Conheça o pacote de segurança do aplicativo da 99

É normal que aplicativos recebam atualizações. A maioria dos apps recebe atualizações frequentes, às vezes até semanalmente. Aplicações de empresas renomadas com uma base de usuários grande, principalmente. Claro que nem toda atualização vem recheada de mudanças e novidades. Mas, às vezes acontece, sim, de mudar bastante coisa de um aplicativo em uma atualização só. Hoje vamos falar sobre a última atualização de segurança do aplicativo da 99, um dos mais usados do Brasil.

Leia mais: Conheça os planos da Claro, a melhor operadora do Brasil, segundo o Speed Awards Test!

Sobre a 99

A 99 é uma empresa que já tem quase uma década. Ela foi fundada em 2012 por três sócios: Paulo Veras, Renato Freitas e Ariel Lambrecht. No começo a empresa era conhecida como 99 Táxi, e depois ainda 99POP.

As entradas de dinheiro na 99

A primeira grande mudança financeira na história da 99 aconteceu depois de meia década de funcionamento. Em 2017 a 99 recebeu 100 milhões de dólares da empresa chinesa Didi Chuxing. Essa mesma empresa tinha acabado de desbancar a gigante Uber em sua região, comprando a filial chinesa da Uber.

Na época o valor equivalente aos 100 milhões de dólares era de aproximadamente 320 milhões de reais. Além da Didi Chuxing, o Softbank também investiu 100 milhões de dólares na 99.

Ainda em 2017 a 99 venceu uma licitação da prefeitura de São Paulo que injetou mais 50 milhões de reais. A ideia era usar o aplicativo da 99 para o transporte de funcionários públicos da capital paulista.

O nascimento do unicórnio

No ano seguinte, em 2018, veio a aquisição. A mesma Didi Chuxing, rival da Uber no mundo, resolveu comprar a 99. O valor acertado foi de aproximadamente U$ 1.000.000.000,00 – isso mesmo, um bilhão de dólares.

Assim, nasceu o chamado “primeiro unicórnio brasileiro”. Unicórnio é o termo utilizado para empresas do tipo startup que atingem o valor de 1 bilhão de dólares. Nenhuma outra empresa brasileira havia conseguido tal façanha antes.

Mudanças

O processo de aquisição acaba tendo consequências diferentes das de um mero aporte ou investimento. Com o novo comando, é natural que aconteçam mudanças, tanto nos cargos quanto no aplicativo da 99.

Mudanças internas

Uma das primeiras mudanças aconteceu com a entrada de Tony Qiu no comando da empresa. Com a chegada de Tony, o antigo chefe (Peter Fernandez) se tornou consultor financeiro. Antes, Tony Qiu já havia passado por empresas renomadas como Morgan Stanley e Bain Capital.

Outra mudança entre os executivos da empresa foi na posição de presidente da 99 no Brasil. Mathes Moraes passou a ser o novo presidente. Antes, Mathes Moraes havia liderado o processo para aprovar a regulamentação federal dos serviços privados de transporte individual (aplicativos), gerenciando equipes jurídicas, de comunicação, de relações governamentais e de recursos humanos. Talvez por isso sua chegada à presidência não tenha sido exatamente uma surpresa.

Mudanças no aplicativo da 99

A reformulação estrutural da empresa acabou resultando em mudanças no aplicativo da 99. Não apenas em atualizações para lapidar o app, mas em mudanças na maneira de encarar algumas situações.

Tais mudanças foram sentidas, por exemplo, pelos mais de 300 mil motoristas que dirigem para o aplicativo da 99. Os usuários, especialmente os mais assíduos, também notaram as diferenças. Agora vamos falar mais do pacote de segurança do aplicativo da 99 – a mudança que é o tema desse post.

O pacote de segurança do aplicativo da 99

O pacote de segurança lançado para o aplicativo da 99 busca diminuir a incidência de problemas. Tanto motoristas quanto passageiros relatavam alguns problemas relacionados ao app. Questões que envolvem segurança física, emocional e financeira nas duas pontas dessa prestação de serviço.

É importante mencionar que os problemas não são exclusivos da 99. Pesquisas revelam sensação de insegurança entre motoristas e passageiros de todos os aplicativos de transporte, algo que precisa ser resolvido. A 99, percebendo essa adversidade, tratou de buscar meios de solucionar (ou pelo menos suavizar) essa situação preocupante.

Vamos, agora, às diferenças que você poderá notar no aplicativo da 99.

Preenchimento com CPF

Um dos anúncios de segurança diz respeito à obrigatoriedade do preenchimento do CPF.

O documento, que sempre foi necessário para o cadastro de motoristas, agora também faz parte do cadastro dos usuários. O nome do usuário no aplicativo, inclusive, precisa ser exatamente o mesmo registrado no CPF.

Isso facilita a vida do motorista no que diz respeito à identificação dos usuários que solicitam corridas.

Alguns questionamentos foram levantados sobre a garantia desse tipo de procedimento de segurança. Isso, porque, para golpistas ou pessoas de má fé que já estejam com intenções de burlar o sistema, não é tão difícil conseguir um número de CPF válido para cadastrar se passando por outra pessoa.

