Cabo HDMI: o que é e para que serve essa tecnologia? Confira!

Se você está assistindo a um vídeo com alta definição de imagem e som na sua TV, certamente o cabo HDMI é um dos culpados. Na verdade, ele é a salvação: esse tipo de cabo é a última geração de conexões que permitem a transmissão de dados em ultravelocidade e quantidade entre dispositivos. Neste post, vamos explicar melhor como funciona essa tecnologia para você ficar por dentro do assunto.

Em resumo, o cabo HDMI, ou High-Definition Multimedia Interface (ou Interface Multimídia de Alta Definição, em português) tem a capacidade de transmitir áudio e vídeo em alta qualidade. Ele supera de longe tecnologias anteriores como o cabos Vídeo Componente (aquele de duas cores), S-Vídeo ou Vídeo Composto. Além de simplificar e muito a conexão, dispensando aquela maçaroca de cabos.

Atualmente, qualquer dispositivo mais atual, como TVs, consoles de videogames, notebooks, entre outros, são compatíveis a cabos HDMI. Inclusive, é possível fazer a conexão com smartphones e tablets por meio de adaptadores especiais. Há ainda outros recursos ao utilizar essa tecnologia.

Se você sempre quis conhecer como funciona o cabo HDMI e como utilizá-lo para melhorar ainda mais sua experiência com áudio e vídeo, acompanhe esse post até o final. Vamos também detalhar os tipos de cabos, preços e algumas dicas sobre a aplicação desse equipamento. Boa leitura!

Leia também: Descubra o melhor plano de TV, internet de celular no Compara Plano

CONFIRA AS OPÇÕES DE PLANOS DA CLARO QUE MAIS DE ADAPTAM A VOCÊ!

O que é o cabo HDMI?

Como falamos na entrada, a sigla HDMI significa High-Definition Multimidia Interface. Para você ter uma ideia, essa tecnologia já não é tão nova assim: foi apresentada ao mercado em 2003. Naquela época, o principal atrativo era um cabo com poder de transmissão de dados, tanto áudio como vídeo, em alta definição.

Antes disso, para fazer esse tipo de conexão, eram precisos vários cabos. A grande vantagem do cabo HDMI é a simplicidade e custo baixo. Isso porque ele substitui um emaranhado de outros cabos e dá conta do trabalho perfeitamente.

Por essa razão, desde 2003, esse tipo de cabo tem sido adotado em um número cada vez maior de aparelhos, como TVs, videogames, laptops, tablets e até celulares, por meio de adaptadores.

Leia também: Imagem 4K: vale a pena investir em uma TV com tecnologia 4K?

Tipos de cabos

Basicamente, existem cinco tipos de conectores de HDMI. O primeiro é padrão A, com 19 pinos, o mais utilizado e encontrado. Cada pino possui uma função diferente, ou seja, é como se fosse um cabo diferente. Por exemplo, os pinos de 1 a 9 são responsáveis pelos sinais de áudio e vídeo e o pino 18 fornece energia de baixa tensão, por exemplo.

O segundo é o padrão B, que utiliza o sistema dual link para transmissões com resolução em altíssima qualidade. Como em TV com tecnologia 8K.

Confira os demais tipos:

  • Tipo C (mini-HDMI): utilizado em aparelhos menores, porém, com a mesma qualidade do tipo A;
  • Tipo D (micro-HDMI): voltado para dispositivos ainda menores e portáteis, mantendo a qualidade de transmissão do cabo A e C;
  • Tipo E: utilizado em automóveis, com uma trava de segurança para evitar que se desconecte durante o deslocamento.

Leia também: Celulares do futuro: o que a tecnologia nos reserva

Entenda os tipos de HDMI

Como falamos anteriormente, os cabos HDMI surgiram quase no século passado, em 2003, e de lá para cá contou com muitas evoluções. Mesmo sem modificar o formato físico, o cabo ganhou recursos extras com versões ao longo dos anos.

A primeira versão, por exemplo (1.0), transmitia imagens de até 1.920 x 1.080 pixels ou 1920 × 1200 a 60 Hz, áudio de 24 bits, 192 kHz e LPCM em 8 canais. Em 2004, na versão 1,1, foi adicionado suporte para DVD-Áudio. Já em 2006, na versão 1.3, a resolução passou para até 1.920 x 1.080 a 120 Hz ou 2.560 x 1.440 pixels a 60 Hz, com introdução do conector mini-HDMI.

O suporte para imagens com resolução em 4K (3.840 x 2.160 pixels) iniciou em 2009, na versão 1.4 do cabo. Apenas em 2017, na versão 2.1, o cabo HDMI evoluiu para possibilitar a transmissão em resolução 10K e 8K a 60 Hz e 4K a 120 Hz.

Algumas funções quase ocultas do cabo HDMI

Os cabos HDMI não tem apenas a função de transmitir áudio e vídeo com muita qualidade. Ele tem algumas funções extras. Confira abaixo:

  • CEC: o Consumer Electronics Control, ou Controle de Eletrônicos do Consumidor – CEC é muito útil. Ao ativar essa função dos dois aparelhos conectados via cabo HMDI, é possível fazer o controle de vários equipamentos (máximo 15 de uma só vez) utilizado apenas um controle físico. Encontramos essa tecnologia em consoles de videogames, aparelhos de som, Blu-ray, entre outros. No entanto, as diferentes marcas adotam outros nomes ao HDMI-CEC. Confira no manual.
  • ARC e eARC: a função Audio Return Channel, ou Canal de Retorno de Áudio possibilita conectar aparelhos com fonte e saídas independentes de áudio e vídeo. O cabo HDMI organiza esses sinais.
  • HEC: a função HDMI Ethernet Cable ou Cabo Ethernet HDMI é a possibilidade de utilizar o cabo como um cabo de rede para transmissão de dados da internet. É muita versatilidade, não? A velocidade máxima é de 100 Mb/s. No entanto, é difícil encontrar equipamentos eletrônicos compatíveis com esse recurso.
  • MHL: a função Mobile High-Definition Link ou Conexão Móvel de Alta Definição pode interessar muito a você. Foi feita para conectar smartphones a aparelhos de TV: o famoso espelhamento de tela. Para isso, é preciso de um adaptador MHL, facilmente encontrado em lojas de peças eletrônicas. Desse modo, você não precisa contar com uma SmartTV e com uma conexão de internet sem fio para espelhar a tela e o áudio do seu celular.

Leia também: SmartTVs: conheça as tecnologias mais recentes

Qual o valor de um cabo?

Se você já tentou fazer uma busca ou pesquisa atrás de cabos HDMI na internet, percebeu que a faixa de preço é bastante elástica. Podemos custar menos de R$ 5 ou mais de R$ 500 facilmente. O que vai determinar o preço é, principalmente, o tipo de cabo (A, B, C, D ou E), o comprimento do cabo, o material de que é feito e o acabamento.

Portanto, a escolha do melhor cabo depende muito do uso em cada situação. É claro que boa parte dos aparelhos eletrônicos como TVs e consoles de videogames já vem com cabo HDMI original de fábrica. No entanto, caso precise comprar um, fique atento ao nível de uso para investir ou não mais recursos.

CONFIRA OS MELHORES PLANOS DA TIM PARA O SEU CELULAR

Leia também: Como conectar o celular na TV: confira o passo a passo e aproveite

Cabo HDMI: tecnologia a seu dispor

Agora que você já conhece todas as funcionalidades dos cabos HDMI, que tal conferir 10 dicas e truques de como utilizar o Chromecast?

Se você gostou do nosso conteúdo e quer saber mais sobre tecnologia, planos e pacotes, dicas e curiosidades, acompanhe o Compara Plano. Estamos muito satisfeitos em te ver por aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *