Socorro! Não há espaço de armazenamento suficiente!

Um mundo ideal seria aquele que você pudesse tirar fotos, gravar vídeos e baixar apps infinitamente sem se preocupar com o espaço de armazenamento no celular, certo? Isso porque, quando falamos em smartphones, nada é mais incômodo do que receber a mensagem “espaço insuficiente” durante uma atividade. No entanto, não se desespere. Há algumas dicas simples para amenizar o problema.

Na verdade, a utilização quase que contínua das redes sociais e dos mensageiros como o WhatsApp está exigindo cada vez mais da capacidade de guardar arquivos nos celulares. É difícil abrir mão de uma foto ou vídeo de qualidade, mesmo que ocupe um espaço considerável na memória. Além disso, a quantidade de apps utilizados pelas pessoas também aumentou.

É claro que o armazenamento interno dos celulares também evoluiu com o tempo. Atualmente, há aparelhos no mercado com 32 GB, 64GB, 128GB e 512 GB, com possibilidade de expansão por meio de cartões externos. No entanto, quanto mais memória interna, mais caro é o preço do aparelho.

Para contornar essa situação, há algumas dicas que o usuário pode tomar. Uma delas, por exemplo, é aproveitar o espaço oferecido em nuvem por serviços do Google ou da Microsoft. Ou seja, você guarda seus arquivos nos servidores da internet sem ocupar o espaço do seu telefone.

Quer saber como administrar melhor o espaço de armazenamento do seu smartphone? Acompanhe esse post!

Leia também: Descubra o melhor plano de TV, internet de celular no Compara Plano

CONFIRA AS OPÇÕES DE PLANOS DA CLARO QUE MAIS DE ADAPTAM A VOCÊ!

Erro “Espaço de Armazenamento Insuficiente”

Em aparelhos Android é bastante comum o usuário ser surpreendido com a mensagem “Espaço de Armazenamento Insuficiente” ao realizar alguma operação que exija guardar algo na memória interna. Isso ocorre como alerta ao dono do dispositivo que o espaço interno do smartphone ou tablet está totalmente preenchido.

Nesse caso, o procedimento mais comum das pessoas é apagar arquivos pessoais como fotos, vídeos ou até apps inteiros, de forma manual. Agora, caso você não tenha como deletar nada, a melhor opção é buscar por um dispositivo de armazenamento externo, como um cartão MicroSD. Praticamente todos os celulares que funcionam com Android aceitam esse recurso.

Outra opção é trocar o próprio aparelho por um novo. Será que o seu dispositivo é o correto para atender as suas demandas? Vale também fazer essa análise. No entanto, você sabia que essa mensagem de erro pode aparecer até quando está com bastante espaço liberado? Nesse caso, limpe o cache dos aplicativos.

Ao longo desse post, vamos detalhar um pouco mais essas dicas para facilitar a sua vida e dar um chega pra lá no problema de memória interna.

Leia também: Home office: a qualidade da internet é fundamental

1 – Monitore o espaço disponível

É bastante fácil verificar o status da utilização do espaço de armazenamento interno do seu dispositivo Android. Basta acessar a seção “Armazenamento”, dentro de “Configurações”. Inclusive, essa informação é demonstrada em gráficos que indicam onde a sua memória interna está sendo mais utilizada.

Com isso, você consegue observar melhor o que precisa ser feito. Por exemplo, caso o aparelho esteja com um número muito alto de vídeos e fotos. Nesse caso, vale dedicar um tempo para limpar ou fazer uma triagem manual desse conteúdo para liberar mais espaço.

É preciso destacar que a mensagem de erro também pode aparecer com mais frequência em sistemas Androids mais antigos.

2 – Reiniciar é sempre um bom remédio

Reiniciar os seus aparelhos, seja televisão, computadores, tablets ou celulares, é sempre um bom remédio para tentar resolver qualquer tipo de problema. A questão da falta de armazenamento também. Por que isso ocorre? O processo de desligar e ligar novamente o dispositivo, no caso dos smartphones, faz o aparelho “limpar” a memória RAM, aquela dedicada a rodar aplicativos e demais funções.

