Como fazer a atualização para o Android 10

A nova atualização para o Android chegou. A atualização para Android 10 já está disponível desde o mês passado e já conta com algumas inovações. Entre elas, melhorias em segurança e privacidade para o usuário.

Os celulares Pixel foram os primeiros a ganharem a atualização para o Android 10. A nova atualização traz recursos inovadores como o modo escuro em todo o sistema, além de um sistema de navegação por gestos e melhorias em notificações.

Talvez a nova atualização esteja disponível somente em alguns celulares, lançados a partir de 2017, ou basicamente os celulares que já saíram de fábrica com Android 9 Pie. A lista de celulares compatíveis com a nova atualização você confere ao final deste artigo.

Antes de aprofundarmos nas mudanças com a nova atualização, aprenda como instalar o Android 10 em seu celular.

Leia tambémTV com Android: vale a pena? Qual o melhor modelo?

Como atualizar seu Android

Primeiramente, você deve conferir se a atualização já se encontra disponível em seu celular. Se você atualizou recentemente para o Android 9 Pie é capaz que demore mais um pouquinho. Veja no site da marca de seu aparelho se já divulgaram a data que estará disponível a atualização para seu celular.

Outra dica é verificar no próprio aparelho. Quando existe uma atualização a ser feita, recebemos notificação na tela do aparelho. Para tanto, é necessário fazer alguns ajustes para não perder tudo que você tem no celular. A gente ensina daqui a pouco.

Antes veja se o Android 10 está disponível para o seu aparelho.No seu celular, vá em Configurações > Sobre o telefone > Atualização do sistema.

Ou seja, de forma mais detalhada, funciona assim:

1 – Abra o app Configurações ( aquele do ícone de engrenagem);

2 – Agora vá em em “Sistema”;

3 – Depois em “Avançado” e em seguida “Atualização do sistema”;

4 – Caso não apareça a opção “Avançado” , clique em “Sobre o dispositivo”;

5 –  Nesse item você verá se há alguma atualização disponível. Se tiver, basta seguir as orientações. Em alguns caso é necessário remover dados para poder atualizar, veja abaixo.

Pronto! Se tiver alguma atualização disponível, inclusive, a do Android 10, siga para o próximo tópico.

O que fazer antes de atualizar?

Antes de atualizar, às vezes é necessário fazer uma limpeza no celular. Isso acontece quando não tem memória RAM suficiente para a nova atualização.

Em outros casos, é preciso fazer um backup de seus dados para não correr o risco de perder tudo, devido a instalação.

Apesar de que a maioria dos celulares ao atualizar não apagam os dados e muito menos retornam o celular à configuração de fábrica. Então, fique tranquilo quanto a isso. Caso deseje, mesmo assim, fazer o backup, reserve esse tempo antes de fazer a atualização.

Outra situação recorrente é a falha de internet. Enquanto você estiver fazendo o download de uma atualização, certifique-se que sua conexão não vá cair.

Agora que já sabe como se precaver ao atualizar seu Android, abaixo listamos os celulares com probabilidade de receber o Android 10.

Celulares compatíveis com o Android 10

Como falamos anteriormente, é provável que os lançamentos de marcas de celulares, como também, celulares a partir de 2017 sejam compatíveis. Se seu celular está inserido nessa faixa, basta conferir a lista ou aguardar pela atualização no próprio aparelho.

Caso contrário verifique com a empresa responsável pela marca de celular se há algum tipo de atualização disponível no site. E, que também, contemple seu aparelho.

Abaixo, confira os celulares que estão compatíveis com a nova instalação.

Motorola

One Vision; One Action; G7 Play e Power; G7 e o Plus; G6 Plus; Moto Z3 Play e o Z4

LG

G8s, G8 ThinQ, LG G7, V50 e V40.

 

Samsung

Galaxy S10, S10+ e S10e. Note 8, Note 9. Samsung Galaxy S9, S9+. Galaxy A10, A20, A30, A40, A50, A70, A80, M10, M20, M30

 

Asus

Asus Zenfone 5, 5 Selfie, Zenfone 5Z e ¨6.

Huawei

P30, P30 Litet, P30 Pro, P20, P20 Pro. Mate 20, Mate 20 X, Mate 20 Pro. Nova 4, nova 4e. Honor Magic 2, Play 8A, View 10, 10 Lite.

 

Xiaomi

Mi 9, Mi 9 Explorer, Mi 9 SE, Mi 9T. Mi Mix 3, Mix 2S, Play. Redmi K20, Note 7 e o Pro. Pocophone F1, F2. Black Shark 2, 2 Pro

 

O que você ganha com a nova atualização?

Falamos sobre a importância que a Google deu para os itens segurança e privacidade. A atualização do Android 10 traz alguns recursos pensados para esses itens. Veja alguns deles:

Restrições de localização

Antigamente, quando você instalava um aplicativo que pedia para compartilhar sua localização, aparecia somente com a opção o tempo todo ou nunca. Agora com a nova versão, o usuário pode escolher entre compartilhar sua localização todo o tempo ou somente quando o aplicativo estiver em uso.

Esse recurso é muito familiar com o “Permitir uma vez” da Apple, disponível na atualização iOS 13.

Proteção contra rastreamento de dispositivos

Além da restrição de localização, a atualização para Android 10 dispõe de restrição para acesso a informações confidenciais do dispositivo.

Assim, os aplicativos não podem acessar por exemplo o número de série do aparelho, reduzindo situações de espionagem de dados pessoais.

Com isso, é selecionado um endereço MAC, de forma aleatória, quando um dispositivo é conectado ao Wi-Fi. A proposta é impedir a transmissão de informações confidenciais do celular para servidores remotos.

Limita o aplicativo para acessar o armazenamento

Por conseguinte, outra modificação com a atualização, é que o Android 10 exige apenas notificações relevantes para serem exibidas. Assim, o aplicativo é forçado a ser executado em segundo plano. Além disso, na tela de configurações o usuário pode gerenciar as permissões para cada aplicativo.

É possível também limitar o acesso pelos aplicativos às pastas no armazenamento do celular. Apenas, recursos de mídia, como fotos e vídeos ainda estão acessíveis.

Segurança para as empresas

Outra medida de segurança está relacionada às empresas. O Android 10 permite que sejam congeladas atualizações do sistema pelos gerentes de TI por um prazo de 90 dias e depois encaminhe-as em arquivo único.

Além de ficar impedida a instalação de aplicativos não confiáveis por funcionários, quando estiverem usando o celular com um perfil corporativo.

Medidas de segurança

Por último, é possível criptografar os dados do dispositivo usando criptografia Adiantum do Google. Isso garante que não ocorra vazamento de dados do aparelho aos hackers. Além disso, a maioria dos aplicativos para acesso estão exigindo biometria e reconhecimento facial para serem acessados.

Gostou do post sobre a atualização para Android 10? Fique por dentro de mais novidades, acompanhe sempre o blog Compara Plano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Contrate via chat