Em resposta, a 99 afirmou que pretende solucionar esse tipo de questão com o uso de tecnologia. Uma série de outras informações dos usuários são coletadas e podem ser usadas com essa finalidade. Data de nascimento e o nome usado no cartão de crédito, por exemplo, ajudam nesse aspecto. A ideia é que com o cruzamento desses dados a empresa seja capaz descobrir possíveis fraudes.

Além disso, é válido considerar que algumas vezes alguns oportunistas menos capacitados (ou menos empenhados) podem entender esse obstáculo como um tipo de barreira, já que passa a ser necessário elaborar um pouco mais seu golpe.

Ou seja, o simples fato de existir uma exigência a mais também ajuda por esse lado.

Foto do passageiro no cadastro

Os cuidados com o aplicativo da 99 não se resumem a atender às necessidades dos usuários. A demanda dos motoristas também precisa ser ouvida e atendida, afinal são esses motoristas que fazem a prestação de serviço que gera entrada de dinheiro no cotidiano da empresa.

Depois de algum tempo debatendo o assunto, a 99 finalmente passou a pedir a foto dos passageiros no cadastro. Essa mudança, no entanto, ainda chega como um pedido, ou seja, a foto ainda não é obrigatória. A possibilidade de transformar isso em uma exigência ainda está sendo ponderada.

Parte da argumentação dos motoristas que demandam essa mudança é justamente baseada na obrigatoriedade dos próprios motoristas de terem uma foto no perfil.

No entendimento da 99, por outro lado, motoristas e usuários não precisam necessariamente atender aos mesmos critérios. Vale lembrar que outros aplicativos de transporte têm a mesma posição que a 99 sobre esse tema.

Selfie antes da corrida

Diferentemente da foto no cadastro, a selfie não será opcional. Mas, calma, ela também não será obrigatória, ou pelo menos, não sempre. Entenda:

A 99 pode solicitar que alguns usuários tirem uma selfie antes de uma corrida pelo aplicativo. Caso um usuário seja selecionado, ele precisa tirar a selfie para que a corrida aconteça. A princípio existem duas possibilidades para selecionar quem passa por esse processo:

  1. Checagem aleatória – O aplicativo decide, sem razão e por uma questão de amostragem, que alguns usuários quaisquer devem tirar uma selfie como medida de segurança. Esse método é como se fosse um sorteio.
  2. Potencial problema – alguns fatores analisados pela inteligência artificial da 99 ajudam a construir um sistema para antever e tentar evitar crimes ou situações problemáticas. O resultado desse cruzamento de dados pode fazer com que um potencial usuário seja obrigado a tirar uma selfie caso queira fazer sua corrida.

Vale lembrar que os usuários não têm como saber se eles foram sorteados ou classificados pelo sistema. Mas, caso o app solicite a selfie, a viagem só vai ser realizada depois que a foto for enviada e verificada.

Também é importante ressaltar que a selfie é para identificação facial. Isso significa que é para ser usada posteriormente em caso de algum incidente. Ou seja, não é reconhecimento facial, pois a 99 não tem uma base com os rostos dos passageiros.

Foto dos motoristas

Como já mencionamos, os motoristas precisam enviar fotos no momento em que estão se cadastrando como condutores. Além disso, assim como alguns usuários, motoristas também podem ser acionados pelo app para que enviem uma selfie.

Diferentemente dos usuários, no caso dos motoristas a selfie é sim para reconhecimento facial, pois compara o rosto da foto com a sua base de dados que já tem foto do cadastro e de documentos dos condutores.

Leia também: E-book grátis: conheça tecnologias para deixar a sua casa inteligente.

Gravação da conversa

Essa função poderá ser usada tanto por motoristas quanto por passageiros. Qualquer um que estiver se sentindo incomodado com algum assunto ou algum tipo de acontecimento dentro do veículo poderá solicitar que o aplicativo grave o som durante a corrida.

A tecnologia para colocar isso em prática já existe. O que falta, nesse momento, é resolver questões burocráticas e legais. A legislação brasileira precisa ser bem estudada para que as gravações possam ser realizadas de maneira adequada.

99 Mulher

O serviço 99 Mulher deve ser implementado em duas etapas.

A primeira etapa, que já está funcionando, visa a proteger as condutoras do aplicativo. Essa funcionalidade permite que as motoristas mulheres recebam chamadas apenas de passageiras mulheres.

A segunda etapa, que já foi anunciada, é a de permitir a relação exclusivamente feminina pela outra ponta. Passageiras mulheres vão poder escolher fazer viagens apenas com motoristas mulheres.

A maior questão para a implementação dessa etapa é aumentar a base de motoristas mulheres cadastradas.

Bloqueio de passageiros ou motoristas

Assim como em redes sociais, o aplicativo da 99 também vai permitir o bloqueio entre seus cadastrados. Caso alguém tenha tido uma experiência ruim, pode bloquear a pessoa com quem o problema ocorreu. Essa função serve tanto para motoristas quanto para os usuários do app. Uma vez que uma pessoa bloqueie outra, eles não serão mais pareados para corridas futuras, e simples assim.

Vale lembrar que essa é uma medida mais drástica, e a orientação é para que seja tomada em caso de problemas mais sérios, já que existem outros métodos de feedback como comentários e a própria nota que se dá para a corrida.

Leia também: Conheça planos de celular com WhatsApp ilimitado.

Gostou de saber mais sobre as novidades do aplicativo da 99? Para ter acesso a outras novidades, continue acompanhando nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Contrate via chat