Algar Telecom se separa da Algar TI

Algar Telecom

A Algar Telecom sofreu uma mudança em sua estrutura ao final de 2019. Acionistas da empresa aprovaram a sua cisão parcial, determinando a separação da unidade de gestão de processos de negócios e TI, conhecida como Algar TI.

Dessa forma, a Algar TI sai das mãos da operadora e passa para a holding Algar S/A, que divide o controle de ambas com o fundo Archy LLC e sócios minoritários.

Neste artigo você encontra um histórico da Algar Telecom, sua atuação como operadora, como se deu a renovação na estrutura das empresas e como a quinta maior operadora do país está ampliando sua presença em estados como Goiás e São Paulo.

Leia mais:  Algar transforma crise em investimento após ser multada

Histórico da operadora

Fundada em 15 de fevereiro de 1954 pelo empresário português Alexandrino Garcia, a Algar Telecom foi fundada sob o nome CTBC (Companhia de Telecomunicações do Brasil Central). Recebia esse nome, pois começou sua rede de atuação no interior do Brasil, entre os estados de São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Goiás.

Logo após, passou a expandir sua zona de abrangência para regiões como a Alta Mogiana e o Triângulo Mineiro. Atualmente, a Algar Telecom tem sede administrativa no município de Uberlândia (MG) e está presente em 17 estados brasileiros, sendo eles São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia e Distrito Federal.

A operadora, que possui cerca de 4 mil funcionários, acumula também alguns feitos. A Algar Telecom foi a primeira empresa brasileira a ter um cabo óptico interligando duas centrais telefônicas, além de ser pioneira no lançamento de celulares pré-pagos e na instalação de redes de fibra óptica para atuação comercial.

Em 2014, em um consórcio com Angola Cables, Antel e Google, a Algar Telecom anunciou a construção de um cabo submarino para conectar a cidade de Boca Ratón, na Flórida (EUA), aos municípios de Fortaleza (CE) e Santos (SP). O cabo chamado de Monet foi ativado em 2018, possui 10.556 km de extensão e uma capacidade de até 64 terabits por segundo (TB/s).

Leia mais: Internet lenta? Conheça o teste de velocidade da Algar

Market Share

De acordo com dados fornecidos pela Teleco, quando o assunto é presença no mercado, a Algar Telecom aparece entre as maiores operadoras brasileiras. Ainda assim, a fatia é pequena, e a companhia não chega ao patamar das operadoras competitivas em nenhum dos segmentos, ficando, em geral, atrás das cinco gigantes do setor: TIM, Claro, Oi, Sky e Vivo. Confira abaixo o market share da Algar Telecom com base em dados da Teleco para o mês de novembro de 2019:

  • Telefonia móvel: 0,66% (6º lugar);
  • Telefonia fixa: 3,7% (4º lugar);
  • TV por assinatura: 0,4% (6º lugar);
  • Banda larga: 1,9% (4º lugar).

Em seu site para relações com investidores, a empresa destaca o foco no atendimento corporativo (B2B) em função “da maior atratividade e potencial de crescimento na prestação de serviços a esses clientes”.

A companhia destaca ainda acreditar que faz diferença no mercado pela sua “extensa infraestrutura, construída com moderna tecnologia, suportada por uma rede de aproximadamente 66 mil km de fibra ótica, e nosso atendimento próximo, personalizado – atendimento consultivo – e eficaz”.

Leia mais: NET é Claro: entenda a fusão entre as operadoras

📲A internet do seu celular acaba rápido?

Venha para a TIM e navegue à vontade!

Algar Telecom x Algar TI

A cisão entre a Algar Telecom e o seu braço de TI, também conhecido por parte do mercado como Algar Tech, já tinha sido aprovada pelo Conselho Diretor da Anatel, e a decisão havia sido anunciada em setembro de 2019.  O objetivo principal era garantir um melhor entendimento do mercado de cada tipo de negócio. Com a separação, fica mais clara a distinção entre os serviços de gestão de processos de tecnologia e os de telecomunicações.

A assembleia geral extraordinária que deliberou sobre a separação aconteceu efetivamente no dia 2 de dezembro, quando os acionistas optaram pela transição das empresas. O laudo da Apsis Consultoria e Avaliações estimou um patrimônio líquido de cerca de R$275 milhões investidos na Algar TI.

Após a operação, o capital social da Algar Telecom foi reduzido de R$1,090 bilhão para R$826,831 milhões. O valor é dividido em 295,019 milhões de ações ordinárias.

Na estrutura antiga, a Algar TI era completamente inserida na Algar Telecom, que por sua vez tinha no seu quadro de controle a holding Algar S/A (67,74%), a Archy LLC, afiliada de do GIC Special Investments, fundo soberano de Cingapura (25,30%) e sócios minoritários (6,96%). No novo modelo, a Algar TI é desvinculada e passa a ter a mesma proporção de controle que a Algar Telecom possui.

Os acionistas vão receber proporcionalmente as ações da Algar Tech de acordo com o que detêm na Algar Telecom, passando a ter uma fatia direta da empresa cindida. Quem optar por abrir mão da participação direta poderá receber um reembolso por sua parte com base no valor patrimonial da empresa — uma vez que ela não será aberta na bolsa.

Leia mais: Leilão do 5G é adiado pela Anatel para 2021

A expansão da Algar Telecom em 2020

A promessa da Algar Telecom para 2020 é expandir a sua presença no mercado de micro e pequenas empresas (MPE). Atualmente, a companhia já atende nesse segmento em mais de 300 cidades ao redor do Brasil.

De acordo com informações da própria empresa, até o final de fevereiro clientes de 24 novas cidades poderão ser atendidos pela Algar Telecom. A maioria desses municípios estão localizados nos estados de Goiás e São Paulo. Em algumas dessas cidades, a Algar Telecom já atuava em segmentos como o Business To Business Corporativo.

A promessa de crescimento atrai agora as atenções da empresa para o trabalho com os MPEs, que passará a atender diversas demandas de serviços digitais de comunicação (e também de TI). São planos de telefonia fixa, planos de telefonia móvel, planos de internet, hospedagem de dados, armazenamento em nuvem, sistemas de gestão financeira, entre outros.

Nos três trimestres iniciais de 2019, 18% da renda da Algar Telecom veio do atendimento a outras empresas. A companhia espera ainda em 2020 ampliar ainda mais a sua atuação com MPE no estado de São Paulo e também passar a investir na região Nordeste.

Abaixo você confere a lista com os 24 municípios nos quais a Algar Telecom passou a estar presente em fevereiro de 2020.

Cidades

  • Americana (SP)
  • Américo Brasiliense (SP)
  • Cabo de Santo Agostinho (PE)
  • Camaragibe (PE)
  • Campinas (SP)
  • Caucaia (CE)
  • Criciúma (SC)
  • Cubatão (SP)
  • Goiânia (GO)
  • Indaiatuba (SP)
  • Itu (SP)
  • Jaboticabal (SP)
  • Jaguariúna (SP)
  • Jaú (SP)
  • Jurema (PE)
  • Limeira (SP)
  • Matão (SP)
  • São José dos Campos (SP)
  • Salto (SP)
  • Santos (SP)
  • Sertãozinho (SP)
  • Rio Claro (SP)
  • Tubarão (SC)

Gostou deste artigo? Então, não perca as publicações aqui no blog do Compara Plano, pois todo dia você vai encontrar conteúdo com notícias, dicas e curiosidades sobre internet e, principalmente, tecnologia – nosso carro-chefe. Aproveite e confira também a nossa seção de e-books gratuitos, pois eles ensinam desde como ganhar dinheiro com redes sociais a formas de deixar a sua casa inteligente!

O que você achou disso?

❌Chega de ficar sem internet!

Na TIM, você navega à vontade e dispõe de uma série de benefícios exclusivos.

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.