Comparativo de celular: confira 7 modelos na faixa de R$ 2 mil

O céu é o limite em relação ao preço quando você pensa em comprar um celular. Quanto mais top de linha for o aparelho, os valores podem ultrapassar facilmente os R$ 5 mil, ainda mais com a alta do dólar. No entanto, é possível investir muito menos e ainda assim contar com um aparelho de respeito. Neste post, vamos trazer um comparativo de celular com 7 modelos escolhidos a dedo na faixa de R$ 2 mil para você se impressionar – e economizar.

O preço do celular hoje e dia está diretamente atrelado à tecnologia empregada no aparelho. Em outras palavras, estamos falando da potência do processador, da qualidade da câmera, do design, do tamanho da tela, entre outras especificações. É  a mesma lógica do mercado de carros novos. Todo ano são lançados novos modelos com mais modernidades. E, às vezes, o período entre um lançamento e outro é muito menor que um ano.

Mas fique tranquilo. Com cerca de R$ 2 mil é perfeitamente possível adquirir um celular novo com ótimas configurações e de marcas como Samsung, LG, Motorola, Xiaomi, entre outras. Na verdade, antes de comprar um smartphone, você precisa analisar muito bem o seu perfil de uso. Ou seja, nem sempre é necessário ter um aparelho top de linha para atender às suas necessidades.

Outra vantagem de investir em um aparelho intermediário porém com bom custo benefício é sobrar uma grana para contratar um bom plano de internet da Claro ou da TIM para ter todos os recursos à mão. Isso também é imprescindível para uma boa experiência. Confira abaixo o comparativo!

Leia também: Descubra o melhor plano de TV, internet de celular no Compara Plano

CONFIRA AS OPÇÕES DE PLANOS DA CLARO QUE MAIS DE ADAPTAM A VOCÊ!

Comparativo de celular: critérios que você precisa analisar

Nós vamos apresentar abaixo um comparativo de celular com 7 modelos intermediários que podem ser considerados da linha premium, ou seja, com ótima qualidade. No entanto, antes de fazer a compra de smartphones, é importante você analisar alguns requisitos para entender o que está comprando.

  • Tela – Fique atento à resolução do display. Para você ter uma ideia, há aparelhos no mercado há com 4K. No entanto, a resolução HD já é suficiente para uma boa visualização.
  • Peso – Geralmente, quanto maior o celular, mais pesado. Portanto, calcule bem a sua necessidade e compare os pesos dos aparelhos.
  • Desempenho – Aqui estamos falando de processadores. Nessa faixa de preço, já é possível exigir um processador octa-core, que trabalha com oito núcleos.
  • Câmeras – Essa é uma das características mais relevantes para quem vai comprar um aparelho. Preste atenção na quantidade de câmeras traseiras e dianteiras (para selfies) e, o mais importante, nos megapixels.
  • Bateria – A autonomia do aparelho com uma carga também é muito importante. Na categoria intermediário premium já encontramos celulares com até 5.000 mAh.
  • Design – Aqui depende muito do estilo da marca e do gosto do freguês.
  • Espaço de armazenamento interno – É o lugar onde você vai guardar suas fotos, vídeos e demais arquivos. Celulares com 128 MB de armazenamento, nessa faixa de preço, são perfeitos.
  • Memória RAM – Trabalha junto com o processador para dar capacidade e velocidade para o aparelho rodar os programas. Em aparelhos intermediários, uma RAM de 3 GB já é satisfatória.
  • Resistência – Confira as especificações da tela e da carcaça do aparelho quanto a suportar quedas e arranhões. Alguns modelos são mais superiores que outros.

Leia também: Entenda como funciona a troca de chip remota de celular

Comparativo de celular: 10 modelos na faixa de R$ 2 mil

Agora que você já entendeu o que precisa ser observado ao comprar um celular, confira abaixo nossa sugestão de 7 modelos com excelente custo-benefício para você economizar e ficar satisfeito:

1 – LG K61: jogo de câmeras quádruplas

No Brasil, o LG K61 é um dos principais smartphones intermediários da LG, com configurações muito atraentes e robusto no design. A começar pelas poderosas quatro câmeras traseiras. Para você ter uma ideia, a principal tem 48 MP com recursos de inteligência artificial. A segunda tem 8 MP para fotos de paisagens e pessoas, a terceira com lente macro para fotos de perto e a última com sensor de profundidade. Ou seja, esse quarteto permite múltiplos efeitos nas suas fotos.

O aparelho ainda conta com tela Full HD+ de 6,53 polegadas com efeito infinito, perfeita para filmes. Ah, na parte da frente ainda está posicionada a quinta câmera,  de 16 MP, para selfies. O celular está equipado com processador octa-core e memória RAM de 4 GB, além de 64 GB de armazenamento interno. A bateria é de 4.000 mAh. Tudo isso por menos de R$ 2 mil.

2 – Samsung Galaxy S10 Lite: equilíbrio

O Samsung Galaxy S10 Lite é um dos celulares na faixa de R$ 2 mil que possuem o melhor conjunto no Brasil. Na verdade, é um aparelho da linha premium, top de linha, mas que sofreu algumas adaptações para redução no preço. Um dos pontos fortes do aparelho é o desempenho. O chip do processador é um Snapdragon 855 com memória RAM de 6 GB, o que permite rodar muitos apps sem solavancos.

O conjunto de câmeras também é atraente. São três na traseira, com a principal de 48 MP, uma lente grande-angular e outra para macros. A bateria tem carregamento rápido, com cerca de uma hora o trabalho tá feito, e a autonomia é bem duradoura. A tela, uma Super AMOLED Plus, é de ótima qualidade para qualquer tipo de conteúdo.

3 – Motorola One Fusion: bom para redes sociais

Para quem curte interagir nas redes sociais com certa frequência, o Motorola One Fusion é uma opção interessante. Isso porque conta com um conjunto fotográfico de respeito. A câmera principal tem 48 MP com tecnologia Quad Pixel. Ou seja, consegue unir quatro fotos de 12 MP. O resultado são imagens com até quatro vezes mais sensibilidade de luz. Integra o conjunto uma ultrawide de 8 MP e uma macro de 5 MP, além da frontal de 8 MP para selfies.

O processador é um Snapdragon 700 com apoio de 4 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento interno. Você estará bem servido para navegar nos apps sem travamentos. A resolução da tela é HD+, um pouco mais baixa em relação à concorrência, mas a bateria é de notáveis 5.000 mAh.

4 – Xiaomi Redmi Note 8 Pro: para games

É possível rodar jogos mais pesados de forma bem satisfatória em aparelhos intermediários na faixa de R$ 2 mil como o Xioami Redmi Note 8 Pro. Na verdade, esse smartphone foi desenvolvido justamente para games, com a plataforma gamer Helio G90T, da MediaTek. O aparelho conta com algumas versões, algumas delas podem trazer até 8 MB de memória RAM, o que ajuda na velocidade.

A bateria é de 4.500 mAh, capacidade que atende bem o consumo em relação a jogos. Já a resolução da tela é Full HD+, com 6,53 polegadas. A câmera frontal é de exagerados 20 MB. Isso porque é uma câmera utilizada por gamers em jogos online. E, para fechar, a câmera traseira principal também é um exagero: são 64 MB de resolução.

5 – Apple iPhone 7: o experiente

Ora, por que não considerar comprar um iPhone novo na casa dos R$ 2 mil? Com esse valor é possível adquirir o ótimo iPhone 7. Apesar de ter sido lançado em 2016 (já se vão quatro longos anos…), o aparelho tem um desempenho até superior a muitos da nossa lista de comparativo de celular, com um chipset Apple A10 e 3GB de memória RAM. Afinal, é o único que roda o sistema operacional iOS, para muitos o melhor do mundo.

Mas como todo celular antigo, o iPhone 7 comprado hoje tem seus contras. A bateria tem um rendimento inferior aos aparelhos mais recentes. A tela também é um pouco menor (4,7 polegadas) e em resolução HD – o que há quatro anos era top de linha. O aparelho tem uma câmera traseira de 12 MP e dianteira de 7 MP. E para por aí. Mas, é um iPhone.

6 – Samsung Galaxy A51: muita potência

É justo colocarmos mais um Samsung na nossa lista: o Galaxy A51. É um aparelho intermediário, porém, muito poderoso. Conta com uma tela infinita Full HD+ de 6,5 polegadas com Super AMOLED. No display, a câmera frontal é de generosos 32 MP. Na parte traseira, o conjunto de câmeras traz a principal de 48 MP, além de uma macro e outra ultrawide.

O processador é um octa-core e memória RAM de 4G, com armazenamento original de 128 GB. A bateria é de 4.000 mAh. Com essa configuração, você certamente estará bem servido para jogos, vídeos e internet.

7 – Motorola One Hyper: câmera frontal retrátil

Colocamos o Motorola One Hyper para fechar a nossa lista por conta de um recurso especial dentre a categoria de smartphones intermediários. Foi o primeiro aparelho da marca a oferecer uma câmera frontal retrátil. Em outras palavras, ao ser acionada, o módulo de 32 MP se destaca do canto superior do aparelho, para selfies diferenciadas.

A traseira conta com mais três câmeras de excelente qualidade. O display é de 6,5 polegadas com tecnologia IPS LCD e resolução Full HD+. Outra característica interessante do One Hyper é o carregamento de bateria muito rápido. Os 45 W de potência podem dar autonomia para 12 horas de uso com apenas 10 minutos de carregamento. Legal, não?

CONFIRA OS MELHORES PLANOS DA TIM PARA O SEU CELULAR

Leia também: Celular com tela quebrada: o que fazer nessa hora

Comparativo de celular: já escolheu o seu?

Agora que você já conhece nosso comparativo de celular com modelos de smartphone mais cobiçados até R$ 2 mil, que tal conferir como fazer para rastrear um celular pelo número?

Se você gostou do nosso conteúdo e quer saber mais sobre tecnologia, planos e pacotes, dicas e curiosidades, acompanhe o Compara Plano. Estamos muito satisfeitos em te ver por aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Contrate via chat