5 passos para controlar o uso das redes sociais

Os dispositivos móveis, como tablets e smartphones, mudaram a forma como nos comunicamos e facilitaram o acesso à informação. Acontece que tanta facilidade pode acabar desenvolvendo dependência e gerar um excesso nocivo. Diversos estudos já apontam que não controlar o uso das redes sociais, por exemplo, pode ser prejudicial à saúde.

O exagero no tempo de utilização de dispositivos móveis é apontado como agravante em muitos casos de depressão e ansiedade, especialmente entre jovens e adolescentes. Por isso, antes de apontar os passos para você controlar o uso das redes sociais, vamos apresentar as constatações de alguns estudos na área.

Impacto na saúde mental

A depressão é vista como o grande mal do século pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Nesse contexto o Brasil é considerado o país mais deprimido da América Latina, além de ocupar a quinta posição no ranking mundial.

Com dados tão alarmantes sobre a doença surgem diversas pesquisas que avaliam o impacto das redes sociais e da internet na saúde mental dos usuários.

Por outro lado, também é cada vez maior a busca por formas de controlar o uso das redes sociais para que o hábito não se torne maléfico.

Ainda que não seja uma causa principal, o uso exagerado das mídias digitais é apontado como agravante nos casos de doenças mentais, especialmente entre adolescentes.

Uma pesquisa realizada no Canadá aponta que a incidência de problemas de saúde mental, como depressão e transtornos de ansiedade, é maior entre jovens que afirmam passar mais de duas horas por dia nas redes sociais.

Outro estudo aponta que a depressão entre adolescentes está diretamente ligada ao uso descontrolado de redes sociais.

Os especialistas também detectaram que o índice de depressão e ansiedade é maior entre meninas do que entre meninos e associaram isso a grande demanda de aceitação social com o sexo feminino.

Estes últimos dados são da universidade britânica University College London (UCL) com base em entrevistas realizadas com mais de 11 mil jovens.

Leia também: Redes sociais e qualidade do sono: tempo demais na internet faz você dormir mal?

Concentração e foco

Outro fator de risco por não controlar o uso das redes sociais e de dispositivos móveis está na falta de concentração e foco.

Através de estudo, pesquisadores da Universidade Estadual da Flórida, detectaram que uma simples notificação na tela do celular pode ser tão distrativa quanto atender uma chamada telefônica.

Em um mundo com tantos estímulos, tarefas simples que necessitam atenção podem acabar tornando-se mais complicadas por estarmos distraídos demais.

5 passos para controlar o uso das redes sociais

É natural que o impacto do uso de celulares e tablets na nosso cotidiano seja motivo de preocupação e cuidados. Eles transformaram o nosso comportamento e as nossas rotinas radicalmente nos últimos anos.

Entretanto, quando bem utilizados os dispositivos móveis são grandes aliados no dia a dia e podem melhorar o desenvolvimento de habilidades sociais.

Listamos cinco maneiras simples de controlar o uso das redes sociais e evitar o excesso que pode ser nocivo a sua saúde.

Concentre-se no que vai fazer no momento

Um passo importante para que o celular não seja uma distração desnecessária quando estamos realizando uma tarefa é ter consciência.

Quando for fazer qualquer coisa que não seja no telefone ou no tablet, deixe o aparelho de lado e coloque o seu foco na atividade proposta.

O lado positivo de concentrar-se na tarefa é que possivelmente você poderá realizar ela de forma mais rápida e logo voltar a navegar na internet se assim desejar.

Desligue os seus alertas e notificações

Esta dica é uma aliada para a sugestão anterior.

Desligar as notificações do aparelho é uma ferramenta interessante no exercício de desconectar-se para conseguir melhorar o foco e a concentração.

Não esqueça que simplesmente colocar o celular no modo silencioso não é eficiente se ele estiver a altura dos seus olhos. O alerta na tela irá roubar toda a sua atenção, tanto quanto o toque sonoro.

Escolha momentos para verificar e-mails e redes sociais

Uma ótima maneira de começar a ter consciência das situações em que você precisa estar mais concentrado é dividir o seu tempo.

Escolha previamente em quais momentos do dia irá checar o seus e-mails e verificar suas redes sociais. Crie uma rotina de horários que não atrapalhe as tarefas cotidianas que são prioridade e procure segui-la.

Nos primeiros dias talvez seja mais difícil, mas com repetição e um pouco de persistência você irá incorporar como um hábito.

Preste atenção nos seus sentimentos

Os sentimentos influenciam diretamente na forma de pensar e estão diretamente ligados a nossa saúde mental.

Se estiver ficando tempo demais no celular, procure entender o porquê e como se sente com isso. Ao buscar maneiras de controlar o uso das redes sociais e dos dispositivos móveis preste atenção em como se sente e se realmente precisa estar tanto tempo conectado.

Pergunte-se quais seriam as suas alternativas para aproveitar melhor o tempo em que está navegando na internet e quais atividades te dariam mais satisfação.

Aplicativos para controlar o uso das redes sociais

Pode parecer estranho que uma das formas de controlar o tempo de uso do celular seja justamente através de aplicativos para celular. No entanto, há diversas ferramentas que podem realmente ser úteis nesse processo. Confira algumas delas.

Siempo

Este aplicativo pretende ajudar as pessoas que não resistem abrir um aplicativo para checar as notificações.

O objetivo dele é desativar tudo o que pode causar interrupção na sua rotina. Ou seja, ele tira redes sociais, jogos e outros apps do seu caminho.

Por outro lado, deixa liberado o acesso a utilitários como bloco de notas, agenda e mapas. A parte mais incrível é que quando está ativo ele não te leva diretamente para a tela inicial.

Ao desbloquear o telefone o Siempo abre um campo em que você indica o que deseja fazer e te direciona a isso, com foco e sem distrações. O app é gratuito e está disponível somente para o sistema Android.

Dinner Mode

Esse é outro aplicativo que promete ajudar você a ficar menos tempo no celular.

Pelo menos durante as refeições com amigos e a família.

O que este app faz é bastante simples, bloqueia o acesso a aplicativos durante tempos de 15 minutos, meia hora ou uma hora.

Você determina o tempo que quer ficar longe do celular. O app é gratuito e por enquanto está disponível somente para iOS.

Forest

Com o Forest você terá, basicamente, que cuidar de uma árvore. É como se fosse um jogo, em que você precisa deixar o aplicativo aberto em primeiro plano no telefone para que a planta cresça.

Enquanto isso, você está longe de outros aplicativos que podem distrair a sua atenção. Se tiver um bom desempenho, com o tempo, é possível criar uma floresta virtual.

O mais incrível é que o Forest vai além disso e realmente tem um impacto ambiental. Em uma parceria com a fundação Trees for the Future, as florestas virtuais são convertidas em mudas que ajudam no reflorestamento do planeta.

Mais de 300 mil árvores já foram plantadas com a ajuda dos usuários do aplicativo que está disponível gratuitamente tanto para Android quanto para iOS.

Hold

O Hold nasceu na Escandinávia com o objetivo de que estudantes deixassem os smartphones de lado durante as aulas e os estudos em casa. Porém, a ideia deu tão certo que está sendo muito utilizado no Reino Unido e logo deve se espalhar por outros países para ajudar pessoas a largarem o vício do celular.

O app basicamente oferece recompensas se você conseguir ficar o tempo proposto sem mexer no aparelho. Ao iniciar são disparados diversos cronômetros de 20 minutos cada que te dão pontos individualmente.

No Reino Unido os pontos já podem ser trocados por descontos e produtos em lojas como a Amazon, além de cafés e cinemas.

Embora o aplicativo ainda não ofereça recompensas no Brasil, é possível baixá-lo para testar e desafiar-se a escapar do vício de espiar o telefone.

Gosta de informado com notícias e dicas sobre tecnologia? Confira conteúdos como esse no nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Contrate via chat