima década.

Complementando esse estudo de mercado, a empresa percebeu que a “era da selfie” acabou, dando espaço para a “era da live”. Então, por esse motivo, os celulares de hoje têm que ser voltados para as câmeras, para os vídeos. Estima-se que até 2021 os vídeos ao vivo aumentarão em 870%, representando 78% de todo tráfego da internet.

Galaxy A 2020: foco nas câmeras

Como mostrado na pesquisa da Samsung, hoje os celulares são – entre outras funções – para gravar vídeos e fazer lives. Por conta disso, a marca focou tanto na qualidade das câmeras de seus novos aparelhos.

A linha Galaxy A 2020 traz smartphones com três ou quatro câmeras traseiras e mais uma frontal, todas com muita qualidade, para que assim as gravações sejam profissionais mesmo quando você só está fazendo um vídeo por diversão.

Além disso, a linha traz recursos considerados de celulares premium, como o leitor de digital. E, tudo isso, por um preço bem mais acessível do que o dos modelos premium.

Os conjuntos de câmeras dos aparelhos Galaxy A 2020 trazem funções de ultrawide, lentes teleobjetivas, sensor de profundidade, entre outros. Na parte traseira, as lentes ficam alinhadas uma em cima da outra. E, para os modelos que possuem 4, essa última fica na mesma linha horizontal que a lente 3, formando um L. 

Já na parte da frente, eles possuem um notch na parte superior, dando mais espaço para a tela ter proporções maiores. Lembra um pouco o design do Galaxy Note 10.

Três câmeras

Da lista com os 9 novos aparelhos da linha Galaxy A 2020, apenas três deles vão apresentar 3 câmeras. São o Galaxy A21, A31 e A41.

Sendo assim, o A21 terá lentes de 13MP, 8MP e 5MP. Além de um notch na parte frontal, com uma câmera de 8MP e sensor de proximidade ou de luz. Contará também com o processador Qualcomm Snapdragon 625 (1,6GHz + 1,35GHz), 2GB de memória RAM e 64GB de armazenamento interno.

O Galaxy A31 é o primeiro que expande o armazenamento interno. A partir desse modelo, todos os que vierem depois (pela ordem dos números) passam a ter 128GB de memória. Além disso, ele continua tendo três câmeras na parte de trás e uma na frente, assim como o A21.

Ele tem uma câmera de 25MP com f/1,7, outra de 8MP f/2.2 e ultrawide, e uma de 5MP com zoom. Na frente a câmera é de 32MP. Ele tem detecção facial, HDR e o modo panorama.

Por enquanto, há poucas informações sobre esse modelo. Contudo, já sabemos também que ele virá com várias opções de escolha, entre preto, branco, vermelho e azul.

No Galaxy A41 as câmeras são de 16MP, 5MP e 2MP. Além disso, o aparelho também apresenta os 128GB de armazenamento. E, por ser um modelo melhor que os anteriores aqui descritos, é esperado que tenha características mais sofisticadas. Mas, ainda sabemos pouco sobre esse modelo.

Quatro câmeras

O Galaxy A51 começa trazendo uma inovação para os aparelhos intermediários da Samsung. Isso porque, a partir desse modelo, todos os próximos também terão um conjunto com quatro câmeras traseiras e uma frontal.

Esse aparelho vem com zoom óptico de 2x. As quatro câmeras traseiras são: uma de 48MP, uma lente angular de 12MP, a teleobjetiva de 12MP, e a de profundidade de 5MP. Além da câmera frontal de 32MP. Ela fica no centro da tela, alinhada com a parte superior.

Além disso, o Galaxy A51 conta com a tela infinity-O AMOLED de 6,5 polegadas. O chipset é Exynos 9611, com 6GB de RAM e 128GB de armazenamento interno. A bateria é de 4.000mAh.

Já o modelo A61 possui as mesmas câmeras que o A51. As diferenças entre eles são que agora a bateria subirá para 4.500mAh e a tela será de super AMOLED.

Modelos intermediários-premium

O modelo A71 virá quatro câmeras, sendo uma de 64MP, duas de 5MP e outra de 12MP. Além disso, contará com zoom óptico de 5x e sensor ToF (Time-of-flight). Para comportar essas quatro lentes, elas virão em formato de “L”, sendo três numa linha vertical e a última na linha horizontal da terceira. A câmera frontal terá o notch no meio da tela, com 32MP.

A tela também será a infinity-O AMOLED, igual à do A51, mas com 6,7 polegadas. O chipset será bem mais recente, com o Snapdragon 675, além de ter o One UI 2.0, baseado no Android 10. Outro diferencial serão os 6GB de memória RAM.

Já as câmeras do Galaxy A81 ainda não estão confirmadas. Mas, espera-se que ele seja igual ou, pelo menos, muito parecido com o A71. Seu diferencial estará no processador, que será o Snapdragon 730/735, e alguns inclusive acreditam que poderá ser o Snapdragon 855. Além disso, a memória RAM alcançará 8GB, para você poder rodar qualquer aplicativo, vídeo ou jogos com maior densidade.

Outra diferença, e essa merece destaque mesmo, é que esse modelo virá com a S Pen, tradicionalmente restrita à linha Note da Samsung.

Ele também terá características iguais às do A71, como o One UI 2.0, do Android 10. Além do zoom óptico de 5x e o sensor ToF.

A evolução das câmeras

O Galaxy A91 é o mais esperado, por andarem rolando boatos de que virá com uma lente de 108MP. Além dessa, terá mais três, sendo uma de 48MP com estabilização ótica, outra de 12MP com lente ultra-wide e a última com um sensor de profundidade, de 5MP. A câmera frontal será de 32MP. Nem todas as especulações concordam com essas especificações, que fique claro. 

Além de também ter o zoom óptico de 5x e o sensor ToF. O processador, é esperado o Snapdragon 855, de última geração. 

Resumindo

A linha Galaxy A 2020 mostrou que as câmeras serão um ponto muito forte de todos os modelos apresentados. Por ser uma linha intermediária, é esperado que o preço não seja tão alto, compensando muito para nós, consumidores, já que assim poderemos gravar e fotografar com alta qualidade usando, inclusive, modelos intermediários puros.

Leia mais: Sabia que a Claro oferece 240MB de internet por R$99,99? Confira!

Continue acompanhando o blog para saber de mais dicas e novidades!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *