Como funciona o Picpay? Entenda o app de pagamentos!

Já era tempo de não precisarmos mais utilizar dinheiro de papel ou cartões de crédito físicos, não é mesmo? Concentrando todas as informações financeiras no celular, as carteiras virtuais vieram para ficar. O Picpay é um dos principais exemplos dessa tendência no Brasil. E você sabe como funciona o Picpay?

Desenvolvido por aqui, o Picpay é um dos aplicativos para pagamento mais conhecidos e nasceu com a proposta de descomplicar as transações financeiras entre os usuários. Guardadas as proporções, é um propósito parecido com o Nubank por exemplo.

Mas é seguro utilizar esse tipo de aplicativo? Como faço para usar? É o que vamos contar agora nesse post.

Leia também: Chave PIX: saiba como cadastrar e aproveitar a novidade

CONFIRA AS OPÇÕES DE PLANOS DA CLARO QUE MAIS DE ADAPTAM A VOCÊ!

Como funciona o Picpay

O Picpay foi lançado em 2012 e é uma fintech, ou seja, uma startup do setor financeiro que trabalha para inovar e otimizar esse tipo de serviço. Fintech vem das palavras em inglês, financial e technology.

Ele não é um banco virtual, mas sim, uma carteira digital, onde você acumula valores para serem transferidos ou fazer pagamentos, ou ainda associa um cartão de crédito para poder fazer as transações.

Para utilizar o Picpay você precisa baixar um aplicativo gratuito e realizar um cadastro simples.

Os pagamentos são feitos somente em estabelecimentos credenciados e podem ser feitos à vista ou parcelados. Além disso, não há cobrança de taxas para pessoa física. No entanto o recebimento é limitado a R$ 800 mensais.

Existe uma versão PRO do Picpay que é voltada para o uso comercial e ela cobra uma taxa de 1,99% por pagamento recebido, sem limites de volume de dinheiro mensal. Além disso, você consegue receber pagamentos parcelados em até doze vezes, sendo que você recebe o dinheiro na hora.

Como criar um perfil no Picpay

  1. Baixe o aplicativo que está disponível tanto para Android quanto para iOS;
  2. Crie sua conta com seu nome, CPF, data de nascimento, número de celular, e-mail, nome que você utilizará para a conta e senha;
  3. Clique em “Ajustes” depois da finalização do cadastro;
  4. Preencha os dados da sua conta bancária, porém não é necessário ser correntista de nenhum banco para se cadastrar;
  5. Clique em “Carteira” e depois em “Cartões Cadastrados” para preencher com seu cartão de crédito e pronto.

No caso do preenchimento do cartão de crédito, é possível utilizar a câmera par escanear os dados, se você preferir.

Leia também: Banco virtual: saiba as vantagens e como escolher

Como funciona o Picpay Para fazer pagamentos

Primeiramente, você precisa colocar dinheiro na carteira do aplicativo. Para isso você pode fazer um DOC, um TED ou uma transferência do Banco Original, se você for correntista, para sua conta do Picpay.

No caso das transferências do Banco Original, o dinheiro cai na hora. No entanto, as outras formas de pagamento podem demorar até dois dias úteis para caírem na carteira virtual do Picpay.

Pagamento de contas

Você pode efetuar diversos tipos de pagamento. Além disso, pode comprar gift cards para aplicativos como Uber ou Google Play, ou ainda para games como a plataforma Steam. Gift cards podem ser adquiridos sem taxas mesmo se forem pagos com o cartão de crédito.

Pagamentos de boletos podem ser feitos através da leitura do código de barras ou inserindo a linha digitável.

Para fazer pagamentos com o saldo da sua carteira digital não há cobrança de taxas. Entretanto, se você for usar cartão de crédito, será cobrada uma taxa de 2,99% sobre o valor do boleto. Se for pagar parcelado, as taxas aumentam para 2,99% com um adicional de 3,49% sobre cada parcela.

O limite para pagamentos é de R$ 10.000 mensais e R$ 5.000 diários, renovados no primeiro dia de cada mês.

Lojas físicas

Em lojas físicas, você pode escanear o QR code, ou seja o Código QR, que é o código barramétrico bidimensional que pode ser escaneado com a maioria dos celulares com câmera.

Para saber onde estão os estabelecimentos comerciais que aceitam o aplicativo, você precisa clicar em “Locais” e habilitar seu GPS, dessa forma, vão aparecer na tela os estabelecimentos próximos a você que aceitam o Picpay.

Você também pode enviar valores para máquinas Cielo, também através do QR code, ou ainda comprar créditos de celular o nos cartões de transporte público.

Para fazer recarga no celular ou nos cartões de transporte público, você pode utilizar o saldo ou cartão de crédito sem cobrança adicional. Se for parcelar o valor, terá incidência de encargos.

Leia também: O que é Uber Cash e como usá-lo? Veja todas as opções

Enviar dinheiro

Se você quer enviar dinheiro para outro usuário do Picpay, basta procurar o nome, e-mail ou telefone nos contatos e clicar no perfil. Quando achar a pessoa, basta definir o valor e enviar a ela.

Como receber dinheiro no Picpay

Você também pode cobrar dinheiro através do Picpay enviando uma notificação para a pessoa solicitando que ela faça uma transferência para você. Dessa forma você pode lembrar seus amigos quando eles estão te devendo.

Cashback

Algumas transações do Picpay podem gerar cashback, ou seja, dinheiro de volta. Dessa forma, o usuário compra algum produto ou serviço que está participando de alguma promoção específica de cashback e recebe parte do valor de volta na conta do Picpay. Esse valor a pessoa pode usar como quiser.

No entanto não é possível nem ser sacado, nem transferido para conta corrente. As ofertas chegam por alertas no aplicativo, então é bom sempre ficar de olho nas notificações.

Como sacar dinheiro do Picpay

Quem tem conta no Banco Original pode transferir da conta do Picpay sem nenhum custo e a transação é feita em até uma hora em horário comercial.

Para outros bancos, a transferência do saldo da sua conta do Picpay pode ser feita sem nenhum custo, porém pode demorar até dois dias úteis.

Você também pode sacar seu dinheiro na rede Banco 24 horas, na função “Saque Digital” do menu do caixa eletrônico. É só selecionar a opção “QR code” e escanear com seu celular o código que vai aparecer na tela. Não é cobrada taxa pra saque.

É seguro usar o Picpay?

Sim. Isso porque todas as informações que são transmitidas e recebidas pelo Picpay são criptografadas. Além disso, a plataforma adota procedimentos de segurança chamados PCI, ou seja, Payment Card Industry, que é o padrão de segurança dos cartões de crédito.

No site Reclame Aqui, a nota do Picpay é 6,5, o que não é considerada muito boa. No entanto, 92,2% das reclamações haviam sido respondidas e 58,8% das pessoas voltariam a fazer negócios com a empresa.

Quais as vantagens de usar o Picpay?

Primeiramente, uma das maiores vantagens de usar o Picpay é o fato de que a pessoa não precisa ter uma conta corrente em banco para poder utilizar. Isso faz com que muitas pessoas que não tem acesso a produtos financeiros, possam usufruir dos serviços.

Dados de 2019 apontam que 45 milhões de pessoas no Brasil não possuem conta bancária, no entanto, movimentam R$ 817 bilhões por ano de outras maneiras. Esse tipo de aplicativo facilita essa movimentação.

Outra vantagem é não precisar sair de casa portanto o cartão de crédito ou dinheiro vivo e, assim, poder utilizar somente o aparelho celular para fazer as transações bancárias necessárias.

Além disso, a interface do Picpay é amigável e intuitiva. É um aplicativo muito fácil de usar. A opção de cashback também é bastante atrativa pois estimula o uso do aplicativo para poder obter a vantagem do dinheiro de volta.

CONFIRA OS MELHORES PLANOS DA TIM PARA O SEU CELULAR

Leia também: RecargaPay é seguro? Descubra como fazer as operações

Entendeu como funciona o Picpay?

Agora que você já sabe como funciona o Picpay, conta pra gente se você já usou esse ou outro serviço de carteira digital.

Enfim, se você gostou do nosso conteúdo e quer saber mais sobre outros assuntos, como tecnologia, planos e pacotesdicas e curiosidades, continue acompanhando o Compara Plano.

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Contrate via chat