Com isso, você vai notar que o aparelho ficará até com mais velocidade e o erro de espaço insuficiente pode sumir. Da mesma forma, o Android permite monitorar o nível da memória RAM.

Leia também: Tripé para celular: saiba como melhorar suas fotos e vídeos

3 – Faça uma varredura por aplicativos inúteis

Liberar mais espaço interno no seu aparelho exige um pouco de trabalho. Além de apagar mídias como fotos e vídeos, às vezes até repetidos, é preciso também desapegar de apps inúteis ou que não são mais utilizados. Em dispositivos Android, para apagar um aplicativo, basta tocar sobre o ícone e segurar, para depois arrastá-lo até a opção “Desinstalar”.

Essa operação é muito importante pois alguns apps consome também a memória RAM do seu dispositivo. E pior: são ativados automaticamente ao ligar o aparelho. Então, essa etapa é muito importante para desafogar o seu aparelho.

Um bom antivírus pode ajudar muito nessa hora. Pois há apps que indicam quais arquivos podem ser excluídos. Podemos dar o exemplo aqui do AVG, um antivírus gratuito que faz bem esse trabalho.

Leia também: Conheça os melhores antivírus gratuitos e pagos de 2019

4 – Faça um backup de mídias na internet

Você já deve ter ouvido falar do Google Drive ou do Microsoft OneDrive, não? São serviços das duas gigantes da tecnologia que possibilitam armazenar arquivos variados em nuvem, direto na internet. Ou seja, você pode manter pastas com arquivos dentro do servidor dessas empresas, sem ocupar espaço no seu computador ou dispositivo móvel.

Se você já tem uma conta do Google ou da Microsoft, por exemplo, já pode utilizar os drives gratuitamente, com um limite de espaço. É possível expandir esse limite por meio de pagamento. Mas, geralmente, sem ter que pagar nada já dá pra guardar muitas fotos, vídeos e arquivos pessoais. E, assim, dar uma folga para o armazenamento interno do smartphone.

Aproveite também para utilizar streaming de música para escutar o seu som no celular. Estamos falando do Spotify, Deezer, Amazon Music, entre outros. Com esses apps, é desnecessário baixar qualquer tipo de arquivo para curtir sua música. E, com isso, economizar espaço interno.

Leia também: Treinos online ajudam a exercitar dentro de casa. Confira!

5 – Compre um cartão externo

Se você não quer mexer nos seus arquivos ou tem dificuldade para apagá-los, outra opção viável é comprar um cartão externo de armazenamento. Os famosos MicroSDs, com uma grande variedade de tamanhos de espaço disponíveis. Como já falamos, a maioria dos aparelhos Android permite que seja acoplado esse recurso.

Ajuda bastante, sem dúvida, seu aparelho ganha um “gás” extra de espaço. No entanto, fique atento se esse excesso de dados não vai deixar a memória RAM sobrecarregada. O que pode gerar lentidão no sistema.

6 – Limpe o cache dos apps para liberar espaço de armazenamento

Outro procedimento muito importante que ajuda a desafogar seu armazenamento interno é limpar o cache dos aplicativos. Geralmente, os apps quando abertos rodam protocolos e outros arquivos que ficam acionados em seu celular mesmo após você deixar de utilizar o aplicativo.

Para chegar lá, entre em “Configurações” e vá para “Aplicativos”. Nessa tela você consegue ordenar por tamanho os aplicativos. Então toque no app a sua escolha e aperte em “Limpar Cache”. Pronto!

CONFIRA OS MELHORES PLANOS DA TIM PARA O SEU CELULAR

Leia também: Celular com 32GB, 64GB ou 128 GB: vale a pena pagar a mais por armazenamento?

Espaço de armazenamento: sempre há solução

Agora que você já conhece as dicas de como liberar espaço de armazenamento no seu celular, que tal saber mais sobre o que é streaming e como ganhar dinheiro com essa tecnologia?

Se você gostou do nosso conteúdo e quer saber mais sobre tecnologia, planos e pacotes, dicas e curiosidades, acompanhe o Compara Plano. Estamos muito satisfeitos em te ver por aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Contrate via chat