Qual a melhor forma de comprar ou vender um celular usado?

Com a enorme variedade de smartphones que temos no mercado, podemos perceber que os preços só aumentam tamanhas as tecnologias que andam chegando. Afinal, a cada lançamento vem uma função inovadora que faz o valor final de cada modelo alçar às alturas. Mas, para que isso não atinja tanto o seu bolso, já pensou em utilizar a compra e venda de celular usado!?

Esse comércio entre os usuários tem crescido bastante por conta da crise financeira por que o país está passando. E os aparelhos hoje em dia já são um item básico da nossa vida. Por isso, precisamos sempre estar pensando em formas de economizar, mas sem deixarmos de ter nosso smartphone atualizado com a modernidade!

Conheça, então, nossas dicas para saber quando realizar essa troca e descubra como funciona a compra e venda de celular usado.

Leia mais: Aprenda como ganhar dinheiro com as redes sociais

Dicas para compra e venda de celular usado

Quando é hora de trocar?

Você deve estar pensando em vários problemas por que já passou com seu aparelho. Mas, mesmo nessas situações, muitas pessoas acreditam que será algo passageiro, não vendo a necessidade de pensar na troca do celular.

Acredite, muitos dos problemas podem ser algo mais sério do que parecem, compensando para você vender seu antigo e adquirir, inclusive, um seminovo.

Confira alguns pontos nos quais é necessário pensar para comprar ou vender celular usado.

Travar

Esse com certeza foi o primeiro ponto que você pensou. São aqueles momentos em que você está escrevendo alguma mensagem e, do nada, seu celular não digita mais, não sai da conversa, não desliga a tela. Ele simplesmente paralisa. 

O travamento é o primeiro sinal que o aparelho dá quando há algo de errado com ele. Mas, antes de já ir vendendo, analise todas as situações. Quando foi a primeira vez que isso aconteceu? Quais aplicativos estavam abertos? Está acontecendo com frequência?

Às vezes, apenas a atualização do sistema operacional já é capaz de reverter esse problema. Ou mesmo a do próprio aplicativo. E, também, confira se ele não tem vírus, passando um antivírus no celular.

Por fim, outra boa solução é formatar o aparelho, porém essa é mais radical. Isso porque atribui ao celular a versão de fábrica, e, com ela, as pastas com ficheiros são excluídas. Significa dizer que, nesse caso, você perderá todos os arquivos presentes no aparelho que não estiverem sincronizados com alguma nuvem

E, se depois de todas essas tentativas o smartphone continuar travando, então você deve considerar a compra e venda de celular usado.

Veja tambémO que fazer quando o WhatsApp não funciona?

Temperatura

Outro ponto a ser observado é se seu aparelho está esquentando muito, e com muita frequência.

Isso porque ter o celular com uma temperatura mais alta, quando o uso é pesado, é normal. Ainda mais se envolver a rede móvel. Mas, se sozinho seu smartphone esquenta, então temos um problema.

Memória

O espaço da memória dos aparelhos é algo que foi evoluindo muito com o passar dos anos. Mas, seguindo isso, nosso uso do celular também.

Hoje em dia temos muito mais fotos, músicas e aplicativos ocupando a memória do que antigamente – e antigamente significa algo em torno de 10 anos, a idade dos smartphones de verdade.

E, mesmo se um cartão SD não está dando conta, talvez você deva considerar ter um smartphone com maior armazenamento ou tentar apagar ficheiros e programas que não utilize mais.

Bateria

Esse é outro grande problema que uma hora ou outra sempre enfrentamos. As baterias não duram para sempre.

Mesmo que na propaganda falem que o celular aguenta 26 horas longe da tomada, em algum momento ele não vai aguentar nem 5 horas. Acontece com todos, não se preocupe. Porém, é um ponto muito importante. Afinal, sem bateria, não temos um celular móvel, já que ele fica refém da recarga.

E, mesmo se você tiver um carregador portátil, chegará uma hora que nem ele suprirá a necessidade de carga de que o aparelho precisa.

Por isso, aqui vão algumas dicas para economizar a bateria do seu celular. Se nem isso te ajudar, então é bom já considerar a compra e venda de celular usado.

Sistema operacional

Tanto o iOS quando o Android estão sempre sendo atualizados para evitar problemas no aparelho. Porém, aqueles que tem um modelo mais antigo, sabem que chega um determinado momento em que as atualizações param de chegar.

O problema de não ter a atualização do sistema operacional, além de não receber os novos recursos, é que há aplicativos que também param de funcionar. Além disso, as configurações de segurança ficam mais fracas, podendo colocar seu celular – e seus dados – sob risco de invasões ou vírus.

Venda de celular usado

Se algum desses problemas está acontecendo com seu celular e você já tentou de tudo para revertê-lo, porém não adiantou, então está na hora de pensar mais seriamente em vender seu celular usado.

Não se preocupe, pois vamos te dar todas as dicas para você conseguir passar por esse momento sem dificuldades.

Há vários sites em que você pode anunciá-lo (se ele não for uma bomba que nem liga mais). Entre eles, recomendamos o Mercado Livre ou até mesmo algumas comunidades do Facebook.

E, acredite, o público é bem grande, então não vai ser difícil que você consiga vendê-lo. 

Ainda há lojas especializadas na compra de aparelhos usados. Você pode procurar uma mais próxima da sua casa ou ver aquelas onlines, como a Meu Game Usado.

E, claro, sempre tem a loja da marca ou da operadora do seu smartphone. Por exemplo, a Apple compra iPhones usados, e você pode usar esse dinheiro para ter um modelo melhor adquirido nela mesmo. Assim, pode ficar tranquilo em vender o celular e confiar em ter o dinheiro na sua mão, pois são locais de segurança. 

Além disso, saiba que os lugares que compram celulares usados fazem uma verificação para saber a procedência do aparelho. Irão analisar o IMEI, a nota fiscal (se tiver ainda), etc. E, claro, o estado em que o smartphone se encontra.

Para vender, você precisa ficar atento a algumas especificidades, como a tela. Se ela estiver trincada ou quebrada, isso fará com que o preço do seu celular caia em até 80%.

Então, se você está pensando em vender para ter um dinheirinho a mais, tela, bateria, botões, redes, etc, são pontos que têm que estar funcionando minimamente. 

Compra de celular usado

Há diversos sites e lojas especializados na venda de celulares seminovos e usados. A vantagem de adquirir um modelo assim é, principalmente, o valor. Você poderá encontrar aqueles que acabaram de ser lançados pela metade do preço, por exemplo.

E não precisa se preocupar, pois geralmente esses modelos têm garantia. Quando alguém leva o celular para vender numa dessas lojas, é feita uma verificação completa no aparelho para saber seu atual estado – quanto a bateria dura, se ele tem riscos, se trava, se esquenta, etc. Dessa forma, a loja pode realizar algumas melhorias e vendê-lo com maior garantia de que ele funcionará corretamente.

Você também pode pesquisar pelo estado do celular: se ele está em bom, muito bom ou em excelente estado. Assim, evitamos futuras frustrações quanto ao produto, já que você sabe qual o estado em que ele chegará para você.

Ainda, muitos sites têm garantia de três meses para caso o smartphone apresente problemas.

Pensar em uma compra e venda de celular usado é algo, principalmente, para quem deseja ter os modelos premium. Isso, porque se você for comprar um novo, o preço cobrado por ele será (muito) alto para a maioria dos brasileiros.

Porém, indo até lojas que vendem aparelhos seminovos ou usados, há vantagens não só no valor, que será bem menor, mas na aquisição do smartphone dos sonhos. E com a garantia de que ele funciona. A diferença para um zero é que ele já foi tirado da caixa e ligado por algum tempo.

Então, se para você a experiência de ir à loja, tirar da caixa, aprender a usar ali – o que a Apple reforça muito nos seus consumidores – não fará falta, deve considerar comprar um celular usado.

Além de tudo, você estará contribuindo para o meio ambiente, evitando que se produzam mais e mais aparelhos.

Foque na segurança

Como vimos, comprar um celular usado tem muitas vantagens para você, pra quem precisa vender, e para o meio ambiente. Porém, esteja atento a algumas práticas indispensáveis para não ter problemas no futuro:

  1. Primeiro, exija nota fiscal no ato da compra, pois isso te ajuda a entrar com o pedido na assistência técnica, caso precise.
  2. Segundo, verifique o número do IMEI para ter certeza que o aparelho não foi roubado ou extraviado.
  3. Depois, pesquise a reputação do vendedor ou da loja em que escolher fazer a compra.
  4. Por fim, peça para o vendedor formatar o celular antes da compra para que não haja nenhum dado do antigo dono. 

Como vimos, vale muito a pena investir na compra e venda de celular usado. E, seguindo nossas dicas, você fará um ótimo negócio.

Leia mais: E MacBook usado vale a pena comprar? Saiba aqui!

Continue acompanhando nosso blog para saber de mais dicas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *